Mostras no Brasil aparecem em ranking internacional

Mostras brasileiras são destaques em ranking de exposições mais visitadas do mundo.


Da Redação

04/04/2017 - 16:00

Duas instituições culturais brasileiras aparecem no ranking de 2016 da revista The Art Newspaper entre as que receberam as exposições de arte mais visitadas do mundo.

Quatro das mostras mais visitadas do ano passado foram exibidas pelas unidade dos Centros Culturais Banco do Brasil (CCBBs). A outra instituição nacional que aparece na lista é o Instituto Tomie Ohtake, de São Paulo.

A mostra O Triunfo da cor. O pós-impressionismo: obras-primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie ficou em primeiro lugar, com uma média diária de 9,7 mil visitantes durante a sua temporada no CCBB Rio de Janeiro, de julho a outubro. Já a exposição ComCiência – Patricia Piccinini ficou na segunda colocação e foi vista por 8.340 pessoas diariamente, também no Rio, de abril a junho de 2016. Na terceira posição, Castelo Rá-Tim-Bum – a exposição, foi visitada por 8.288 pessoas entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, também na capital fluminense.

A outra instituição brasileira que figura no ranking das dez mostras mais visitadas segundo a revista britânica é o Instituto Tomie Ohtake, de São Paulo. No cômputo geral, o espaço cultural paulista ficou em sexto lugar, com a exposição sobre a pintora mexicana Frida Kahlo, com 592.854 visitantes, entre setembro de 2015 e junho de 2016.

As mostras também ocuparam a liderança dos rankings específicos da The Art Newspaper. O Triunfo da Cor liderou a categoria Pós-Impressionistas e Modernos, ficando à frente de mostras sobre Van Gogh e Salvador Dalí, por exemplo, que foram realizadas em Nova York, Tóquio e Chicago. A exposição sobre Frida Kahlo no Tomie Ohtake aparece em quarto lugar na mesma categoria. Já Iberê Camargo ficou em 10º lugar nesse ranking, pela sua temporada no CCBB Brasília.

No ranking das mostras de Arte Contemporânea, a liderança ficou com o CCBB do Rio, pela exposição ComCiência, da australiana Patricia Piccinini. Castelo Rá-Tim-Bum, também no CCBB Rio, aparece em primeiro lugar no ranking das exposições temáticas, deixando para trás mostras exibidas no The Royal Academy of Arts, de Londres, no Whitney Museum e no Guggenheim, ambos de Nova York.

Fonte: Agência Brasil




Dia do Choro celebra 120 anos de Pixinguinha

Dia Nacional do Choro comemora 120 anos de Pixinguinha e 100 anos da canção Carinhoso.


Artista mineiro homenageia comunidade quilombola

Carlos Bracher faz participação especial no projeto “Conhecer para Cuidar”, no ItaúPower Shopping.


Arqueólogos descobrem oito múmias no Egito

No local, havia ainda diversos sarcófagos de madeira coloridos e mais de mil estatuetas funerárias.


Elizabeth Savala apresenta monólogo em BH

Atriz faz duas apresentações da a comédia A.M.A.D.A.S no Teatro SesiMinas, nos dias 13 e 14 de maio.


Cia de Circo de Domingos Montagner ganha mostra

Exposição mostra trajetória da companhia circense LaMínima criada por Domingos Montagner.


Inscrições: Festival de Música das rádios MEC e Nacional

Festival de Música 2017 vai homenagear o músico e compositor Tom Jobim, que completaria 90 anos.


Harry Potter ganha nove prêmios no Olivier Awards

Adaptação teatral concorreu em 11 categorias e se tornou a produção mais premiada na história.


BH recebe exposição da Barbie com 160 bonecas

A boneca que encanta gerações de fãs chega à Ri Happy da Savassi em uma exposição emocionante.


Cultura é responsável por 4% do PIB brasileiro

Atlas Econômico da Cultura Brasileira estima que setor representa 4% do PIB anual do país.


Orquestra da UE retira sede do Reino Unido

"Não faz sentido ficar fora da União Europeia", diz diretor da instituição.