Lulu cria rede de avaliação de homens

Aplicativo Lulu, que permite que mulheres avaliem homens anonimamente, já é o líder de downloads na App Store brasileira.


Da Redação

27/11/2013 - 15:17

Mais uma vez a grande polêmica da semana veio da internet. Desta vez, trata-se do aplicativo Lulu, exclusivo para as mulheres avaliarem seus amigos homens do Facebook. Pelo aplicativo, é possível dar notas, postar comentários e hashtags.

Apesar de conquistar esta marca, o app divide opiniões: foi elogiado por amplificar o poder das mulheres, criticado por resumir o homem a apenas um objeto e avaliado como mais um software de puro entretenimento.

Na avaliação do especialista em marketing, Gabriel Rossi, o novo aplicativo prova que a privacidade na internet acabou de vez. “O que começou como brincadeira se tornou uma ferramenta de quebra de privacidade e de mau gosto” afirma.

Segundo Rossi, as plataformas das redes sociais são ferramentas que possibilitam um relacionamento mais direto e um compartilhamento mais dinâmico e democrático de opiniões e informações. “No entanto, o Lulu amplifica esta característica das redes sociais. Aquela conversa que as mulheres tinham no toilette feminino agora se tornou pública e invasiva.”

O especialista alerta que a privacidade da internet - o seu Santo Graal - foi quebrado de vez. “Coerência, respeito e bom senso são pontos essenciais a serem observados ao utilizarmos estes instrumentos e isto não está sendo observado no Lulu.”




Carnaval de BH conta com site e aplicativo para centralizar programação

O app, que leva o nome de Carnaval BH, está disponível para download gratuito na Apple Store e na Play Store.


Os perigos da internet te assustam?

Usuários mais velhos são mais cuidadosos, mas entendem menos os perigos da internet.


Revista digital de música Acorde já está no ar

Os assinantes podem baixar aplicativo “Revista Acorde!” através do Google Play (ou Play Store).


WhatsApp alcança 1 bilhão de usuários

Depois de comprar o WhatsApp o chefe e cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, tornou o serviço completamente gratuito.


Brasileiro desenvolve software para deficientes visuais

O brasileiro Fernando Botelho desenvolveu software gratuito que facilita o acesso à internet por pessoas com deficiência visual.


Mais de 4 bilhões de pessoas continuam sem acesso à internet

Segundo especialistas este fato cria uma "exclusão digital".


Starbucks lança aplicativo de pagamentos no Brasil

O aplicativo permite realizar pagamentos no smartphone, bem como encontrar lojas próximas.


Facebook passa a permitir download de álbuns de fotos

O Facebook é há algum tempo o lugar preferido dos internautas para publicar suas fotos.


Twitter anuncia medidas para frear conteúdo abusivo

O Twitter anunciou que dará novos passos para impedir o comportamento abusivo e a conduta de ódio na rede social.


Nutricionista adota aplicativo para gerenciar dieta de jogadores

Melhor controle da alimentação já vem refletindo no desempenho dos atletas das categorias de base.





Copyright © 2016 Todos os direitos reservados