Brasil deve triplicar produção de petróleo

Segundo AIE, Brasil será um dos maiores exportadores de petróleo do mundo até 2035, quando alcançará seis milhões de barris diários.


Da Redação

12/11/2013 - 16:25

O Brasil se converterá num dos maiores exportadores de petróleo e um dos principais produtores de energia do mundo, assegura a Agência Internacional da Energia (AIE) em um relatório divulgado nesta terça-feira.

Para 2035, a produção petroleira do Brasil triplicará e alcançará seis milhões de barris diários (mbd), contribuindo com um terço do crescimento da produção líquida mundial, e transformando-se no sexto maior produtor de petróleo do mundo.

Da mesma forma, a produção de gás quintuplicará, o que permitirá cobrir até 2030 as necessidades do país, apesar do consumo crescer exponencialmente, assegura o relatório.

No entanto, a AIE adverte que dadas as difíceis condições de extração de petróleo em águas profundas, o custo da produção será superior a de outras regiões como o Oriente Médio e a Rússia.

Parte dos investimentos necessários procederão da Petrobras, o que colocará à prova a capacidade da companhia estatal de dedicar suficientes recursos em um enorme e variado programa de investimentos.

A isso se soma o compromisso de que os bens e serviços sejam locais, o que não fará mais que pressionar uma cadeia de fornecimento já por si limitada. O Brasil necessitará investir cerca de US$ 90 bilhõesanuais para poder garantir o consumo energético do país, segundo a AIE.

As abundantes e diversas fontes energéticas cobrirão 80% do aumento de consumo energético do país, incluindo o acesso universal à eletricidade.

No caso da geração elétrica, a AIE recomenda o sistema de leilões para proporcionar novo capital ao setor energético e evitar pressionar o preço final pago pelo consumidor.




Aneel mantém bandeira tarifária verde na conta de luz

Bandeira tarifária continua verde, sem cobrança extra na conta de luz.


A ilegalidade da cobrança do ICMS na conta de luz

Quem deveria recolher o ICMS sobre a conta de energia é a operadora.


Troca de motores pode economizar energia elétrica

Potencial na redução do consumo fez Aneel lançar programa de incentivo para substituição de motores antigos.


Cemig alerta sobre riscos para jogadores de Pokemon Go

Invasões a subestações e instalações elétricas podem causar acidentes graves.


Economia de energia, um conflito de gerações

A adoção de tecnologias de controle de iluminação pode ajudar a reduzir os gastos com energia elétrica.


Geração eólica cresce 77% e consumo de etanol, 18,6% em 2015

A matriz energética brasileira ficou mais limpa no ano passado.


Como comprar eletrodomésticos sem pesar no bolso e na conta de luz

Na hora de trocar a sua geladeira antiga por uma nova, você se atenta às certificações de eficiência energética?


Brasil registra 3.565 conexões de geração distribuída até maio

Capacidade instalada em GD no país totaliza 29,7 MW.


Dicas de economia e segurança na utilização do chuveiro elétrico

Para diminuir o impacto na conta pela utilização desse equipamento, a Cemig recomenda uma série de dicas.


Os ganhos de produtividade e de eficiência na tarifa de energia elétrica

Sem a modernização da ancestral estrutura elétrica não há modernização.