As mudanças no Programa de Regularização Tributária

Diante das consideráveis mudanças havidas na MP, o texto não deverá ser aprovado.


Autor: Enio De Biasi

18/05/2017 - 11:00

Uma comissão mista do Congresso Nacional aprovou parecer do deputado Newton Cardoso Junior (PMDB – MG), que analisou a Medida Provisória 766/2017, que instituiu o PRT – Programa de Recuperação Tributária.

A MP foi totalmente desfigurada pelo relatório do deputado e privilegia em demasia os contribuintes, o que fatalmente provocará reação da equipe econômica, contrária à concessão de redução nas multas e nos juros, sob o argumento de incentivar a inadimplência tributária.

Os debates serão intensos no Congresso, uma vez que o projeto de lei de conversão da MP 766/2017, tem que ser aprovado pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, devendo, ainda, ser sancionado pelo Presidente da República.

Diante das consideráveis mudanças havidas na MP, todas realizadas para melhorar as condições desse novo parcelamento, o texto não deverá ser aprovado, tal qual foi definido pelo parecer do deputado Newton Cardoso Junior.

A MP era, originalmente, bem mais restritiva, comparada com os parcelamentos anteriores, quanto aos benefícios da adesão, basicamente permitindo a utilização de prejuízos fiscais e base negativa da CSLL e de demais créditos para amortização dos débitos parcelados ou liquidados à vista, prevendo prazo máximo de 120 meses para sua quitação.

O projeto aprovado na comissão mista, tentaremos resumir, prevê os seguintes benefícios:

- Consolidação dos débitos vencidos até 31/03/2017 (a MP previa 30/11/2016).

- Descontos de até: 90% das multas de ofício, de mora e isoladas; 90% dos juros de mora; 99% dos encargos legais e honorários.

- Prazo de até 240 prestações mensais.

- Possibilidade de fixação do valor das prestações com base na receita bruta do mês anterior ao do pagamento da parcela, sendo:
0,3% no caso das entidades imunes ou isentas; 0,6% para empresas tributadas com base no lucro presumido; 1,2% para empresas tributadas com base no lucro real; 1,5% nos demais casos.

- Utilização de créditos de prejuízos fiscais e base negativa de CSLL com aplicação de multiplicador de 2,5 (duas vezes e meia) das alíquotas de 25% do prejuízo fiscal e de 9% da CSLL.

- A possibilidade de cessão, entre contribuintes, de créditos de IPI, COFINS e PIS, para amortização dos débitos consolidados, desde que utilizados, primeiramente, os créditos próprios.

- As reduções das multas, juros, encargos e honorários não serão computadas nas bases de cálculo do IRPJ (lucro real), da CSLL, da COFINS e do PIS.

- Parcelamento, nos mesmos moldes, de débitos junto às autarquias e fundações públicas federais e os débitos de qualquer natureza (tributários ou não tributários) e com a Procuradoria-Geral Federal.

- Bônus de adimplência, representado por desconto de 10% sobre os juros incidentes sobre o valor da parcela mensal, a partir do 7º mês de regularidade no pagamento do PRT.

- Aplicação da TJLP para atualização das prestações do parcelamento.

- Exclusão do parcelamento somente nos casos de atraso no pagamento de três parcelas consecutivas ou seis alternadas.

- Impossibilidade de bloqueio dos valores destinados à manutenção do capital de giro da sociedade empresária.

- Possibilidade de extinção do saldo consolidado do PRT mediante dação em pagamento de bem imóvel.

- Exoneração das multas por infrações e penalidades no caso de empate das decisões proferidas pelo Carf e pela CSRF.

- Redução para 0,5% (atualmente a alíquota é de 2%) da contribuição dos produtores rurais sobre a receita bruta – FUNRURAL.

Ou seja, são várias as alterações promovidas pelo parecer aprovado na comissão mista do Congresso Nacional. Importante, agora, acompanhar a tramitação do projeto de lei de conversão da MP 766/2017, com a atenção que o tema merece.

Entretanto, nem todos esses benefícios serão aprovados, tal como estão previstos, pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Assim, dado o interesse do Governo na aprovação das reformas previdenciária e trabalhista, é razoável supor que, na barganha típica do jogo político, que o Executivo negocie e admita a concessão de alguns dos benefícios constantes do parecer aprovado.

* Enio De Biasi é diretor da DBC Consultoria Tributária.





Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Franquia já faturou US$ 4 bilhões desde 2007.


Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Famosos

Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Chester Bennington cometeu suicídio em sua casa nos Estados Unidos.


Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Famosos

Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Colunista do Uol, Flávio Ricco, afirma que apresentador não continuará na emissora.



Recuperação da economia brasileira será gradual, diz OMC

Mundo Empresarial

Recuperação da economia brasileira será gradual, diz OMC

Entidade afirma que a economia continua vulnerável a uma intensificação da incerteza política.


Brasil cria 9,8 mil vagas de trabalho em junho

Café Pequeno

Brasil cria 9,8 mil vagas de trabalho em junho

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego o resultado é o 3º positivo seguido.


Telefonia fixa perde mais de 75 mil linhas em maio

Nos últimos 12 meses houve redução de 1,5 milhão de linhas de telefonia fixa, diz Anatel.


Whindersson Nunes lota teatros dos Estados Unidos

Famosos

Whindersson Nunes lota teatros dos Estados Unidos

Youtuber brasileiro fez quatro apresentações na terra do Tio Sam.


Brasil lidera bilheteria de filmes ibero-americanos

Na Tela

Brasil lidera bilheteria de filmes ibero-americanos

Os brasileiros foram os que mais consumiram cinema entre 22 países, em 2016.


Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

Energia para a Vida

Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

O uso consciente dos recursos energéticos deve ser pensado nas diversas ações do dia a dia.


Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Na Tela

Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Primeiro episódio foi visto por 10,1 milhões de espectadores nos Estados Unidos.


Consumidores consideram seguro comprar pela internet

Digital

Consumidores consideram seguro comprar pela internet

Pesquisa da Conversion indicou que 78% dos consumidores, dos 26 estados do Brasil, confiam na segurança para comprar on-line.


Medicina e Política: caminhos cruzados em BH

Noticias Culturais

Medicina e Política: caminhos cruzados em BH

Nesta mostra destaque de três momentos importantes de BH e ainda recorda o perfil dos prefeitos que geriam a cidade na época.


Cervejaria da Espanha abrirá fábrica em Minas Gerais

A primeira fábrica da Estrella Galicia, fora da Espanha, será em Poços de Caldas.


A energia do futuro dá em árvore

Energia para a Vida

A energia do futuro dá em árvore

No Rock in Rio deste ano a tecnologia mineira produz energia solar a partir de geradores ecológicos em formato de árvore.


BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

Educação & Capacitação

BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

O curso é uma parceria entre a Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).


Por que as crianças roem unhas?

Cerca de 20 a 30% das crianças e 45% dos adolescentes têm esse hábito.



Preço e frete grátis são os diferenciais nas compras online

Digital

Preço e frete grátis são os diferenciais nas compras online

Pesquisa do SPC Brasil e CNDL mostra 51% já compraram de marcas ou em sites desconhecidos para economizar.


Menor escolaridade dificulta encontrar emprego formal

Mundo Empresarial

Menor escolaridade dificulta encontrar emprego formal

Dados do Caged: Trabalhador com menor escolaridade tem mais dificuldade para conseguir emprego.


Brasil lidera ranking de mortes de ambientalistas

Em 2015, o Brasil também liderou o ranking de mortes de ambientalistas, diz ONG.


Lei garante prioridade especial para maiores de 80 anos

Famosos

Lei garante prioridade especial para maiores de 80 anos

Maiores de 80 anos terão mais prioridades em relação aos idosos de 60 a 79 anos.


Setor de serviços tem queda de 4,4% em 2017, diz IBGE

Café Pequeno

Setor de serviços tem queda de 4,4% em 2017, diz IBGE

O resultado acumulado dos últimos 12 meses representa queda maior de 4,7%.


95% dos turistas estrangeiros pretendem voltar ao Brasil

Viajando

95% dos turistas estrangeiros pretendem voltar ao Brasil

Pesquisa mostra que avaliação da experiência no Brasil foi positiva para 87,7% dos entrevistados.


Governo anuncia R$ 1,7 bilhão para a saúde

Saúde

Governo anuncia R$ 1,7 bilhão para a saúde

Recursos serão utilizados no custeio da atenção básica e na compra de ambulâncias e vans.


O poder da água aquecida para a saúde

Bem Viver

O poder da água aquecida para a saúde

Não é novidade para ninguém a importância da água para a saúde do homem!


Cidades de Minas são boas opções para férias de julho

Viajando

Cidades de Minas são boas opções para férias de julho

Dicas de destinos para aqueles que estão programando as férias de julho.