Serasa começa feirão para consumidor quitar dívidas

Agora o devedor poderá recuperar o crédito pela internet. O feirão limpa nome on-line começa a funcionar e valerá em todo o Brasil.


Da Redação

01/10/2012 - 20:35

O serviço funciona assim: o devedor receberá uma carta de negativação com uma senha. Com o código e o próprio CPF, ele entra no site e tem acesso a todas as suas dívidas com companhias que estiverem usando o sistema e suas prpostas de repagamento.

Se aceitar as condições de renegociação, poderá imprimir o boleto pela página e pagar no banco. Se não, deverá procurar a empresa e fazer uma contraproposta -ainda não é possível fazer isso on-line.

Hoje, o devedor recebe, na carta de negativação, em geral, o número de telefone do callcenter da empresa com a qual tem pendências e liga para tentar regularizar o seu pagamento.

Inicialmente, quatro empresas -bancos e lojas de varejo- participam do serviço, mas a ideia é chegar a casa dos milhares de empresas, afirma Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian.

No feirão on-line, as companhias poderão oferecer condições diferenciadas para o pagamento. "Se você deve R$ 1.000, no site, vai receber algumas ofertas de repagamento. Por exemplo 'se você pagar a vista, dou 10% de desconto ou, se pagar em prestação, são dez de R$ 110. Pode ser que nenhuma das situações te atenda ou que alguma delas te atenda", diz.

Num primeiro momento, segundo a Serasa, serão enviadas 200 mil cartas a devedores, mas a expectativa é atender 10 milhões de pessoas até o fim do ano, para que elas possam aproveitar o pagamento do 13º salário para regularizar sua situação.

O espaço na internet terá também todos os canais de relacionamento on-line da empresa credora.

A empresa fará, ainda este ano, quatro feirões no Brasil: em São Paulo, de 17 a 20 de outubro, em Curitiba, de 27 a 30 de outubro, no Rio de Janeiro, de 7 a 10 de novembro e em Belo Horizonte, de 24 a 27 de novembro.

Fonte: UOL

 




wilson

tenho 2 cheques que voltarao e desapareceram,esta proposta vai me ajudar ou nao e meu caso?

CLAUDINEI VERTERIO DE CARVALHO

QUERO QUITAR MINHAS DIVIDAS

AcordoCerto

Dica : Desde janeiro já existe um site sem vinculo que ajuda o consumidor a negociar suas dividas pela internet gratuitamente www.acordocerto.com.br Post sua proposta informe ao seu credor como e quanto você pode pagar ! Negocie! Na AcordoCerto quem faz a proposta e você - Site pioneiro !

Laerdio Pinheiro

Como posso saber meu código de acesso ao SERASA, pois quero quitar minhas dívidas.

josé claudio cesar

quero limpar o meu nome

RITA DE CASSIA BALBINO DOS SANTOS

QUERO LIMPAR MEU MONE

claudinei verterio de carvalho

Quero quitar minhas dividas

fernanda

por favor entrem em contato comigo quero quitar minhas dividas e limpar meu nome

leandro moreira nunes

por favor entrem em contato comigo quero saber qual a melhor proposta para limpar o meu nome

Consumidores acreditam na melhora da economia brasileira

Indicador de expectativa do belo-horizontino cresceu quase 40% em junho frente a março.


Mercado de trabalho para os maiores de 60 anos é possível

Especialista em transição de carreira diz quais são as áreas que mais contratam pessoas na melhor idade.


Valor de passagens para voos domésticos diminui em 2016

Com menor procura, bilhetes para destinos nacionais têm queda no preço, segundo agência de viagens online.


Queda da inflação está em velocidade aquém da almejada

Para 2016, as projeções do BC e do mercado apontam inflação em torno de 6,75%.


Contas externas têm déficit de US$ 2,479 bilhões

Depois de dois meses seguidos de resultado positivo, as contas externas fecharam junho com déficit.


Parceria ajuda o meio ambiente e as pessoas necessitadas

Parceria entre confecção de pijamas e entidade beneficente transforma retalhos em roupas de cama.


Demanda do consumidor por crédito acumula queda de 8,9%

De acordo com Boa Vista SCPC, na variação acumulada em 12 meses houve queda de 5,1%.


Políticas antifumo impactam na cultura do tabaco

Entre 2014 e 2015, o faturamento dos fumicultores registrou queda de 19,6%.


Governo reduz projeção de queda do PIB para 3,1%

A projeção em maio era uma retração de 3,8%.


FMI recomenda que governo brasileiro aumente impostos

Além do ajuste fiscal, o FMI recomenda que o Brasil faça reformas estruturais.