Mulheres sofrem mais com dor de cabeça e enxaqueca

Calcula-se que mais de 90% da população do Brasil teve ou terá cefaléia em algum dia de seu vida Os dois tipos de dor de cabeça mais comuns são a enxaqueca e a cefaléia do tipo tensional.


Da Redação

22/09/2005 - 22:10

A enxaqueca é o tipo mais grave, pois a dor é mais forte e vem acompanhada de: náusea, vômitos, aumento da sensibilidade à luz e aos sons, o que em geral obriga o paciente a permanecer em repouso interrompendo as atividades naquele dia.
As mulheres têm mais enxaqueca do que os homens. Nelas as crises são mais freqüentes e mais duradouras, principalmente, no período menstrual. Para cada homem com enxaqueca teremos três mulheres com a moléstia. Isso ocorre por que os hormônios ovarianos femininos são potentes desencadeadores de enxaqueca.

A relação enxaqueca-hormônios foi um tema de destaque no XIX Congresso da Sociedade Brasileira de cefaléia que aconteceu em Fortaleza, de 15 a 17 de setembro. Foram apresentadas palestras abordando enxaqueca nas crianças, nas adolescentes, nas mulheres (incluindo no ciclo menstrual, na gravidez, na amamentação e relação entre enxaqueca e anticoncepcionais). Outras palestras abordaram a enxaqueca na menopausa e durante a terapia de reposição hormonal.

Da menarca (primeira menstruação) a pós-menopausa, a mulher passa por ciclos nos quais os hormônios femininos aumentam e diminuem no organismo. Essas oscilações fazem com que a enxaqueca se manifeste com mais intensidade e freqüência nessas fases (na puberdade, na menstruação, no climatério, na ovulação, por ex). Outras fases, nas quais, os hormônios são mais estáveis a enxaqueca se aquieta e deixa de incomodar tanto (na gravidez, na pós-menopausa por ex).

A Sociedade Brasileira de Cefaléia promove uma campanha de prevenção da Enxaqueca, com informações fáceis e úteis pelo site.  

Onde fica Fortaleza (CE)?




Programa Mais Médicos oferta 2.394 vagas a brasileiros

Saúde quer ampliar participação de profissionais formados no Brasil. Inscrições vão até 26 de abril.


Escolas públicas terão vacinação e ações ante obesidade

Ministério da Saúde vai destinar R$ 89 milhões e repassará recursos em parcela única.


Fiocruz cria aplicativo para pesquisar doenças

Com o aplicativo, os especialistas recebem os dados regionais diretamente das populações.


"É mito dizer que comer saudável é caro"

Um em cada cinco brasileiros está obeso, ainda que o consumo de açúcar tenha caído pela metade.


Dúvidas e indicações para o implante dentário

Há dois principais tipos de implantes que devem ser realizados de acordo com cada caso.


Saúde aprova venda e aplicação de vacinas em farmácias

Medida foi autorizada após surto de febre amarela e dengue no país.


Anvisa prepara projeto para 'rastrear' medicamentos

Anvisa firma convênio com a USP para projeto-piloto de rastreabilidade de medicamentos.


A população está preparada para envelhecer?

Deficiência auditiva atinge um terço das pessoas acima de 65 anos e metade de quem tem mais 75 anos


Inicia a mobilização nacional de vacinação contra gripe

A vacina permite a proteção contra os vírus A(H1N1), H3N2 e influenza B.


Dez dicas para incluir a água no seu dia a dia

Dicas importantes para ajudar aqueles que não sentem vontade de tomar água.