Brasil deve triplicar produção de petróleo

Segundo AIE, Brasil será um dos maiores exportadores de petróleo do mundo até 2035, quando alcançará seis milhões de barris diários.


Da Redação

12/11/2013 - 16:25

O Brasil se converterá num dos maiores exportadores de petróleo e um dos principais produtores de energia do mundo, assegura a Agência Internacional da Energia (AIE) em um relatório divulgado nesta terça-feira.

Para 2035, a produção petroleira do Brasil triplicará e alcançará seis milhões de barris diários (mbd), contribuindo com um terço do crescimento da produção líquida mundial, e transformando-se no sexto maior produtor de petróleo do mundo.

Da mesma forma, a produção de gás quintuplicará, o que permitirá cobrir até 2030 as necessidades do país, apesar do consumo crescer exponencialmente, assegura o relatório.

No entanto, a AIE adverte que dadas as difíceis condições de extração de petróleo em águas profundas, o custo da produção será superior a de outras regiões como o Oriente Médio e a Rússia.

Parte dos investimentos necessários procederão da Petrobras, o que colocará à prova a capacidade da companhia estatal de dedicar suficientes recursos em um enorme e variado programa de investimentos.

A isso se soma o compromisso de que os bens e serviços sejam locais, o que não fará mais que pressionar uma cadeia de fornecimento já por si limitada. O Brasil necessitará investir cerca de US$ 90 bilhõesanuais para poder garantir o consumo energético do país, segundo a AIE.

As abundantes e diversas fontes energéticas cobrirão 80% do aumento de consumo energético do país, incluindo o acesso universal à eletricidade.

No caso da geração elétrica, a AIE recomenda o sistema de leilões para proporcionar novo capital ao setor energético e evitar pressionar o preço final pago pelo consumidor.




Bombeamento de água com energia solar gera economia no Espírito Santo

As bombas solares têm sido uma alternativa viável para obtenção de água para agricultores da região de Itapemirim.


Bio Extratus produzirá 100% da energia consumida

A empresa instalou um sistema de geração de energia fotovoltaica em sua planta industrial em Alvinópolis (MG).


Cemig disponibiliza R$ 20 milhões para projetos de eficiência energética

A informação foi divulgada no último dia 20, em Sete Lagoas, durante o I Workshop de Chamada Pública.


Brasileiro preocupa com consumo, mas deixa as luzes acesas

Mesmo sabendo da importância de economizar energia, na prática o brasileiro faz pouco para a redução do consumo.


Concurso estimula ideias inovadoras sobre energia solar

Tem uma ideia incrível para fazer a energia solar bombar no Brasil?


Curitiba adota gestão inteligente de iluminação pública e serviço

Solução desenvolvida por empresa local já é utilizada por outras quatro capitais.


Célula solar orgânica pode revolucionar o setor de energia

Da espessura de uma folha, pode ser fixada em qualquer superfície de uma casa, assim como em automóveis e até em roupas.


A nova energia para a indústria

A indústria brasileira registrou queda de 8,3% em 2015, segundo o IBGE.


Novas regras da Aneel incentivam instalação de micro e minigeração

Agora, gerador pode utilizar os créditos em outra unidade consumidora da mesma distribuidora.


Maior usina solar do mundo inicia suas operações

O Marrocos ligou a primeira parte da nova usina de energia solar em Ouarzazate.