Cinco verdades sobre o Jejum Intermitente

Especialista em emagrecimento, Rodrigo Polesso, esclarece algumas dúvidas sobre o assunto.


Da Redação

20/04/2017 - 15:00

Com certeza um dos assuntos mais comentados desse ano, em se tratando de alimentação e emagrecimento, foi o Jejum Intermitente. Mas, ao contrário do que muitos pensam essa prática não é nenhuma novidade.

Segundo o especialista em Nutrição Otimizada e emagrecimento, Rodrigo Polesso, criador do programa Código Emagrecer de Vez e que há 7 anos se dedica a pesquisas sobre perda de peso, Jejum Intermitente sempre foi algo que os seres humanos fizeram naturalmente até poucas décadas atrás, só não tinha esse nome específico.

“Há não muito tempo atrás o comum era ter duas ou três refeições por dia e só. Hoje em dia nos é dito que precisamos comer a cada 3h ou até mais frequentemente, porém não existe embasamento científico para esse hábito”, conta o especialista.

Rodrigo explica que ao fazer o Jejum Intermitente as pessoas permitem que o corpo tenha tempo de digerir os alimentos de forma correta. “Com isso, seu corpo começa a queimar o açúcar e a gordura de má qualidade. Do contrário, se seu corpo está a todo momento processando alimentos, ele sempre estará em estado anabólico e nunca terá tempo para se reciclar”, explica o especialista.

Porém, essa prática ainda gera muitas dúvidas entre as pessoas. Para esclarecer algumas questões, Rodrigo listou 5 verdades sobre o Jejum Intermitente que ajudam a mostrar que essa prática é algo simples e traz diversos benefícios à saúde:

1 - Jejum Intermitente não é dieta


Segundo Rodrigo, ao contrário do que muitas pessoas pensam, Jejum Intermitente não é dieta. “Dieta é o que você faz nos momentos em que você come, já o Jejum Intermitente ocorre justamente da ação de ficar períodos sem comer”, ressalta. O especialista explica que existem alguns protocolos de jejum intermitente, como o de 12h, o de 16/8, de 24h, 36h e outros. “O protocolo de 16/8 é o que eu mais gosto, porque é muito fácil de se fazer no dia a dia, já que você faz todas suas refeições dentro de uma janela de 8 horas e passa 16h sem comer, incluindo as horas de sono”, ensina. Rodrigo alerta que, segundo o médico canadense Dr. Jason Fung, para pessoas em bom estado de saúde, a prática não tem nenhuma contraindicação, mas o ideal é fazer com acompanhamento médico, pois conforme ele explica para começar o jejum intermitente a saúde da pessoa precisa estar em dia.

2 - Ajuda a reciclar as células mortas

Neste ano, o cientista Yoshinori Ohsumi recebeu o prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia por grandes descobertas sobre o mecanismo de Autofagia, o qual explica o processo de reciclagem das células quando as pessoas estão em jejum. Nos seus estudos, o cientista relevou que os problemas nesse mecanismo de autofagia estão ligados diretamente com o surgimento de doenças como Parkinson e diabetes tipo 2. Assim, conforme Rodrigo explica, o Jejum Intermitente também contribui para muitos benefícios com a saúde, prevenindo doenças que chegam com o envelhecimento e promovendo longevidade. “Muitos estudos, como o do cientista Ohsumi, comprovam que a Autofagia é uma estratégia de neuroproteção do envelhecimento e doenças neurodegenerativas”, ressalta.

3 - Atua para solucionar a maior causa de ganho de peso


Rodrigo conta que muitas pessoas estão preocupadas com a quantidade de calorias existentes na alimentação, mas revela que a grande causadora de ganho de peso é a insulina. “Quase todo alimento, exceto gorduras puras, aumentam a insulina de alguma forma. Por exemplo, existem alguns alimentos, como o pão branco, que aumenta muito a insulina e outros como um pedaço de carne que aumenta bem menos, independente da quantidade calórica de cada um.”, explica. Ele ressalta que o que realmente importa é como o corpo reage à insulina. “O armazenamento de gordura é resultado de um problema hormonal e não calórico”, revela o especialista. Ao se praticar o jejum intermitente, dá-se folga ao corpo para que estes estímulos constantes da insulina parem e com isso, se colabora para a regularização do funcionamento deste hormônio.

4 - Não causa perda muscular

O especialista esclarece que alimentação e exercícios são coisas completamente diferentes. “Alimentação correta é um estilo de vida alimentar baseado no consumo correto e estratégico de alimentos”, revela. Ele ainda completa que esse tipo de alimentação correta ajuda a acabar com a gordura, já os exercícios tonificam e constroem músculos. Assim, ele aconselha que, se a pessoa está preocupada com os músculos, ela deve exercitar-se, mas se a preocupação é com a gordura, a pessoa deve cuidar primeiramente da alimentação. Ele conta que os estudos mostram que o Jejum Intermitente não provoca perda muscular até mesmo em jejuns de vários dias. “Percebemos que o corpo aumenta a secreção do hormônio do crescimento à medida que o jejum se prolonga”, ressalta.

5 - É adaptável e esporádico

Rodrigo revela que o jejum intermitente é adaptável à rotina de cada pessoa. “Você pode fazer o Jejum Intermitente quando quiser e onde quiser, como por exemplo três vezes na semana. Esse é o bacana, ele é adaptável para qualquer pessoa”, declara. O especialista conta que mesmo se a pessoa seguir algum tipo de dieta especial, não comer carne ou for intolerante a glúten, por exemplo, ela pode encaixar o jejum intermitente a qualquer momento. “Não importa qual dieta você segue, se estiver com a saúde em dia você pode fazer Jejum Intermitente”, finaliza.





Estudo descobre célula responsável pelo autismo

Descoberta feita por cientistas brasileiros pode ajudar a busca por tratamento para a síndrome.


Sony e Microsoft apostam em games de alta resolução

Digital

Sony e Microsoft apostam em games de alta resolução

Empresas anunciam lançamentos para o Natal.


Há limites (espirituais) para a tecnologia

Bem Viver

Há limites (espirituais) para a tecnologia

"Toma consciência, por um só momento, de que a Vida e a inteligência são puramente espirituais."


Lollapalooza 2018 divulga programação completa

Festival acontecerá entre os dias 23 e 25 de março em São Paulo.



Desmatamento na Amazônia cai 16% em 12 meses

Ciência & Ambiente

Desmatamento na Amazônia cai 16% em 12 meses

Mesmo assim foram devastados no período, 6.624 quilômetros quadrados de floresta.


Knorr ensina cardápio de receitas vegetarianas

Alimentos e Bebidas

Knorr ensina cardápio de receitas vegetarianas

Outubro é considerado o mês do vegetariano. Que tal usar a ocasião para sair do lugar comum e preparar um cardápio diferente?


Maçaneta higieniza as suas mãos

Peça é equipada com álcool em gel.


Empresas do BH-TEC expandem negócios

Mundo Empresarial

Empresas do BH-TEC expandem negócios

Investimentos sinalizam confiança dos empreendedores no mercado.


Robô jornalista publica 850 matérias em um ano

Digital

Robô jornalista publica 850 matérias em um ano

Temas dos artigos escritos variam das Olimpíadas até as eleições norte-americanas.


Robert Plant descarta nova volta do Led Zeppelin

Famosos

Robert Plant descarta nova volta do Led Zeppelin

Cantor criticou aqueles que continuam fazendo apresentações baseadas em material antigo.


Natureza em foco no planejamento urbano de três metrópoles

Ciência & Ambiente

Natureza em foco no planejamento urbano de três metrópoles

Campinas, Belo Horizonte e Londrina pretendem evitar crises hídricas, alimentar a população sem agredir o meio ambiente e otimizar uso do solo.


Bruno Mars é a 1ª atração confirmada Rock in Rio-Lisboa

Notas Musicais

Bruno Mars é a 1ª atração confirmada Rock in Rio-Lisboa

A 8ª edição do Rock in Rio-Lisboa acontece dias 23, 24, 29 e 30 de junho 2018.


Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Digital

Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Apesar do término do investimento, empresa continuará oferecendo suporte.


Clínica médica popular abre nova unidade em Minas

Franquia em Patrocínio já está em funcionamento e conta com 20 especialidades de atendimento.


Escola online de negócios investe no Brasil

Educação & Capacitação

Escola online de negócios investe no Brasil

IEBS traz três novos programas na língua portuguesa.


FGV: exportações têm crescimento de 15,1% em setembro

Café Pequeno

FGV: exportações têm crescimento de 15,1% em setembro

A principal alta no volume exportado foi observada na agropecuária (94,5%).


A cada ano, 3 milhões de jovens abandonam a escola

Um em cada quatro jovens vai abandonar o ensino médio até o final do ano, diz estudo.



 Jota Quest estreia Acústico no Palácio das Artes

Notas Musicais

Jota Quest estreia Acústico no Palácio das Artes

Espetáculo é baseado em recém-lançado DVD que é 1º "desplugado" do grupo.


Crise economica faz brasileiro andar mais a pé

Mundo Empresarial

Crise economica faz brasileiro andar mais a pé

Levantamento revela que o brasileiro está caminhando mais e recorrendo ao transporte público.


Receita libera pagamento do 5º lote da restituição do IR

Restituição do Imposto de Renda dá R$ 2,8 bi a 2,3 milhões de contribuintes.


Quedas são a maior ameaça ao bem-estar dos idosos

Mundo Empresarial

Quedas são a maior ameaça ao bem-estar dos idosos

Maior parte dos traumas que levam a fraturas ocorre em casa. Saiba o que fazer para evitar.


SUS: crianças com diabetes receberão medicamento mais moderno

Saúde

SUS: crianças com diabetes receberão medicamento mais moderno

O Ministério da Saúde está investindo R$ 135 milhões a mais para ofertar a insulina análoga.


Lisboa é a cidade mais procurada pelos brasileiros

Viajando

Lisboa é a cidade mais procurada pelos brasileiros

Portugal quebra hegemonia dos Estados Unidos em ranking de países preferidos para turismo.


Seis elementos que provocam uma crise de asma

Saúde

Seis elementos que provocam uma crise de asma

Muitos pacientes e cuidadores se sentem inseguros em relação aos sintomas e ao tratamento da doença


Pesquisa indica que 67% das rodovias têm boas condições

Transporte Hoje

Pesquisa indica que 67% das rodovias têm boas condições

Pesquisa feita pelo DNIT analisou 52 mil quilômetros da malha viária federal.


Dicas para quem vai viajar com criança

Viajando

Dicas para quem vai viajar com criança

Ações simples deixam a viagem mais tranquila e segura.