Carros elétricos são realmente ecológicos?

As opções elétricas disponíveis hoje no mercado não são uma solução perfeita e também geram sua carga de poluição.


Deutsche Welle

09/08/2017 - 07:56

Os carros elétricos não emitem gases causadores do efeito estufa, nem gases tóxicos de nitrogênio. São mais silenciosos e, em muitos aspectos, parecem ser melhores que automóveis movidos a diesel ou gasolina. Por isso, os governos de muitos países estão incentivando seus cidadãos a adquiri-los: eles ajudam a cumprir as metas nacionais de redução de gases-estufa e reduzem a poluição nas cidades.

A Alemanha, por exemplo, se comprometeu a reduzir suas emissões em 40% até 2020 em relação ao nível de 1994. O objetivo é ter, até lá, um milhão de carros elétricos circulando nas ruas do país - uma meta de difícil realização.

Mas os carros elétricos não são uma solução perfeita.

De onde vem a eletricidade?

Se forem movidos com eletricidade gerada pela queima de combustíveis fósseis, os carros elétricos trarão pouco alívio à questão climática.

Na fabricação, os veículos elétricos precisam, além disso, de mais energia que carros convencionais, em parte devido às suas complexas baterias. O descarte desses acumuladores, por sua vez, também polui o meio ambiente.

Segundo um estudo realizado em 2011 pelo Instituto de Energia e Pesquisa Ambiental (Ifeu) de Heidelberg, a pegada de carbono de um carro movido a bateria é semelhante à de um automóvel com motor de combustão interna, independente do tamanho.

Embora os carros elétricos não causem emissões nas estradas, existe produção de dióxido de carbono – por usinas responsáveis pela eletricidade que alimenta esses automóveis. Na Alemanha, mais da metade dessa energia provém do carvão e do gás natural.

O motorista que faz a recarga de seu carro numa tomada alemã teria que rodar 100 mil quilômetros para "ressarcir" essa dívida ambiental, ou seja, emitir no total menos CO2 do que um veículo a gasolina. Se o automóvel é recarregado somente com energia sustentável, essa cifra diminui para 30 mil quilômetros.
Smart III-Batterie für Elektroautos (picture-alliance/dpa/A. Burgi)

Baterias como fator poluente

Segundo estudo do Instituto Fraunhofer de Físicas das Construções, a fabricação de um carro elétrico demanda uma quantidade duas vezes maior de energia do que um veículo convencional.

A razão principal está na bateria: os pesquisadores estimam que, para cada quilowatt-hora (kWh) de capacidade de bateria, são emitidos 125 kg de dióxido de carbono. Assim, para uma bateria de 22 kWh de um BMW i3, isso corresponderia a quase três toneladas de CO2.

Para a fabricação de um carro elétrico, são necessários metais como cobre, cobalto e o raro neodímio. Muitas dessas matérias-primas provêm de países como China e República Democrática do Congo.

A prospecção de tais materiais é acompanhada de violações dos direitos humanos e destruição ambiental, além de desmatamento e poluição do solo e rios. Além disso, muitas montadoras usam alumínio para a carroceira de seus carros elétricos – a produção desse metal leve a partir de minério de bauxita necessita quantidades enormes de energia.

Yoann Le Petit, especialista em mobilidade elétrica na organização Transport & Environment em Bruxelas, afirma que, embora a fabricação de carros elétricos demande mais energia do que carros com motores convencionais, quando estiverem em uso, os atuais modelos elétricos são muito mais limpos e energeticamente eficientes.

"E vão ficar cada vez melhor quanto mais fontes renováveis de energia forem utilizadas para a produção de eletricidade", ressalta.

Mais tráfego nas ruas

O Instituto de Meio Ambiente e Prognóstico (UPI) da Alemanha advertiu de que mais veículos elétricos também pode provocar um aumento de tráfego, como na Noruega.

O país é líder na venda de carros elétricos. De acordo com o UPI, desde que aumentaram as vendas de veículos movidos a bateria, o número de pessoas que usam o transporte público para ir ao trabalho diminuiu em 80%.

O Greenpeace também advertiu que a mobilidade elétrica trará poucos benefícios se ela resultar num aumento de proprietários de carros. Assim, os Estados deveriam se concentrar mais em eletrificar o transporte público. Em vez disso, o governo alemão e a indústria automotiva incentivam as pessoas a adquirirem um carro próprio – a compra um carro elétrico é subsidiada, por exemplo, com um bônus de 4 mil euros.

"Greenwashing" elétrico?

Já que os carros elétricos emitem indiretamente gases tóxicos, surge a questão se eles podem ser classificados como "veículos livres de emissões". Essa discussão tem consequências abrangentes. As montadoras devem respeitar somente em média os novos limites de emissão de CO2 da União Europeia (UE). Ao produzir "veículos livres de emissões", elas podem continuar a fabricar SUVs que excedem os valores-limite.

Estudos do Instituto de Pesquisa de Mobilidade, Logística e Engenharia Automotiva da Universidade Livre de Berlim mostram que ao longo de sua vida útil um carro elétrico, cuja energia para recarga é obtida a partir de combustíveis fósseis, emite mais gases tóxicos que um automóvel a diesel, mas menos que um veículo a gasolina.

No entanto, carros elétricos impulsionados com energia proveniente de fontes renováveis emitem ao longo da vida útil seis vezes menos CO2 que um carro a gasolina, constatou o instituto berlinense.

Para que a mudança para a eletromobilidade seja a mais eficiente possível, os países precisam, ao mesmo tempo, mudar seu mix energético. Em 2016, as energias renováveis perfizeram 34% do mix na Alemanha – a meta é chegar a até 60% em 2035.

O que fazer com a bateria?

As complexas baterias de carros elétricos contêm produtos químicos tóxicos. O que fazer com elas antes de enviar os carros para o ferro-velho? Os especialistas esperam que, em breve, elas possam ser reaproveitadas.

"Uma bateria pode ser eficientemente utilizada também para outros fins", explica Jim Holder, editor-chefe de What Car, revista britânica especializada em automóveis.

Em diversas universidades, cientistas trabalham no reaproveitamento de baterias de carros elétricos, por exemplo, para fins industriais. Quanto mais tempo ela puder ser usada após o fim da vida útil do automóvel, mais ecológico é o veículo.

Os pesquisadores também estão tentando fazer com que as baterias de carros elétricos se tornem mais eficientes ou que possam ser usadas para o armazenamento de energia. Quando, por exemplo, sopra menos vento ou não há Sol, um carro conectado à rede de eletricidade poderia fornecer energia à rede.




Paulo Dias

Excelente.

Escola online de negócios investe no Brasil

IEBS traz três novos programas na língua portuguesa.


Setor de serviços cai 1% em agosto, diz IBGE

Mundo Empresarial

Setor de serviços cai 1% em agosto, diz IBGE

O volume do setor também recuou no acumulado do ano (-3,8%) e no acumulado de 12 meses (-4,5%).


Confira os temas para focar nos estudos para o ENEM

Educação & Capacitação

Confira os temas para focar nos estudos para o ENEM

Faltando um mês para as provas, saiba como identificar temas clássicos e se preparar para o exame.


Um terço dos estagiários paga pela própria faculdade

Pesquisa mostra que remuneração não é o fator mais importante para o jovem que busca esse tipo de vaga.



Seis elementos que provocam uma crise de asma

Saúde

Seis elementos que provocam uma crise de asma

Muitos pacientes e cuidadores se sentem inseguros em relação aos sintomas e ao tratamento da doença


Musical Elvis Tribute, The Kings is Back chega a BH

Notas Musicais

Musical Elvis Tribute, The Kings is Back chega a BH

Show em Belo Horizonte será no dia 18 de outubro no Teatro Bradesco.


Pesquisa indica que 67% das rodovias têm boas condições

Pesquisa feita pelo DNIT analisou 52 mil quilômetros da malha viária federal.


Filme sobre césio-137 é premiado na Alemanha

Na Tela

Filme sobre césio-137 é premiado na Alemanha

Festival premia curta sobre maior acidente radiológico do mundo, registrado em Goiânia, há 30 anos.


ESPM abre curso para quem quer se candidatar para eleição

Briefing

ESPM abre curso para quem quer se candidatar para eleição

Aulas a distância ensinam técnicas e conceitos para futuros políticos.


Papa canoniza mártires de Cunhaú e Uruaçu

Café Pequeno

Papa canoniza mártires de Cunhaú e Uruaçu

Processo de canonização dos 30 mártires brasileiros durou 15 anos.


 Bancos apostam em dispositivos para substituírem cartão

Digital

Bancos apostam em dispositivos para substituírem cartão

Compras poderão ser pagas através de adesivos e pulseiras.


Boeing compra empresa de pilotagem autônoma

Transporte Hoje

Boeing compra empresa de pilotagem autônoma

Empresa pretende fabricar aviões sem pilotos.


Leberkäse, o queijo que não é queijo

Alimentos e Bebidas

Leberkäse, o queijo que não é queijo

Bolo de carne é servido em fatias, dentro do pão ou como refeição, coroado com um ovo frito.


Os impostos nos presentes do Dia das Crianças

Brinquedos como videogames têm somatória de impostos que chegam a quase 100%.


 Transportadora testa energia solar em carreta

Energia para a Vida

Transportadora testa energia solar em carreta

Tecnologia fotovoltaica transfere energia para compartimentos eletrônicos.


 Brasileiros apostam na alimentação caseira

Alimentos e Bebidas

Brasileiros apostam na alimentação caseira

Preparo da marmita representa economia e alimentação saudável.


Horário de verão 2017 começou neste domingo

Desta vez, o horário de verão vai de 15 de outubro a 17 de fevereiro de 2018.



Biblioteca Pública de BH abre edital para galerias

Noticias Culturais

Biblioteca Pública de BH abre edital para galerias

Voltado a artistas de todo o país, iniciativa contempla seis propostas direcionadas às artes visuais


Expedição mapeia reservas naturais em Minas

Ciência & Ambiente

Expedição mapeia reservas naturais em Minas

Caminhos dos Gerais visa avaliar o impacto das unidades de conservação ambiental no Território Norte


A nudez através da arte

Um dos motivos mais antigos e explorados por artistas – o corpo humano nu – ainda causa controvérsia. Tema serviu muitas vezes para quebrar tabus, em diferentes épocas.


Microsoft afirma que não haverá diferença entre online e off-line

Na Tela

Microsoft afirma que não haverá diferença entre online e off-line

Com a evolução acelerada das tecnologias, em breve, o mundo virtual e o real se convergirão.


App encontra cuidador para o seu pet quando for viajar

Entre Patas

App encontra cuidador para o seu pet quando for viajar

Plataforma reúne anfitriões que hospedam animais de estimação em todo o Brasil.


Brasil precisa reduzir desigualdades na educação

Educação & Capacitação

Brasil precisa reduzir desigualdades na educação

As desigualdades regionais aparecem muito fortemente em todos os indicadores de relatório.


36% dos brasileiros com mais de 50 anos ainda trabalham

Café Pequeno

36% dos brasileiros com mais de 50 anos ainda trabalham

Pesquisa revela que 51% das pessoas com mais 50 anos dependem da renda do trabalho.


Safra de grãos deverá ser menor em 2017/2018

Café Pequeno

Safra de grãos deverá ser menor em 2017/2018

A safra de grãos fechar o período com redução de 4,3% a 6%.


Tempo Festival faz ocupação inédita no Theatro Municipal

Noticias Culturais

Tempo Festival faz ocupação inédita no Theatro Municipal

A partir de 13 de outubro, diversos espaços do Theatro no Rio recebem uma programação teatral.