Projeto da Unicef vai oferecer teste de DST para jovens

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lança neste sábado (14) o projeto Fique Sabendo Jovem, em Fortaleza.


Da Redação

11/12/2013 - 10:30

Trata-se de uma iniciativa pioneira no mundo, voltada para jovens de 15 a 24 anos. Em uma unidade móvel, profissionais de saúde farão testes rápidos para detectar doenças sexualmente transmissíveis (DST), como HIV e sífilis.

A Unicef vai documentar a experiência para que o projeto seja ampliado para todo o Brasil e outros países.

O Ministério da Saúde já promove no Brasil a campanha "Fique Sabendo", voltada para a população como um todo. Esse evento faz parte da Mobilização Nacional de Prevenção e Testagem para Sífilis, HIV e hepatites B e C.

Os profissionais do Fique Sabendo Jovem também estarão à disposição para conversar sobre questões sexuais. O foco principal será a população de risco ampliado, da qual fazem parte pessoas que têm relações sexual com outras do mesmo sexo e aquelas exploradas sexualmente. Serão contemplados também os jovens que cumprem medidas socioeducativas. O projeto prevê também ações nas escolas.

O anúncio foi feito nesta terça-feira(10) no Fórum Mundial de Direitos Humanos, que ocorre em Brasília até sexta-feira (13).

Fonte: Agência Brasil

Onde fica Fortaleza (CE)?




Brasil é campeão em casos de depressão

País também lidera ranking mundial de casos de transtorno de ansiedade. Mulheres são mais afetadas.


Depressão afeta mais de 300 milhões de pessoas no mundo

Dados da OMS mostra que o número de pessoas que vivem com depressão está aumentando.


Campanha esclarece dúvidas sobre planos de saúde

Campanha traz informações sobre direitos de beneficiários de planos de saúde e o papel do órgão regulador.


Minas Gerais confirma 83 mortes por febre amarela

Outras 173 mortes ainda estão sendo investigadas pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais.


SUS fornecerá remédio oral contra artrite reumatoide

Em 180 dias o Xeljanz deve estar disponível na rede pública de farmácias.


Febre amarela: cinco cidades em situação de emergência

Governo federal reconheceu situação de emergência em cinco cidades devido ao surto de febre amarela.


Governo federal distribuirá repelentes para gestantes

A partir de março, gestantes beneficiárias do Bolsa Família terão direito a receber o produto.


Comer em excesso também é considerado dependência

Chocolate, hambúrguer, pizza, queijo e sorvete são alguns dos alimentos altamente “viciantes”.


Teste-piloto para vírus Zika será feito em Pernambuco

A previsão é de que um dos sistemas seja implantado na rede pública de saúde no segundo semestre.


Estudo busca fatores genéticos e ambientais do câncer

Pesquisa vai mapear influência genética e ambiental na ocorrência de câncer.



...


...