Disque 100 registra 133 mil denúncias em 2016

Violações contra crianças e adolescentes foram as mais denunciadas no Disque 100.


Da Redação

12/04/2017 - 10:20

As crianças e os adolescentes são os grupos cujas violações de direitos humanos sofridas em 2016 tiveram mais casos denunciados por meio do Disque 100 (Disque Direitos Humanos).

Das 133 mil denúncias recebidas por meio do canal no ano passado, 76 mil atendimentos se referem a essa faixa etária. Situações de negligência, violência psicológica, física e sexual são as violações mais comuns, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (11) pelo governo federal.

Em média, 360 denúncias por dia foram registradas no Disque Direitos Humanos, ferramenta que funciona ininterruptamente, inclusive aos feriados. Depois das crianças e adolescentes, o público que mais sofre violações são idosos, pessoas com deficiência, presos ou pessoas com restrição de liberdade e a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

Quanto ao perfil das vítimas, o balanço mostrou que as violações ocorrem principalmente contra os mais vulneráveis: 57% das denúncias envolveram mulheres e 40,5% dos jovens entre 18 e 30 anos. Já o percentual de pretos e pardos superou 64% dos casos.

Se comparado com o ano anterior, o número de ocorrências diminuiu. Em 2015, foram mais de 137 mil denúncias. Para a ouvidora nacional dos Direitos Humanos, Irina Bacci, essa queda nos registros não significa necessariamente uma redução no número dos casos. Segundo ela, os dados são importantes para a prevenção de situações de violação dos direitos.

“O Disque 100 trata sobre denúncias, não olhamos os dados e automaticamente dissemos que isso reflete a violência dos grupos que atendemos. A maioria absoluta dos casos não são nem denunciados. Se não chegam ao Disque Direitos Humanos, em muitas vezes não chegam nem às delegacias nem aos órgãos de proteção. A gente sabe que as violações no Brasil são subnotificadas”.

Irina disse que esses dados são indicativos de violações de direitos humanos, mas, segundo ela, para uma “realidade mais próxima” seriam necessárias informações fornecidas por órgãos como o Ministério Público e delegacias.

Fonte: Agência Brasil




Papa canonizará mártires brasileiros em outubro

Os primeiros mártires brasileiros foram assassinadas em 1645 pelos protestantes calvinistas holandes


Idec divulga produtos alvos da Operação Carne Fraca

Instituto recebe informações sobre marca, lote e prazo de validade dos produtos fraudados.


Quantos parlamentares são alvo de processos no Supremo?

Levantamento da DW Brasil mostra que o Supremo conduz mais de 500 investigações contra senadores e deputados federais.


Reforma do Maracanã teve propina de R$ 7,3 milhões

Odebrecht pagou R$ 7,3 milhões em propina ao governo do Rio por reforma do Maracanã.


Em carta, Papa Francisco recusa visita ao Brasil

O pontífice negou o convite com a justificativa de estar com a agenda cheia para 2017.


Mais da metade dos brasileiros está com sobrepeso

Estudo da Vigitel revela que 53,8% está com peso acima do recomendado.


Acidentes têm queda de 16% durante feriado

Segundo a PRF, 82 pessoas morreram na Semana Santa, queda de 1% em relação a 2016.


Morre aos 117 anos a pessoa mais velha do mundo

Ela era a única pessoa ainda viva a ter nascido no século 19.


PRF lança Operação Semana Santa

PRF reforça fiscalização em rodovias federais durante a Semana Santa.


Sobe faturamento de exportações de carne bovina

Apesar de operação da PF, exportações de carne bovina registrou alta em março.