Idec divulga produtos alvos da Operação Carne Fraca

Instituto recebe informações sobre marca, lote e prazo de validade dos produtos fraudados.


Da Redação

19/04/2017 - 17:00

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recebeu, no último dia 10 de abril, uma lista da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) com o nome dos produtos alvos da Operação Carne Fraca, além das marcas, lotes, datas de validade e não conformidades encontradas.

A resposta veio após uma carta enviada pelo Idec no dia 31 de março à Senacon, ao Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, e ao Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi, solicitando informações sobre os produtos fraudados na Operação.

De acordo com o ofício recebido pelo Instituto, foram abertas investigações em relação a vinte e três empresas até o momento, como BRJ, JBS, dentre outras. Entre os produtos com irregularidades, estão salsichas, linguiças, hambúrgueres e frangos congelados. A Senacon determinou o recolhimento cautelar de todos as mercadorias consideradas fraudadas.

O Idec continua aguardando mais informações do MAPA em relação à fiscalização da cadeia produtiva de carne e derivados no Brasil para que essas fraudes e irregularidades sejam corrigidas e o problema não se repita.

O Instituto pede que o consumidor fique atento ao fazer as compras. Caso algum produto citado seja localizado em um estabelecimento comercial, é necessário informar ao gerente do local para que o retire imediatamente do ponto de venda. Além disso, é importante informar às autoridades competentes, como MAPA e Senacon. Caso o consumidor encontre algum produto listado em casa, é necessário entrar em contato com o SAC do fabricante para exigir a imediata substituição ou a restituição da quantia paga, monetariamente atualizada.

Os desdobramentos da operação Carne Fraca

A operação Carne Fraca começou no dia 17 de março, após denúncias de fraudes e irregularidades em frigoríficos do país. O Idec enviou uma carta ao MAPA no dia 20 de março, pedindo recall imediato e informações detalhadas dos produtos fraudados, até que fossem sanados os problemas que colocam em risco a saúde e a segurança dos consumidores.

No dia 31 de março, ao saber da suspensão do recall de carnes provenientes de três frigoríficos, o Idec enviou outra carta ao Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi, ao Ministro da Justiça, Osmar José Serraglio e ao Secretário da Senacon. Arthur Luís Mendonça Rollo, pedindo explicações e mais detalhes sobre os desdobramentos da Operação.




Papa canonizará mártires brasileiros em outubro

Os primeiros mártires brasileiros foram assassinadas em 1645 pelos protestantes calvinistas holandes


Quantos parlamentares são alvo de processos no Supremo?

Levantamento da DW Brasil mostra que o Supremo conduz mais de 500 investigações contra senadores e deputados federais.


Reforma do Maracanã teve propina de R$ 7,3 milhões

Odebrecht pagou R$ 7,3 milhões em propina ao governo do Rio por reforma do Maracanã.


Em carta, Papa Francisco recusa visita ao Brasil

O pontífice negou o convite com a justificativa de estar com a agenda cheia para 2017.


Mais da metade dos brasileiros está com sobrepeso

Estudo da Vigitel revela que 53,8% está com peso acima do recomendado.


Acidentes têm queda de 16% durante feriado

Segundo a PRF, 82 pessoas morreram na Semana Santa, queda de 1% em relação a 2016.


Morre aos 117 anos a pessoa mais velha do mundo

Ela era a única pessoa ainda viva a ter nascido no século 19.


PRF lança Operação Semana Santa

PRF reforça fiscalização em rodovias federais durante a Semana Santa.


Sobe faturamento de exportações de carne bovina

Apesar de operação da PF, exportações de carne bovina registrou alta em março.


Papa Francisco recebe camisa do Palmeiras

Papa recebeu camisa do Palmeiras no Vaticano com o número de Jesus. Gabriel Jesus.