Ganhador que não buscou prêmio da Mega-Sena tem novo prazo

A Caixa Econômica estabeleceu que até um dia após o término da greve dos bancários o vencedor poderá procurar uma agência.


Da Redação

10/10/2013 - 15:42

A Caixa Econômica Federal admitiu nesta quarta-feira (9) a possibilidade de pagar o prêmio de R$ 22, 9 milhões ao apostador de Ponta Grossa, que perdeu o prazo encerrado na terça-feira.

De acordo com a assessoria do banco, caso o vencedor apareça, ele deverá procurar uma agência da Caixa no dia seguinte ao término da greve dos bancários, ainda sem previsão de acabar.

O concurso da Mega-Sena foi realizado em julho e o dinheiro poderia ter sido resgatado em qualquer agência da Caixa no Brasil, mas ninguém apareceu para reclamar o prêmio.

Na terça-feira, último dia do prazo, algumas pessoas apareceram para reclamar o prêmio. Uma delas em Ponta Grossa, cidade em que a aposta foi realizada. Contudo, o gerente analisou o bilhete e afirmou que era falso. O prêmio não foi pago.

Apesar da greve, a Caixa pede ainda que o possível ganhador procure uma agência. Em muitas delas, os gerentes continuam trabalhando e podem atender o sortudo.




Campanha Votabrasil será lançada neste sábado num trio elétrico

Em Ritmo de Carnaval, Iniciativa Do Instituto Uniceub de Cidadania estimula o Voto Consciente e a Redução da Abstenção Eleitoral.


Mundo Verde lança campanha para incentivar alimentação saudável no carnaval

O Carnaval é considerado a melhor época do ano por muitos.


Bibliomundi de Literatura abre inscrições

O Prêmio é uma realização do Selo Off Flip e contempla os gêneros conto, poesia e literatura infantojuvenil.


British Council abre inscrições para bolsa de estudos no Reino Unido

Um profissional brasileiro será selecionado para participar de curso intensivo e de rede internacional de profissionais de festivais na Escócia e quatro estudantes de teatro serão selecionados para curso de teatro contemporâneo.


Anunciada programação do Meeting CICB de Produtividade

O encontro vai debater tecnologia, inovação e gestão na cadeia do couro e do calçado.


Qual o melhor investimento para o período de crise?

Essa pergunta é uma das mais frequentes por onde quer que eu passe, principalmente, por passarmos por um período de crise, onde os anseios são muito grandes.


FGTS e crédito consignado é melhor não misturar

O debate sobre o uso do FGTS para garantir o crédito consignado, conforme vem demonstrando a intenção o Governo Federal, esconde uma série de riscos.


Armadilhas financeiras: como evitar o desperdício de dinheiro?

O consumidor brasileiro é bombardeado sempre com estímulos para comprar, muitas vezes com ofertas de necessidades artificiais, que não precisamos verdadeiramente.


Financiamento imobiliário, como evitar dívidas

Quer comprar um imóvel novo, mas tem medo dos riscos? Confira simples dicas para que você possa ter sua casa própria sem problemas.


Shopping Cidade traz a maior instalação tecnológica já realizada em shoppings centers

A instalação vai surpreender os clientes com uma experiência interativa, por meio da arte, mesmo no corre-corre do dia a dia.





Copyright © 2016 Todos os direitos reservados