O patriotismo como símbolo de pertencimento

O voto facultativo e o serviço militar não obrigatório enfraquecem esse laço de pertencimento.


Autor: Daniel Medeiros

20/04/2017 - 10:00

Michael Sandel, professor do curso de Direito em Harvard, discute a importância de o Estado criar obrigações aos cidadãos, de forma a fortalecer os laços de pertencimento com o espaço público, o ambiente no qual todos – ricos e pobres, brancos e negros, nacionais e imigrantes, jovens e velhos, homens e mulheres, aptos ou portadores de deficiências físicas ou mentais – convivem, mais ou menos, intensa ou sazonalmente.

Sandel questiona duas características da legislação americana que, segundo ele, enfraquecem esse laço de pertencimento: o voto facultativo e o serviço militar não obrigatório. Para Sandel, recuperando a ideia aristotélica de “bem", a finalidade da ação virtuosa não é a maior satisfação ou simplesmente fazer o que “é certo”.

É agir para o bem comum, o bem da polis, da comunidade compartilhada. Isto é, a pátria. Daí o jurista e professor norte-americano criticar o esvaziamento das ações nas quais todos os cidadãos conviveriam e partilhariam um propósito comum: a proteção de seus locais de pertencimento.

No Brasil, a discussão em torno das chamadas “obrigações cívicas” ainda são fortemente marcadas pela presença recente do regime militar. Aliás, essa vontade de apagar o passado da presença dos militares no poder levou, logo após o início da redemocratização, ao fim das disciplinas de Educação Moral e Cívica, Organização Social e Política do Brasil e Estudos dos Problemas Brasileiros, além de esvaziar e depois praticamente extinguir o Projeto Rondon, que levava jovens dos grandes centros urbanos para conhecer e conviver com a realidade de outras regiões do país.

Os currículos escolares foram revisados e os chamados “heróis da pátria” remanejados para o limbo, quando não “desconstruídos” pela nova linguagem no poder. Da mesma forma, as manifestações em relação aos símbolos da pátria – bandeira e hino – e suas festividades também caíram em desuso.

Certo ou errado, o resultado é que as novas gerações convivem hoje com um vácuo de referências simbólicas, na medida em que nada ocupou o lugar dos programas e atividades referentes ao congraçamento do espaço público. Recentemente, uma amiga que passou a morar em Londres e matriculou a filha na escola local, contou-me que em uma das primeiras atividades, a professora falou sobre os heróis ingleses e perguntou aos alunos migrantes quais os heróis de seus países.

A menina de 13 anos ficou nervosa, porque não sabia o que responder. “Tiradentes” foi o que lhe ocorreu. Mas sem saber exatamente explicar por que ele foi um “herói”. Discutir essa temática não significa, em absoluto, buscar uma volta ao passado, uma lamentação nostálgica a um período de repressão e autoritarismo que não fez nenhum bem aos cidadãos brasileiros.

Significa buscar recuperar a discussão sobre quem somos como brasileiros, qual o passado comum que podemos compartilhar e chamar de “nosso”, quais as referências que nos permitem trilhar uma narrativa de pátria, de identidade, de compromisso, de defesa de valores que constituem o que chamamos de “direitos de todos”. Essa tarefa está em aberto, para além dos heróis fabricados ou imaginados.

Quem sabe a filha de minha amiga pudesse dizer, diante da pergunta da professora, a lista de educadores, poetas, pesquisadores, líderes comunitários, empreendedores, democratas, trabalhadores que construíram esse país para além de seus próprios interesses, para além de seus próprios privilégios. Eu teria, na ponta da língua, dois nomes, meus heróis: Zilda Arns e Herbert de Souza.

* Daniel Medeiros é Doutor em Educação Histórica pela UFPR e professor do Curso Positivo, em Curitiba.





Dicas de viagem

Descubra uma perfumaria com os aromas de Capri.


 65% dos brasileiros não possuem reserva financeira

Mundo Empresarial

65% dos brasileiros não possuem reserva financeira

Indicador do SPC Brasil e CNDL mostra que quem conseguiu poupar guardaram R$ 502 em março.


Luan Santana prepara lançamento de app para fãs

Famosos

Luan Santana prepara lançamento de app para fãs

Aplicativo gratuito terá conteúdo exclusivo e as novidades do artista.


OIT prevê 1 milhão de novos desempregados na AL

América Latina pode terminar 2017 com 26 milhões de desempregados.



Garota Vip chega pela 1ª vez a BH com grandes shows

Noticias Culturais

Garota Vip chega pela 1ª vez a BH com grandes shows

Evento no Mineirão terá shows de Wesley Safadão, Bell Marques, Gabriel Diniz e Renan & Rafael.


SUS oferecerá antirretroviral como prevenção ao HIV

Saúde

SUS oferecerá antirretroviral como prevenção ao HIV

O Brasil tem atualmente 827 mil pessoas convivendo com HIV/Aids.


Precisamos retomar alguns valores para educar os filhos

Educação & Capacitação

Precisamos retomar alguns valores para educar os filhos

Não é preciso ir longe para assistir exemplos de que a sociedade anda com vários problemas.


Brasileiros completam a maior pintura já feita na Síria

Noticias Culturais

Brasileiros completam a maior pintura já feita na Síria

Artistas brasileiros levam arte e esperança para uma população que tem sofrido muito com a guerra.


Gastos de brasileiros no exterior sobem 23,14% em abril

Viajando

Gastos de brasileiros no exterior sobem 23,14% em abril

Os brasileiros gastaram US$ 1,325 bilhão em viagens para fora do País.


Feirão da Caixa começa sexta e terá 228 mil imóveis

Utilidade Pública

Feirão da Caixa começa sexta e terá 228 mil imóveis

O Feirão será realizado em 14 cidades e vai até 25/06.


BNDES divulga vencedores do Edital de Cinema 2016

Na Tela

BNDES divulga vencedores do Edital de Cinema 2016

BNDES divulga lista de 22 filmes brasileiros selecionados para receber R$ 15 milhões.


Plataformas na internet para exercícios físicos

Digital

Plataformas na internet para exercícios físicos

Com aulas de até 20 minutos e para diferentes perfis os apps são alternativas para quem quer manter o corpo em dia.


Como cortar gastos desnecessários? Veja passo a passo

Você sabia que, em média, 25% dos gastos mensais de toda pessoa ou família são supérfluos e/ou desnecessários?


Porque a reciclagem de lixo eletrônico é um desafio

Ciência & Ambiente

Porque a reciclagem de lixo eletrônico é um desafio

Quais os perigos que existem no descarte inadequado desse tipo de lixo? Por que o descarte não é feito da maneira correta? E, o que se deveria fazer com tanto lixo eletrônico?


A felicidade brota do ato de perdoar e servir

Bem Viver

A felicidade brota do ato de perdoar e servir

Há duas grandes vertentes que podem tornar nossa vida mais feliz – uma jorra no plano material; outra, no plano espiritual.


Cannabis sativa entra em lista de plantas medicinais

Anvisa inclui Cannabis sativa, a maconha, em relação de plantas medicinais.



Conheça os 10 alimentos que mais mancham os dentes

Bem Viver

Conheça os 10 alimentos que mais mancham os dentes

Alimento com pigmentação excessiva e muito ácidos merecem atenção na hora do consumo.


Banco Central reduz projeção da inflação novamente

Mundo Empresarial

Banco Central reduz projeção da inflação novamente

Mercado financeiro reduz estimativa de inflação para 3,92% este ano.


Frutas: tome cuidado!

Passe a língua na superfície dos dentes naturais e perceba a textura lisa que eles possuem.


Alimentos que substituem o pão no café da manhã

Educação & Capacitação

Alimentos que substituem o pão no café da manhã

A primeira refeição é importante pois repõe as energias gastas durante à noite e abastece o corpo para começar o dia.


Antártida está ficando verde

Ciência & Ambiente

Antártida está ficando verde

Cientistas afirmam que aquecimento global é responsável pelo crescimento acelerado de musgos.


Violência faz 70% dos brasileiros mudarem hábitos

Café Pequeno

Violência faz 70% dos brasileiros mudarem hábitos

Para maioria da população, aumento da criminalidade se deve à certeza da impunidade, pesquisa da CNI


Estudantes ficam indecisos sobre o retorno profissional

Educação & Capacitação

Estudantes ficam indecisos sobre o retorno profissional

Estudantes do Ensino Médio se mostram indecisos sobre o retorno do investimento numa graduação.


Missão no Haiti liderada pelo Brasil se aproxima do fim

Café Pequeno

Missão no Haiti liderada pelo Brasil se aproxima do fim

Após 13 anos, Missão no Haiti está marcada para acabar em 15 de outubro.


Humor do Ceará se torna patrimônio imaterial

Noticias Culturais

Humor do Ceará se torna patrimônio imaterial

Lei estadual reconhece humor cearense como patrimônio imaterial.