Compromisso com a Verdade

"...que tudo seja apurado com rigor necessário.


Autor: Bady Curi Neto

15/03/2017 - 17:46

No dia 12 do corrente mês, publicou-se no Jornal O Debate, no caderno de opiniões, um artigo de minha autoria, intitulado “Daniela Mercury e a ressaca do ultraje do carnaval”.

No referido artigo, opinava da festividade do carnaval, comparando com a maior festa democrática do país, onde todos, independente de credo, raça ou condição social se unem para brincar, sambar, em fim ser ver livre dos estresses do dia a dia, das notícias ruins que assolam o país como a corrupção, violência e etc.

Fiz elogios aos obreiros, que ao contrário da maioria da população, que não puderam gozar do feriado para manter a vida da cidade, sendo exemplificados, bombeiros, profissionais da saúde, transporte público, limpeza urbana, entre outros, com destaque aos policiais que, em dobrado serviço, permitem a segurança das pessoas, artistas e de toda a população, principalmente em uma festividade tão longa e com grande consumo de bebidas alcoólicas.

Ao final, com bases em notícias midiáticas e de várias reportagens, retratei a minha indignação quanto ao “episódio televisionado e viralizado nas redes sociais, em que Daniela Mercury, do alto de seu trio elétrico, ao passar pelo camarote da Polícia Militar, no circuito de Campo Grande/Salvador, decidiu parar de cantar e dirigiu gestos obscenos às autoridades ali presentes, em uma atitude gratuita, de total desrespeito e desacato, passível de sanções cíveis e criminais. O proceder de Daniela Mercury transformou seu carnaval em ressaca do ultraje”. Terminando, deste modo, o artigo de minha autoria.

Publicado o referido artigo, me foi retransmitido um e-mail da redação do Jornal o Debate, contando os seguintes dizeres;

“... Acredito que antes de escrever o texto o autor não tenha apurado que a Secretaria da Segurança Pública da Bahia enviou uma nota de esclarecimento sobre o caso…”


“Segue a nota da Secretaria:

SSP determina apuração de ataques a Daniela Mercury nas redes sociais

Maurício Barbosa reiterou o excelente relacionamento que existe entre as forças de segurança e a artista.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, determinou que se investigue com rigor os ataques sofridos por Daniela Mercury e familiares através das redes sociais, decorrentes do desfile da artista no circuito Osmar (Centro), na terça-feira de Carnaval. O Grupo Especializado de Repressão aos Crimes por Meios Eletrônicos ficará a frente do caso.

"Daniela é uma artista que representa a Bahia no mundo todo e nos orgulha. É inadmissível o que vem acontecendo com ela e seus parentes. Durante o Carnaval, sempre que ela passava pelos nossos postos, ressaltava a importância do trabalho da polícia", declarou Barbosa. Acrescentou que a Polícia Militar está solidária à cantora e que na próxima semana, após viagem de trabalho, encontrará com ela e Malu Mercury.

O comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, e o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, também participarão do encontro. ”

O presente e-mail com escarnecimentos foi enviado por Artur Queiroz, que em conversa telefônica informou ser assessor de imprensa da artista.

Escrevo o presente pelo meu compromisso com a verdade, se as informações anteriormente circuladas não revelavam a realidade dos acontecimentos que motivaram anterior artigo, os esclarecimentos postos dão outra conotação ao caso, que tudo seja apurado com rigor necessário.

* Bady Curi Neto, advogado fundador do Escritório Bady Curi Advocacia Empresarial, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG)




Noruegueses, brasileiros, valores, felicidade

Nós somos melhores do que estamos? Quer dizer: o mal estado da nação nos causa mal-estar?


A lista fechada aos olhos dos eleitores

Todos os brasileiros são conscientes da necessidade da Reforma Política Eleitoral.


Pequenas e médias empresas e a terceirização

Como o mercado PME pode se beneficiar com a nova decisão.


O eleitor não é vaga-lume para aceitar lista fechada

A verdade é que a política nacional está contaminada.


Coaching para profissionais de vendas

Os primeiros processos de compra e venda surgiram logo que os seres humanos começaram a socializar.


O custo da violência no trânsito brasileiro

Um trânsito mais seguro depende de cada um de nós.


A deturpação do conceito de Direitos Humanos

Quando falamos em Direitos Humanos é recorrente a ideia da ampla defesa de presos e criminosos.


Terceirização e desumanização

Sem trabalho, criativo e consciente, o homem não é homem.


Para convencer, é preciso se autoconhecer

Uma das principais características de alguém com ótimo poder de convencimento é o autoconhecimento.


2017/2018: o Biênio da Matemática no Brasil

Os dois maiores eventos mundiais da matemática acontecerão no Brasil e pela primeira vez.



...


...