Produção de energia renovável bateu recorde em 2016

Com 80% da produção total, usinas solares e eólicas promovem rápida expansão das fontes renováveis.


Deutsche Welle

10/04/2017 - 08:17

O diretor-geral da Agência Internacional para as Energias Renováveis (Irena), Adnan Z. Amin, exulta: "Estamos testemunhando uma transformação global de energia. Isso se reflete novamente num novo ano recorde na geração de energias renováveis." A declaração foi feita durante a apresentação do relatório Renewable Capacity Statistic 2017, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

O documento lista como as energias renováveis se desenvolveram desde 2007 em mais de 200 países e quantas usinas de fontes hidráulica, solar, eólica e de biomassa foram construídas, com qual capacidade.

Energia solar ultrapassa eólica


Em todo o mundo, foram construídas em 2016 usinas de energia limpa com a capacidade total de 161 gigawatts (GW), segundo dados da Irena. Isso corresponde à capacidade instalada de cerca de 161 usinas nucleares ou de carvão de grande porte.

Em termos de geração de energia, as instalações solares estão, pela primeira vez, à frente das eólicas, tendo sido construídas em todo o mundo usinas solares com uma capacidade total de 71 GW, quase 50% a mais do que em 2015. Em seguida vem a energia eólica (51 GW), hidráulica (30 GW), de biomassa (9 GW) e geotérmica (1 GW).

Assim, até o final de 2016 a capacidade de geração de energias renováveis em todo o mundo era de 2.006 GW, mais do que o dobro de dez anos atrás. A transformação da matriz energética mundial é incentivada sobretudo pelo custo atualmente baixo da produção eólica e solar. Na última década, cerca de 80% da energia renovável gerada recai sobre estas duas fontes. 
margin-right: 10px; margin-bottom: 10px;
Energias renováveis crescem em todo o mundo

Renováveis trazem mais empregos e prosperidade

Desde 2009 o preço da eletricidade gerada por usinas eólicas caiu cerca de um terço, e a por centrais solares, aproximadamente 80%. A eletricidade gerada pelas novas instalações é em geral mais barata do que a de usinas convencionais a diesel, carvão, gás e nuclear.

De acordo com dados da Irena, o forte crescimento das energias renováveis tem também outros efeitos positivos. "Elas são muito lucrativas e geram alguns benefícios socioeconômicos, como a criação de novos empregos. Além disso, há a melhora do bem-estar das pessoas e do meio ambiente", diz Amin.

Ele acrescenta, contudo, que, para atingir as metas climáticas mundiais acordadas em Paris, o ritmo de expansão deveria ser acelerado. "Essa dinâmica exige investimentos adicionais para a descarbonização do setor de energia. Os novos dados são um sinal encorajador de que estamos no caminho certo, mas há ainda muito a fazer."

Ásia cresce e Europa fica para trás

Nos últimos anos, o principal motor da expansão global de energia renovável foi a Ásia, com a China decididamente na dianteira. Segundo dados da Irena, o país asiático construiu em 2016 centrais eólicas com capacidade total de 19 GW, seguido a distância pelos EUA (9 GW), Alemanha (5 GW) e Índia (4 GW).

Em relação à energia solar, o ritmo na Ásia é ainda maior. Com a construção de usinas com a capacidade de 50 GW no ano passado, o continente respondeu por cerca de 70% do crescimento mundial. Foram instalados painéis solares com capacidade de 34 GW na China, 8 GW no Japão, 8 GW nos EUA, e 4 GW na Índia.

Como precursores na expansão das renováveis, a Europa e, em particular, a pioneira Alemanha continuam caindo na ampliação desses tipos de energia. No Velho Continente foram instalados apenas 5 GW de energia solar, na Alemanha apenas 1 GW. Como motivo para a diminuição, especialistas veem, sobretudo, a pressão das empresas de energia convencional na política do setor.

"Há um forte movimento contra a energia renovável. Os setores fóssil e nuclear tentam sustar sua expansão, que prejudicam o modelo de negócios deles", diz Stefan Gsänger, secretário-geral da Associação Mundial de Energia Eólica (WWEA), em entrevista à DW.

Gráfico do crescimento da energia solar nos principais países produtores

Eletricidade para mais 300 milhões de seres humanos

Pela primeira vez, o relatório de estatísticas da Irena divulgou também dados especiais sobre os assim chamados "sistemas off-grid" – sistemas isolados, não conectados à rede elétrica e autossustentados por baterias ou geradores.

Mais de 1 bilhão dos habitantes do planeta não têm acesso a redes elétricas, principalmente em regiões remotas. Nesses locais desenvolveu-se nos últimos anos uma forte dinâmica, principalmente em relação à energia fotovoltaica.

No fim de 2016, a capacidade de energia solar off-grid nessas regiões era de 1,4 GW, cinco vezes mais do que em 2011. Em geral trata-se de sistemas bem pequenos, com baterias que fornecem energia para uma aldeia ou casa durante a noite, permitindo a muitos o acesso à eletricidade. Esses sistemas têm grande sucesso especialmente na África e Ásia, com a Índia, Bangladesh, Argélia e África do Sul na linha de frente, segundo dados da Irena.

Na Índia há, ainda, um boom na expansão de bioenergia para fornecimento elétrico local. As instalações construídas em aldeias em 2016 totalizam quase 1 GW, 200 vezes mais do que no ano anterior. Segundo estimativas da Irena, até 60 milhões de famílias ou 300 milhões de pessoas têm acesso à energia através de sistemas off-grid.





Estudo descobre célula responsável pelo autismo

Descoberta feita por cientistas brasileiros pode ajudar a busca por tratamento para a síndrome.


Há limites (espirituais) para a tecnologia

Bem Viver

Há limites (espirituais) para a tecnologia

"Toma consciência, por um só momento, de que a Vida e a inteligência são puramente espirituais."


Supermercados apostam nas vendas online

Digital

Supermercados apostam nas vendas online

No Brasil, o e-commerce de alimentos ainda está restrito a São Paulo e Rio de Janeiro.


Pilates pode contribuir no combate a osteoporose

Dia Mundial da Osteoporose chama a atenção para tratamento, prevenção e alerta do problema.



Knorr ensina cardápio de receitas vegetarianas

Alimentos e Bebidas

Knorr ensina cardápio de receitas vegetarianas

Outubro é considerado o mês do vegetariano. Que tal usar a ocasião para sair do lugar comum e preparar um cardápio diferente?


Maçaneta higieniza as suas mãos

Tecnologia Máxima

Maçaneta higieniza as suas mãos

Peça é equipada com álcool em gel.


Microsoft integra assistente pessoal ao Skype

Sistema “Cortana” já pode ser acessado nos Estados Unidos.


Robô jornalista publica 850 matérias em um ano

Digital

Robô jornalista publica 850 matérias em um ano

Temas dos artigos escritos variam das Olimpíadas até as eleições norte-americanas.


Robert Plant descarta nova volta do Led Zeppelin

Famosos

Robert Plant descarta nova volta do Led Zeppelin

Cantor criticou aqueles que continuam fazendo apresentações baseadas em material antigo.


Natureza em foco no planejamento urbano de três metrópoles

Ciência & Ambiente

Natureza em foco no planejamento urbano de três metrópoles

Campinas, Belo Horizonte e Londrina pretendem evitar crises hídricas, alimentar a população sem agredir o meio ambiente e otimizar uso do solo.


Bruno Mars é a 1ª atração confirmada Rock in Rio-Lisboa

Notas Musicais

Bruno Mars é a 1ª atração confirmada Rock in Rio-Lisboa

A 8ª edição do Rock in Rio-Lisboa acontece dias 23, 24, 29 e 30 de junho 2018.


Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Digital

Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Apesar do término do investimento, empresa continuará oferecendo suporte.


Clínica médica popular abre nova unidade em Minas

Saúde

Clínica médica popular abre nova unidade em Minas

Franquia na cidade de Patrocínio já está em funcionamento e conta com 20 especialidades de atendimento.


Escola online de negócios investe no Brasil

IEBS traz três novos programas na língua portuguesa.


FGV: exportações têm crescimento de 15,1% em setembro

Café Pequeno

FGV: exportações têm crescimento de 15,1% em setembro

A principal alta no volume exportado foi observada na agropecuária (94,5%).


Estão abertas inscrições para Ensino Médio no exterior

Educação & Capacitação

Estão abertas inscrições para Ensino Médio no exterior

Brasileiros de 14 a 18 anos que querem cursar um ou dois semestres no exterior devem seguir planejamento.


Caixa e BB antecipam pagamento do PIS/Pasep

Correntistas com mais de 70 anos já podem receber o dinheiro dos benefícios.



Crise economica faz brasileiro andar mais a pé

Mundo Empresarial

Crise economica faz brasileiro andar mais a pé

Levantamento revela que o brasileiro está caminhando mais e recorrendo ao transporte público.


Receita libera pagamento do 5º lote da restituição do IR

Café Pequeno

Receita libera pagamento do 5º lote da restituição do IR

Restituição do Imposto de Renda dá R$ 2,8 bi a 2,3 milhões de contribuintes.


Um terço dos estagiários paga pela própria faculdade

Pesquisa mostra que remuneração não é o fator mais importante para o jovem que busca esse tipo de vaga.


SUS: crianças com diabetes receberão medicamento mais moderno

Digital

SUS: crianças com diabetes receberão medicamento mais moderno

O Ministério da Saúde está investindo R$ 135 milhões a mais para ofertar a insulina análoga.


Lisboa é a cidade mais procurada pelos brasileiros

Viajando

Lisboa é a cidade mais procurada pelos brasileiros

Portugal quebra hegemonia dos Estados Unidos em ranking de países preferidos para turismo.


Seis elementos que provocam uma crise de asma

Saúde

Seis elementos que provocam uma crise de asma

Muitos pacientes e cuidadores se sentem inseguros em relação aos sintomas e ao tratamento da doença


Musical Elvis Tribute, The Kings is Back chega a BH

Notas Musicais

Musical Elvis Tribute, The Kings is Back chega a BH

Show em Belo Horizonte será no dia 18 de outubro no Teatro Bradesco.


Pesquisa indica que 67% das rodovias têm boas condições

Transporte Hoje

Pesquisa indica que 67% das rodovias têm boas condições

Pesquisa feita pelo DNIT analisou 52 mil quilômetros da malha viária federal.


Dicas para quem vai viajar com criança

Viajando

Dicas para quem vai viajar com criança

Ações simples deixam a viagem mais tranquila e segura.