MP deflagra quadrilha que adulterava leite com uréia

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) deflagrou nesta quarta-feira (8) a Operação Leite Compen$ado para desarticular um esquema de adulteração de leite.


Da Redação

08/05/2013 - 15:14

De acordo com as investigações, cinco empresas de transporte de leite adicionavam ao produto cru, entregue à indústria, uma substância semelhante à ureia, que tem formol na composição e é considerada cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Até agora, oito pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no esquema.

Segundo o MP-RS, esse tipo de adulteração é considerada crime hediondo de corrupção de produtos alimentícios, previsto no Artigo 272 do Código Penal.

Ao todo, estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e 13 de busca e apreensão em três cidades do Rio Grande do Sul (Ibirubá, Guaporé e Horizontina).

De acordo com o Ministério Público, as empresas investigadas transportaram aproximadamente 100 milhões de litros de leite entre abril de 2012 e maio de 2013.

O órgão estima que, desse total, 1 milhão de quilos de ureia contendo formol tenham sido adicionados, com o objetivo de aumentar o volume do leite transportado e consequentemente o lucro sobre o preço do leite cru.

A fraude foi comprovada por meio de análises químicas do leite cru. O formol foi encontrado no produto final mesmo depois dos processos de pasteurização.

Amostras coletadas no decorrer da investigação em supermercados da capital gaúcha apontaram fraude em 14 lotes de leite. O leite alterado era comercializado no Rio Grande do Sul e em outros estados.

Veja abaixo a lista das marcas e lotes adulterados:

Italac Integral
Lotes L05KM3, L13KM3, L18KM3, L22KM4 e L23KM1

Italac Semidesnatado
L12KM1,

Bom Gosto/Líder UHT Integral
Lote TAP1MB,

Mumu UHT Integral
Lote 3ARC,

Latvida UHT Desnatado
Lote 37/661,

Latvida UHT Semidesnatado
Lote 48/661,

Latvida UHT Integral
Lote 36/661,

Latvida Semidesnatado
Lote 48/661 e

Latvida Integral
Lote 24/661

Fonte: Agência Brasil

Onde fica Porto Alegre (RS)?




TSE recebeu mais de 32 mil denúncias de irregularidades

Aplicativo Pardal permite que os eleitores de todo país façam denúncias de propaganda eleitoral irregular.


Fundação Abrinq lança campanha “Não Vai Ter Colo”

A campanha mostra que é preciso muito mais do que marketing para receberem o apoio das crianças e da sociedade.


Preços dos alimentos voltam a cair e aliviam a inflação

Cinco dos oito grupos pesquisados tiveram queda, destaque para alimentação.


Doações de benefiários do Bolsa Família superam R$15 mi

A maior doação realizada por um beneficiário do programa foi de R$ 67 mil.


Moro revoga prisão temporária de Mantega

Juiz afirma que desconhecia estado de saúde da esposa do ex-ministro da Fazenda, detido em hospital em São Paulo.


Ipea: idosos são mais afetados pela atual onda de desemprego

A maior variação da taxa de desemprego foi entre os maiores de 59 anos, equivalente a 132% no período.


1/3 dos brasileiros responsabiliza a mulher pelo estupro

Mais de 33% da população brasileira consideram a vítima culpada pelo estupro.


"Schumacher não consegue andar", afirma advogado

Em Processo movido contra revista, advogado nega especulações sobre possível melhora do estado de saúde do ex-piloto.


Quase 30% dos eleitores não têm ensino fundamental completo

Cerca de 40 milhões de eleitores brasileiros informaram que não completaram o ensino fundamental.


Inflação dos aluguéis acumula alta de 10,74% em 12 meses

Taxa de setembro está 0,09% superior do que em agosto.