Indicador de Incerteza da Economia cai 8,5 pontos

Indicador de Incerteza da Economia recua e atinge menor nível desde maio de 2015.


Da Redação

06/03/2017 - 10:20

O Indicador de Incerteza da Economia, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 8,5 pontos entre janeiro e fevereiro, deste ano.

O índice passou de 127,3 para 118,8 pontos, o menor nível desde maio de 2015 (116,8 pontos).

O Indicador de Incerteza da Economia é composto por três componentes: na frequência de notícias com menção à incerteza nas mídias impressa e online; nas dispersões das previsões de especialistas para a taxa de câmbio e para a inflação oficial e na volatilidade do mercado financeiro.

De acordo com a FGV, o resultado parece refletir notícias favoráveis, como a redução da inflação e da taxa de juros, além da promulgação da Emenda à Constituição 95, que limita os gastos públicos.

No entanto, segundo a FGV, é preciso ter cautela com os resultados, uma vez que fatores externos, o andamento da Operação Lava Jato e contratempos durante a tentativa de aprovação de outras medidas podem reverter a tendência de queda do indicador.

Fonte: Agência Brasil




Caixa Econômica tem lucro de R$ 4,1 bilhões em 2016

Banco registrou queda de 43% em relação aos 7,2 bilhões de lucro registrados em 2015.


Confiança do Consumidor atinge maior índice desde 2014

Índice atingiu 85,3 pontos em março.


ABIH promove congresso com foco em planejamento

Congresso Nacional de Hotéis (CONOTEL) acontecerá entre os dias 17 e 19 de maio em São Paulo.


Mecanismo para reduzir a mortalidade de empresas

Ferramenta ajuda donos de negócios a venderem suas empresas de maneira autônoma.


Emissor gratuito de NFe será mantido em 2017

Desde 1º de janeiro de 2017 os emissores passaram a ser atualizados e disponibilizados pela SEFAZ-MA.


A reforma trabalhista e as oportunidades do home office

A combinação de modernização regulatória e tecnológica é a chave para trazer mais produtividade às empresas.


Apesar de Trump, brasileiros investem nos EUA

Empresas brasileiras migram para hub especializado no Estado de Connecticut, nos EUA.


Mais de 850 cidades têm problemas por falta de água

Em 2017, as regiões Nordeste e Centro-Oeste são as mais afetadas do Brasil.


Coreia do Sul retoma a compra de frango do Brasil

Seul volta atrás e cancela veto à importação de carne de frango, mas intensificará fiscalização.


Escândalo da carne se alastra

China, Chile e Coreia do Sul suspendem importações.



...


...