Entenda a diferença entre vírus e bactérias

Ambos causam doenças, às vezes fatais, mas biologicamente são completamente diferentes.


Deutsche Welle

06/03/2017 - 10:59

Os dois são invisíveis a olho nu, se multiplicam rapidamente em um curto período de tempo e podem causar doenças. Mas essas são as poucas características que bactérias e vírus têm em comum.

Bactérias são organismos compostos por uma única célula, que possui tudo que elas precisam para viver: genoma e estruturas celulares que produzem proteínas, abastecendo-as com energia. Esses organismos possuem um metabolismo próprio e se multiplicam ao se dividir. As bactérias nem sempre são prejudiciais: algumas são vitais para a saúde humana, como as que compõem a flora intestinal e auxiliam na digestão.

Tuberculose, cólera, tétano e difteria são algumas das doenças causadas por bactérias.

Vírus, por outro lado, não são células, mas partículas infecciosas. Para muitos cientistas, os vírus nem são considerados seres vivos. Eles podem se multiplicar somente com ajuda externa. Ao infiltrar seu material genético em células de outros seres vivos, eles as reprogramam para que elas produzam vírus até arrebentar, liberando assim essas partículas infecciosas.

Cada vírus possui uma célula hospedeira específica. Alguns atacam somente plantas, outros animais e humanos. Há também vírus que atacam apenas bactérias e fungos.

Aids, hepatite, gripe, dengue, catapora e sarampo são algumas das doenças causadas por vírus.

Os vírus infecciosos são bem menores do que bactérias. Enquanto elas possuem na sua maioria um tamanho de 0,001 milímetro, os vírus chegam a no máximo um centésimo dessa medida.

Medicamento e vacinas

Antibióticos agem somente contra bactérias. Como vírus não vivem, não é possível matá-los. Contra eles há somente antivirais, que inibem a multiplicação dessas partículas, por exemplo, ao impedir que eles alcancem as células hospedeiras.

Mesmo assim, os médicos costumam prescrever antibióticos também para infecções virais, já que os vírus enfraquecem o sistema imunológico, possibilitando o ataque de bactérias. O antibiótico é prescrito para evitar esse ataque.

Tanto para bactérias como para vírus, é possível desenvolver vacinas. 




Workshop tira dúvidas sobre autismo

O Instituto Neuro Saber vai promover uma semana de aulas gratuitas e online com o neuropediatra Clay Brites.


9 mitos e verdades sobre alergia

Especialista lista dúvidas frequentes sobre crises alérgicas e alergias em geral.


Campanha faz alerta sobre a tuberculose

Incidência da doença teve redução de 14,1% nos últimos dez anos.


Anvisa proíbe fabricação e venda de energético

Anvisa determinou que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado.


Plataforma indica o melhor psicólogo para cada paciente

Startup desenvolve ferramenta que facilita o acesso dos brasileiros a sessões de terapia.


Na Índia, doces para os meninos e lágrimas para as meninas

A preferência dos pais por herdeiros homens provoca milhões de abortos e punição às mães.


Leitos psiquiátricos no SUS diminuem 40% em 11 anos

SUS fechou 85 hospitais e quase 16 mil leitos psiquiátricos desde 2015, diz CFM.


Casos de chikungunya disparam em Minas

Somente em 2017, foram notificados 2.296 casos pela Secretaria de Saúde de Minas.


Os sabotadores da dieta. Como vencê-los?

Muitas pessoas preferem culpar fatores externos pelo fracasso do próprio emagrecimento.


Bahia recebe 307 mil testes para diagnóstico de Zika

Ministério da Saúde distribuirá os testes rápidos em toda a rede pública do país por meio do SUS.



...


...