Dicas para economizar energia

Soluções simples podem ajudar a minimizar os gastos e diminuir a conta de energia neste verão.


Da Redação

09/01/2014 - 14:50

Cemig orienta sobre economia de energia no verão. De acordo com o engenheiro da Companhia, Leonardo Rivetti, o consumo de energia depende basicamente de duas variáveis: a potência dos equipamentos e o tempo de uso de cada um deles.

“O chuveiro, geralmente, é o equipamento que mais consome energia, devido à sua potência, que é muito alta. No verão, é possível economizar energia com esse equipamento, mudando o seletor de temperatura da posição ‘inverno’ para a posição ‘verão’, o que reduz a potência em 30% e proporciona uma redução no consumo ao final do mês de até 10%”, explica o engenheiro.

De acordo com Leonardo Rivetti, a geladeira, geralmente, é o segundo equipamento que mais consome energia em uma residência, em virtude do “abre e fecha” ao longo do dia. Uma geladeira em bom estado de uso funciona 12 horas por dia, ou seja, 360 horas por mês.

Esses dois equipamentos – chuveiro e geladeira – são responsáveis por mais de 60% do consumo mensal, o chuveiro pela potência e a geladeira pelo tempo de uso.

Confira outras dicas para economizar energia:

Instale um sistema de aquecimento solar. O engenheiro da Cemig dá o exemplo de uma família de quatro pessoas que utiliza o chuveiro durante uma hora por dia. Nesse caso, o gasto anual apenas com banho é de cerca de R$ 1 mil. Um sistema solar para essa família está na faixa de R$ 2,5 mil e tem uma durabilidade de mais de dez anos, recuperando o valor investido rapidamente.

Verifique a borracha de vedação da geladeira. Um dos fatores que mais contribuem para o aumento do tempo de funcionamento da geladeira é a borracha de vedação. Faça a vistoria dessa borracha, pois ela não pode ficar quebradiça ou dura. Evite deixar a porta da sua geladeira aberta por muito tempo.

Faça o degelo da geladeira. Se a sua geladeira não realiza esse procedimento automaticamente, realize-o sempre que a camada de gelo atingir um centímetro de espessura. Evite colocar alimentos quentes na geladeira. Sem esses procedimentos o tempo de funcionamento de uma geladeira pode chegar a 720 horas por mês, ou seja, ela funciona ininterruptamente e não para.

Ar-condicionado. Feche bem o ambiente onde o aparelho estiver ligado, pois, do contrário, ele funcionará por mais tempo. Ao abrir uma porta ou uma janela é como se estivesse abrindo a porta da geladeira: o ar quente vai entrar e o aparelho terá de funcionar por mais tempo. Além disso, como o ar quente sobe, recomenda-se instalar o ar condicionado em local mais alto.

Aproveite a iluminação natural. Como os dias são mais longos, acenda as lâmpadas apenas quando for necessário. A iluminação é o terceiro equipamento com maior participação no consumo residencial, na faixa de 20% do total, em residências que não utilizam aparelho de ar-condicionado.

Retire os aparelhos das tomadas. Quando estão no modo stand by, os equipamentos elétricos e eletrônicos chegam a consumir até 30% do seu consumo quando ligados.




Bandeira tarifária das contas de luz será verde pelo terceiro mês

Taxa na conta de luz segue sem acréscimo de valor para os consumidores.


Após boom, venda de LED’s sofre queda

Ao contrário de 2015, venda de LED cai em 2016.


Definido reajuste anual das tarifas da Cemig

Na composição da tarifa o governo fica com a maior parcela.


Consumidor prejudicado por queda de energia será indenizado

Ele ajuizou ação requerendo indenização por danos morais.


Empresa promove ação de conscientização em eficiência energética

Ação promove visitas em comunidades de baixa renda para a conscientização do consumo de energia.


CPFL Energia e Hertz firmam parceria para aluguel de veículo elétrico

O automóvel estará disponível na loja do Aeroporto de Viracopos, em Campinas.


Aparelhos ligados no modo standby encarecem a tarifa de energia

O acréscimo pode chegar a 15% na conta de energia elétrica.


São Francisco aprova lei de telhados solares

Metrópole obriga a instalação de painéis solares para aquecimento de água ou fotovoltaicos.


Bombeamento de água com energia solar gera economia no Espírito Santo

As bombas solares têm sido uma alternativa viável para obtenção de água para agricultores da região de Itapemirim.


Bio Extratus produzirá 100% da energia consumida

A empresa instalou um sistema de geração de energia fotovoltaica em sua planta industrial em Alvinópolis (MG).