Posicionamento Easy pós-votação pela câmara dos deputados

Somos contra ao retrocesso da Mobilidade Urbana. Somos a favor da população e da inovação.


Da Redação

06/04/2017 - 08:36

A Easy nasceu com a missão de melhorar a vida das pessoas por meio de inovação e tecnologia e com o desejo de participar ativamente nas cidades para se tornarem cada vez mais inteligentes e conectadas, unindo taxistas e motoristas privados em prol da mobilidade urbana, viabilizando, desta forma, um eficiente ecossistema de transporte em nossas cidades.

Como parte interessada em tudo que envolve o setor de transporte no Brasil e em todos os países onde atuamos, acompanhamos a votação da PL 5587/2016 que ocorreu na última terça-feira 04/04 em Brasília e mais uma vez reforçamos que somos a favor da inovação e de mercados justos e regulamentados que melhorem a vida dos cidadãos de hoje e de amanhã – que utilizam a tecnologia buscando mais agilidade e comodidade para o dia a dia.

A Easy é a favor da regulamentação justa, aquela que beneficia e compreende todas as partes, sempre de olho na qualidade de vida de toda a população.

A Easy, portanto é contra o texto aprovado ontem na Câmara dos Deputados (04/04/2017) que transforma o transporte privado em transporte público, inibindo a livre iniciativa e dificultando a geração de empregos no país. O texto aprovado, além de descaracterizar o transporte privado, amplamente aceito pela população brasileira, traz para o setor inúmeras ineficiências (contra as quais a Easy luta amplamente) existentes atualmente no setor de táxi. A caracterização de transporte público irá burocratizar o credenciamento de novos motoristas; não garante a qualidade do serviço prestado; e irá limitar a competitividade entre os sistemas, tão benéfica para a redução de preços aos passageiros.

Hoje, através do aplicativo Easy, possibilitamos não apenas agilidade e comodidade, mas também preços acessíveis e segurança a nossos passageiros. Ao longo de 6 anos de história, conseguimos nos posicionar como um marketplace que gera renda a mais de 140 mil motoristas brasileiros, entre eles, taxistas e motoristas de carros privados. Em um momento de crise econômica, ainda infelizmente vivida no país, nós nos tornamos uma opção de renda àqueles sem recolocação profissional.

Nós entendemos que sim, há espaço para os carros privados e táxis. Entendemos que desta forma, unindo dois tão relevantes serviços, o usuário consegue usufruir do serviço desejado na hora em que lhe for mais conveniente, o que traz passageiros tanto para taxistas quanto para motoristas privados.

Em julho de 2016 lançamos na cidade de São Paulo o “EasyGo” - serviço de carros privados da Easy - e felizmente já conseguimos expandir para o Rio de Janeiro e Porto Alegre. Essas mudanças foram extremamente significativas, favorecendo motoristas, taxistas e passageiros. Empoderamos nossos clientes com a escolha do serviço, oferecendo as opções mais convenientes em seu momento de escolha e, com isso, conseguimos gerar mais demanda e mais renda para ambos, taxistas e motoristas.

Conforme a plataforma se expande e aumenta a oferta de serviços é possível tornar ainda mais acessíveis os meios de transporte propostos, e possibilitar aos cidadãos que até então não tinham acesso, uma interligação eficaz com transportes públicos, melhorando assim as condições das milhares de pessoas que utilizam diariamente variados meios de transporte para trabalhar, para lazer e viajar.

Infelizmente constatamos que alguns deputados não enxergam o mercado com os mesmos olhos e querem acabar com esta conquista, prejudicando toda a população. Desta forma, a Easy acredita na continuidade do debate, agora no Senado Federal, e participará dessa nova etapa a fim de mostrar a todo nosso país, a nossos senadores e à nossa comunidade, que existe a possibilidade de convivência harmoniosa entre taxistas e motoristas privados.

Não tirem o poder de escolha da população.

Fonte: A Easy 





Brasil termina em 37º na Olimpíada de Matemática

Coreia do Sul e China vencem Olimpíada Internacional de Matemática no Rio de Janeiro.


Grande BH se transforma em polo de cerveja artesanal

Mundo Empresarial

Grande BH se transforma em polo de cerveja artesanal

Governo de Minas incentiva microcervejarias da região com APL.


Projetos culturais terão apoio de R$12 milhões do BNDES

Noticias Culturais

Projetos culturais terão apoio de R$12 milhões do BNDES

Instituição apoia festivais e mostras de cinema, eventos de música instrumental e erudita e festas literárias.


Como a Volks cooperou com a ditadura brasileira

Imprensa alemã obtém acesso exclusivo à investigação. Cooperação era maior do que se pensava.



Governo mantém previsão de 0,5% de crescimento do PIB

Café Pequeno

Governo mantém previsão de 0,5% de crescimento do PIB

A previsão do mercado é de que o crescimento fique em 0,34% em 2017.


Preço dos combustíveis sobem em todo o país

Mundo Empresarial

Preço dos combustíveis sobem em todo o país

Governo divulga aumento de alíquota do PIS/Cofins sobre combustíveis.


Os benefícios da capoeira para as crianças

Capoeira traz movimentos corporais característicos que funcionam como agente facilitador psicomotor.


Cursos,gratuitos nas melhores Universidades

Educação & Capacitação

Cursos,gratuitos nas melhores Universidades

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, preparação nunca é demais.


Mudanças no estilo de vida podem evitar Alzheimer

Saúde

Mudanças no estilo de vida podem evitar Alzheimer

Estudo sugere que combater nove fatores de risco pode retardar ou até evitar casos de demência.


Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Na Tela

Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Franquia já faturou US$ 4 bilhões desde 2007.


Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Famosos

Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Chester Bennington cometeu suicídio em sua casa nos Estados Unidos.


Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Famosos

Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Colunista do Uol, Flávio Ricco, afirma que apresentador não continuará na emissora.


Travestis e transexuais terão nome social no CPF

Utilidade Pública

Travestis e transexuais terão nome social no CPF

Para isso, basta que compareçam a uma unidade de atendimento da Receita Federal e peçam a inclusão.


Unicamp lidera ranking na América Latina

Na lista das 25 primeiras colocadas na América Latina, o Brasil tem 13 vezes universidades.


Mundo reduziu quase pela metade as mortes por Aids

Saúde

Mundo reduziu quase pela metade as mortes por Aids

De acordo com a ONU, desde 2005 número de mortes caiu de 1,9 milhão de pessoas para 1 milhão.


Startups trocam Estados Unidos por Canadá

Digital

Startups trocam Estados Unidos por Canadá

A cidade canadense Vancouver se torna destino dos sonhos para startups brasileiras.


Usuários do Facebook terão que pagar para ler notícias

A empresa vai implementar de um sistema de assinaturas de notícias semelhante ao utilizado por portais de notícias em todo o mundo.



Os sinais de alerta para os acumuladores

Bem Viver

Os sinais de alerta para os acumuladores

São pessoas que têm um nível moderado de distúrbio, sendo adeptos de colecionar quinquilharias.


Os cuidados indispensáveis para a higiene do rosto

Já parou para pensar na diferença que a limpeza correta faz na saúde da sua pele?


Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Educação & Capacitação

Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Caixa espera a adesão de 5,5 mil funcionários em todo o País.


Brasil cria 9,8 mil vagas de trabalho em junho

Café Pequeno

Brasil cria 9,8 mil vagas de trabalho em junho

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego o resultado é o 3º positivo seguido.


Telefonia fixa perde mais de 75 mil linhas em maio

Digital

Telefonia fixa perde mais de 75 mil linhas em maio

Nos últimos 12 meses houve redução de 1,5 milhão de linhas de telefonia fixa, diz Anatel.


Verdades sobre o siso, o grande temor dos pacientes

Bem Viver

Verdades sobre o siso, o grande temor dos pacientes

O ideal é retirar os dentes do siso entre os 16 e 18 anos, diz especialista.


MG confirma mais quatro mortes por febre chikungunya

Saúde

MG confirma mais quatro mortes por febre chikungunya

De acordo com a SES-MG, cinco pessoas morreram pela doença em 2017.


Whindersson Nunes lota teatros dos Estados Unidos

Famosos

Whindersson Nunes lota teatros dos Estados Unidos

Youtuber brasileiro fez quatro apresentações na terra do Tio Sam.