Cartão único promete facilitar a vida das pessoas.

Com esse item, o usuário não precisa carregar todos os cartões de crédito e débito na carteira.


Da Redação

24/11/2013 - 13:00

Coin é um cartão que promete armazenar em um único item todos os cartões de crédito e débito de uma pessoa.

A novidade, disponível para pré-venda, foi apresentada neste mês em São Francisco, nos Estados Unidos.

Esse novo cartão é fabricado com uma fita magnética que pode mudar dependendo do que cartão se quer usar.

A bateria promete durar até dois anos e alimentar a pequena tela que mostra as informações ao usuário.

O novo produto também oferece segurança. Caso a pessoa esqueça o cartão, por exemplo, o seu celular pode avisá-la, pois o item usa a tecnologia bluetooth de baixo consumo energético para se conectar a um smartphone.

O novo cartão único pode ser encomendado por US$ 55 neste ano, mas a entrega só será feita em 2014. Mais à frente, o cartão poderá quase dobrar de preço, segundo o site do The Huffington Post.




5 erros cometidos ao treinarem seus vendedores

Aprimorar as capacidades é algo fundamental para qualquer profissional, independentemente do seu ramo de atuação.


Pedidos de recuperação judicial é o maior em 10 anos

Foram 1.287 recuperações judiciais requeridas em 2015.


ICMS pode inviabilizar empresas do Simples Nacional

Sobretaxas, mais burocracia e insegurança jurídica


Quais as perguntas mais frequentes em entrevistas de emprego?

Especialista revela algumas respostas que podem fazer com que você seja o escolhido.


Vendas de material construção retraem 8% em janeiro

Desempenho negativo foi sentido principalmente pelas lojas pequenas e médias.


Indústria fecha 2015 com queda acumulada de 8,3%

Os dados foram divulgados na última terça-feira, dia 2, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Prazo para entrega do IR começa em 1º de março

As normas e procedimentos para o preenchimento da declaração estão publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira (2).


Projeção de inflação este ano sobe para 7,26%

No quinto ajuste seguido, a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 7,23% para 7,26%.


Confiança do Comércio cresce 6,4 pontos, diz FGV

O Índice de Confiança do Comércio, cresceu em janeiro deste ano, na comparação com o mês anterior.


Índice do aluguel tem alta de 10,95% em 12 meses

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) avançou neste começo do ano, passando de uma alta de 0,49%, em dezembro, para 1,14%, em janeiro.





Copyright © 2016 Todos os direitos reservados