Veja 12 sintomas que indicam que você está grávida

Enjoos, inchaço nos seios e aumento da frequência urinária são alguns dos sinais, mas nem sempre indicam a ocorrência da gestação.


Da Redação

25/02/2013 - 20:16

O atraso menstrual costuma ser o ponto de partida. A partir dele, a mulher nota outras reações, como inchaço e dor nos seios, leves cólicas no baixo ventre e enjoos, entre outros sintomas comuns, listados abaixo.

Mas a confirmação de uma gravidez só pode ser feita com um exame adequado, indicado por um médico.

1. Atraso menstrual
O organismo interrompe a menstruação a fim de preparar o útero para o feto, no entanto, o atraso menstrual nem sempre indica gravidez. Também pode ser sintoma de alterações hormonais, estresse e perda ou ganho de peso.

2. Inchaço e dores nos seios
O corpo passa a produzir hormônios que irão estimular a produção de leite. Também é um sintoma precoce. O inchaço e as dores nos seios também podem ser sintomas de TPM e alterações hormonais em função do uso de pílulas anticoncepcionais.

3. Aumento da frequência urinária
É resultado da ação da progesterona no corpo e da pressão exercida pelo útero sobre a bexiga. O aumento da frequência urinária também pode ser sintoma de infecção urinária (quando acompanhada de dor), uso de medicamentos diuréticos e diabetes.

4. Cólicas
O útero está se adaptando para abrigar o embrião. Algumas mulheres ignoram este sintoma, já que ele pode ser associado à menstruação. As cólicas também podem ser sintomas de menstruação e infecções intestinais, entre outros.

5. Sangramento
É resultado da implantação do embrião no útero. Pode passar despercebido para algumas mulheres, principalmente se for leve. O sangramento também pode ser sintoma de menstruação, ferimento interno, infecção ou alterações hormonais.

6. Escurecimento dos mamilos
Devido à ação dos hormônios que mantêm a gestação, mas esse escurecimento pode ser sintoma de disfunção hormonal.

7. Náuseas e enjoos
Está relacionado às alterações de olfato e paladar comuns durante a gestação, além da questão hormonal. Algumas mulheres podem se sentir enjoadas nas primeiras semanas após a concepção, enquanto outras só sentem este sintoma após o terceiro mês de gravidez.

8. Fadiga e cansaço
Devido às alterações hormonais no corpo, como o aumento do hormônio progesterona, responsável pela manutenção da gravidez, mas também podem ser sintomas de estresse, exaustão, resfriado ou gripe.

9. Desejos diferentes
Os hormônios também são responsáveis por desejos de determinados alimentos – e aversão por outros – ao longo da gravidez. Pode também indicar a necessidade de repor algum nutriente em falta no corpo da mulher.

10. Dores de cabeça
O fluxo sanguíneo passa a ser mais intenso no período da gestação. No entanto, dores de cabeça podem ser sintomas de TPM, exaustão, resfriados ou gripes, entre outras doenças.

11. Variações de humor
Os hormônios, que preparam o corpo para o desenvolvimento do bebê, também provocam as alterações de humor.

12. Tonturas e desmaios
Durante os primeiros meses de gravidez, a pressão sanguínea da mulher pode cair. Este não é um sintoma freqüente, entretanto, tonturas e desmaios nem sempre indicam gravidez. Também podem ser sintomas de pressão baixa, hipoglicemia e problemas cardiovasculares, entre outros.




claudia

pode acontecer de uma mulher engravidar e continuar a ter mestruação? e ja aconteceu de alguma mulher ficar gravida depois dos quarenta anos?

Os médicos e a espiritualidade dos pacientes

“O que eu deveria saber sobre você como pessoa, a fim de ajudar a prestar-lhe o melhor atendimento possível?”


Como aproveitar melhor o seu tempo

Seu dia é curto demais? Saiba como administrar melhor seu tempo


Cinco dicas de alimentação que podem te ajudar em 2017

Encontrar maneiras de manter uma dieta equilibrada e saudável é importante para cumprir suas metas.


Natação para bebês estreita relações afetivas

Bebês podem desenvolver noções de relacionamento em grupo e respeito por meio do esporte.


Veja as principais lesões causadas pela corrida

Tipo de calçado, despreparo do corpo e exagero são os principais causadores dos problemas sofridos pelos corredores.


Perigos ao seguir dietas tendência sem acompanhamento

Regimes restritivos sem acompanhamento profissional podem gerar problemas no organismo.


Reflexões sobre a Alma

Você já percebeu que na maioria das vezes utilizamos as palavras sem pensar na sua definição?


Medicina esportiva ajuda no tratamento contra as drogas

A atividade física libera endorfina que diminui a ansiedade e irritabilidade, sensações frequentes do vício.


Não queira para o seu filho...

O que seu pai queria para você!


Espiritualidade e Saúde

Universidades e hospitais do país tem incentivado a pesquisa sobre a relação entre a espiritualidade e a religiosidade.



...




...