Três anos para a eternidade

Campanha global já conseguiu retirar mais de US$ 5,2 trilhões de investimentos em energia suja.


Autor: Dom João Mamede Filho

06/10/2017 - 11:00

Considerada por ambientalistas do mundo todo como a “Encíclica Verde”, a Laudato Si tornou-se uma obra lida por cristãos e não cristãos em todos os cantos do mundo. Nela o Papa Francisco convoca a todos a cuidar da nossa “Casa Comum” e de tudo que nela existe.

Em seu chamado, o papa reforça que o planeta é um bem comum a ser preservado e resguardado. Portanto, é nosso dever evitar toda atividade humana que possa degradar, poluir ou apresentar qualquer tipo de ameaça e risco a ele e a quem o habita.

A Laudato Si traz também um forte e insistente apelo para que haja uma guinada rumo a um novo modelo energético e de desenvolvimento, que deixe os combustíveis fósseis no passado. Por serem estas as fontes de energia que mais emitem gases do efeito estufa, elas intensificam as mudanças climáticas, poluem, adoecem e matam.

É importante lembrar que, no princípio da criação, é estabelecida uma relação orgânica entre todos os seres vivos. Tudo o que existe está correlacionado e coexiste de forma sustentável e integral. Mas ao optar por energias sujas como as fósseis, que carregam consigo um rastro de destruição, nos desconectamos do que está ao nosso redor e ignoramos o mal que isso pode causar a nós mesmos e a nossos semelhantes.

Poderíamos nos perguntar, então: “Quando foi que perdemos essa comunhão universal entre todas as formas de vida?” Mas acredito que a pergunta para a qual devemos buscar uma resposta hoje é: “O que podemos fazer?” Ou ainda: “O que devemos fazer para retomar essa comunhão integral ora perdida?”

A Laudato Si já nos aponta uma saída, quando cita, nos números 13 e 14, que as energias renováveis são o caminho para um desenvolvimento sustentável e integral, que mantenha o planeta em equilíbrio, e afirma que todos podemos colaborar, cada um a partir de suas próprias experiências, culturas, iniciativas e capacidades. Os tempos atuais clamam por novas atitudes, novos modos de vida, mais responsáveis, conscientes e igualitários.

Necessitamos de mais diálogo e mais comunhão. Ao ignorar barreiras políticas, territoriais, de cor, de raça ou de credo, as mudanças climáticas unem o mundo pelo sofrimento compartilhado. Para combatê-las, necessitamos manter essa união e transformá-la em uma ação que também seja coletiva, global, comum, e que envolva todos os setores da sociedade em todas as partes do globo.

Há alguns meses, um grupo de respeitados cientistas lançou o alerta de que, caso as emissões de gases-estufa não comecem a cair até 2020, pode ser tarde demais para que a humanidade consiga cumprir as metas climáticas estabelecidas no Acordo de Paris: a de limitar o aumento da temperatura global a pelo menos 2ºC em relação aos níveis pré-industriais.

Isso quer dizer que temos apenas três anos antes que seja tarde demais para salvar o planeta dos piores efeitos do aquecimento global, ainda mais severos do que os que temos vivenciado atualmente. Caso isso não ocorra, variações climáticas imprevisíveis podem causar impactos devastadores, como o aumento dos níveis dos mares, que podem arruinar cultivos pelo mundo inteiro e afetar enormemente as regiões mais populosas do globo, como as áreas costeiras.

Iniciativas que libertem a sociedade da escravidão da cultura do consumo e do lucro a qualquer custo, que têm impactado severamente a nossa Casa Comum, são imprescindíveis. O modelo econômico baseado no uso intensivo de carvão, petróleo e gás, que está no centro do sistema energético mundial, ameaça a sobrevivência do planeta e de suas populações.

Visando mudar isso, no dia 04 de outubro de 2016, Dia de São Francisco de Assis, a Diocese de Umuarama, no Estado do Paraná, se tornou a primeira diocese e a primeira instituição da América Latina a aderir à campanha global pelo desinvestimento em combustíveis fósseis. Foi o maior anúncio conjunto feito pelo segmento religioso até então.

Um ano depois, mais 40 instituições nos cinco continentes, que representam diferentes campos, desde locais sagrados até entidades financeiras da hierarquia da Igreja, se unem ao chamado pelo desinvestimento. Isso mostra a força do movimento, que já conseguiu retirar mais de US$ 5,2 trilhões de investimentos em combustíveis fósseis em todo o mundo.

Através de mobilizações pacíficas e conscientes, temos seguido o caminho do combate às práticas exploratórias que ameaçam a vida e o bem comum. Promovemos uma agenda de baixo carbono que possibilite gerar uma nova consciência para uma nova economia energética baseada em fontes limpas, justas, livres e acessíveis para todos.

Neste 04 de outubro de 2017, rogo ao padroeiro da ecologia e dos ecologistas, e meu patrono, para que interceda por nós, a fim de seguirmos firmes nessa árdua caminhada rumo à eternidade. “Louvado Sejas.”

* Dom João Mamede Filho é bispo da Diocese de Umuarama, membro do Grupo de Trabalho da Igreja e Mineração da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).





Novo smartphone tem tela dupla

As telas dobráveis podem ser usadas simultaneamente.


Como combinar o vermelho

Moda on Line

Como combinar o vermelho

Descubra com quais cores combinar o vermelho para ampliar suas possibilidades e dar um upgrade na sua imagem.


CPFL instala placas solares para clientes com UTIs

Energia para a Vida

CPFL instala placas solares para clientes com UTIs

Empresa investiu R$ 547 mil em projeto que beneficia população de baixa renda.


O boom dos serviços de streaming

Modelo de negócios revolucionou indústria do entretenimento e hábitos dos espectadores mundo afora.



Há limites (espirituais) para a tecnologia

Bem Viver

Há limites (espirituais) para a tecnologia

"Toma consciência, por um só momento, de que a Vida e a inteligência são puramente espirituais."


Supermercados apostam nas vendas online

Digital

Supermercados apostam nas vendas online

No Brasil, o e-commerce de alimentos ainda está restrito a São Paulo e Rio de Janeiro.


Caminhão elétrico da VW e´ desenvolvido no Brasil

Veículo tem autonomia de até 200 quilômetros.


Google pode chegar a valer US$ 1 trilhão

Mundo Empresarial

Google pode chegar a valer US$ 1 trilhão

Nenhuma outra empresa já valeu essa quantia.


Lollapalooza 2018 divulga programação completa

Notas Musicais

Lollapalooza 2018 divulga programação completa

Festival acontecerá entre os dias 23 e 25 de março em São Paulo.


Pilates pode contribuir no combate a osteoporose

Saúde

Pilates pode contribuir no combate a osteoporose

Dia Mundial da Osteoporose chama a atenção para tratamento, prevenção e alerta do problema.


Cai o número de trabalhadores em grandes empresas

Mundo Empresarial

Cai o número de trabalhadores em grandes empresas

De acordo com o IBGE, o número de trabalhadores em empresas de grande porte caiu 29% em um ano.


Desmatamento na Amazônia cai 16% em 12 meses

Ciência & Ambiente

Desmatamento na Amazônia cai 16% em 12 meses

Mesmo assim foram devastados no período, 6.624 quilômetros quadrados de floresta.


Novo site do Museu da Língua Portuguesa entra no ar

Noticias Culturais

Novo site do Museu da Língua Portuguesa entra no ar

Prédio do Museu foi destruído por um incêndio em dezembro de 2015 em São Paulo.


Knorr ensina cardápio de receitas vegetarianas

Outubro é considerado o mês do vegetariano. Que tal usar a ocasião para sair do lugar comum e preparar um cardápio diferente?


Maçaneta higieniza as suas mãos

Tecnologia Máxima

Maçaneta higieniza as suas mãos

Peça é equipada com álcool em gel.


Microsoft integra assistente pessoal ao Skype

Digital

Microsoft integra assistente pessoal ao Skype

Sistema “Cortana” já pode ser acessado nos Estados Unidos.


Robert Plant descarta nova volta do Led Zeppelin

Cantor criticou aqueles que continuam fazendo apresentações baseadas em material antigo.



Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Digital

Microsoft anuncia fim do Windows Phone

Apesar do término do investimento, empresa continuará oferecendo suporte.


Clínica médica popular abre nova unidade em Minas

Saúde

Clínica médica popular abre nova unidade em Minas

Franquia em Patrocínio já está em funcionamento e conta com 20 especialidades de atendimento.


Escola online de negócios investe no Brasil

IEBS traz três novos programas na língua portuguesa.


Setor de serviços cai 1% em agosto, diz IBGE

Mundo Empresarial

Setor de serviços cai 1% em agosto, diz IBGE

O volume do setor também recuou no acumulado do ano (-3,8%) e no acumulado de 12 meses (-4,5%).


Confira os temas para focar nos estudos para o ENEM

Educação & Capacitação

Confira os temas para focar nos estudos para o ENEM

Faltando um mês para as provas, saiba como identificar temas clássicos e se preparar para o exame.


A cada ano, 3 milhões de jovens abandonam a escola

Educação & Capacitação

A cada ano, 3 milhões de jovens abandonam a escola

Um em cada quatro jovens vai abandonar o ensino médio até o final do ano, diz estudo.


Caixa e BB antecipam pagamento do PIS/Pasep

Utilidade Pública

Caixa e BB antecipam pagamento do PIS/Pasep

Correntistas com mais de 70 anos já podem receber o dinheiro dos benefícios.


Inep lança cartilha com dicas para redação do Enem

Educação & Capacitação

Inep lança cartilha com dicas para redação do Enem

Manual traz orientações para escrever a redação do Enem 2017.


 Jota Quest estreia Acústico no Palácio das Artes

Notas Musicais

Jota Quest estreia Acústico no Palácio das Artes

Espetáculo é baseado em recém-lançado DVD que é 1º "desplugado" do grupo.