Lulu cria rede de avaliação de homens

Aplicativo Lulu, que permite que mulheres avaliem homens anonimamente, já é o líder de downloads na App Store brasileira.


Da Redação

27/11/2013 - 15:17

Mais uma vez a grande polêmica da semana veio da internet. Desta vez, trata-se do aplicativo Lulu, exclusivo para as mulheres avaliarem seus amigos homens do Facebook. Pelo aplicativo, é possível dar notas, postar comentários e hashtags.

Apesar de conquistar esta marca, o app divide opiniões: foi elogiado por amplificar o poder das mulheres, criticado por resumir o homem a apenas um objeto e avaliado como mais um software de puro entretenimento.

Na avaliação do especialista em marketing, Gabriel Rossi, o novo aplicativo prova que a privacidade na internet acabou de vez. “O que começou como brincadeira se tornou uma ferramenta de quebra de privacidade e de mau gosto” afirma.

Segundo Rossi, as plataformas das redes sociais são ferramentas que possibilitam um relacionamento mais direto e um compartilhamento mais dinâmico e democrático de opiniões e informações. “No entanto, o Lulu amplifica esta característica das redes sociais. Aquela conversa que as mulheres tinham no toilette feminino agora se tornou pública e invasiva.”

O especialista alerta que a privacidade da internet - o seu Santo Graal - foi quebrado de vez. “Coerência, respeito e bom senso são pontos essenciais a serem observados ao utilizarmos estes instrumentos e isto não está sendo observado no Lulu.”




Aplicativo chega para aproximar eleitores de candidatos

O aplicativo Govern fornece informações sobre os políticos e permite que o usuário avalie seu candidato.


Yahoo confirma vazamento de dados de milhões de usuários

Empresa americana afirma que ao menos 500 milhões de contas foram alvo de hackers em 2014.


Tinder lança recurso para o app de mensagens do iOS

Aplicativo Tinder Stacks é voltado para usuários do Mensagens, da Apple.


Twitter flexibiliza limite de 140 caracteres por tweet

A nova política isenta anexos de mídia, como fotos, vídeos e enquetes.


Mais de 32 milhões de casas não têm acesso à internet

O preço é apontado como o principal empecilho para contratar o serviço.


A proibição do Waze e o debate sobre a legislação de aplicativos

A administração pública está mais preocupada em arrecadar com multas do que em proteger a população.


Programas de fidelidade se tornam alvos de ataques cibernéticos

As vantagens oferecidas nesse sistema despertam o interesse dos consumidores e chamam a atenção de hackers.


Ataque ao Dropbox expõe senhas de usuários

O ataque ocorreu em 2012, mas os dados foram divulgados apenas agora.


PMMG lança rastreamento de celulares roubados

Ao localizar os aparelhos, a própria PMMG comunica aos proprietários.


1885: Daimler patenteia a motocicleta

Em 29 de agosto de 1885, Gottlieb Daimler obtém patente para seu veículo motorizado de duas rodas.