Os carros elétricos estão conquistando a Noruega

Com mais de 100 mil unidades, os noruegueses têm a maior taxa "per capita" de automóveis elétricos.


Deutsche Welle

17/03/2017 - 11:50

Em 2007 estavam registrados na Noruega meros 321 veículos movidos a eletricidade. No fim de 2016, havia mais de 100 mil deles nas estradas dessa nação escandinava de 5,2 milhões de habitantes. Nenhum outro país chega sequer perto dessa proporção de carros elétricos per capita.

"Acho que, dez anos atrás, a situação de hoje seria considerada ficção científica", comenta Erik Figenbaum, um dos engenheiros-chefes de pesquisa do Instituto de Economia do Transporte em Oslo. "Quando falamos com pesquisadores e políticos de outros países, eles não conseguem acreditar no que está acontecendo na Noruega. Tem havido um tremendo desenvolvimento."

Do ponto de vista dos proprietários, o sucesso se deve a dois fatores: automóveis elétricos são baratos e convenientes. "Você paga impostos muito mais baixos, por isso é mais em conta do que um carro a diesel ou gasolina. E se pode ir pela faixa dos ônibus até a cidade, então é bem rápido para chegar ao trabalho", comenta Inger Sethov, enquanto limpa a neve de seu Volkswagen e-UP!, já se preparando para passar ao largo das longas filas de engarrafamento no caminho do trabalho, em Oslo.

Graças a um incentivo do governo, ela não pagou o Imposto sobre o Valor Agregado (IVA) para seu veículo, o que já abateu respeitáveis 25% do preço de compra. Além disso, pode estacionar e abastecer de graça no centro, tem uso livre das barcas e acesso às faixas de ônibus. "Não há como ficar na dúvida", resume.

Mais do que uma fantasia verde

O mercado de carros elétricos da Noruega dobrou a cada ano desde 2011. Hoje quase 40% dos automóveis vendidos são movidos a eletricidade, e a marca dos 50% já está à vista.

Mais de 2 milhões de veículos a combustível fóssil ainda circulam pelo país, porém, inspirados pelo sucesso que os cortes de impostos proporcionaram aos elétricos, certos políticos querem banir a gasolina e o diesel até 2025.

"Deveríamos tornar mais caro dirigir um carro a gasolina, dando mais incentivo para as pessoas mudarem", sugere o deputado verde Eivind Trædal, membro do conselho municipal da capital. "Acho que o mais importante é termos uma abordagem equilibrada, usando tanto o açúcar quanto o chicote."

Não se trata apenas de uma fantasia otimista do Partido Verde: há tempos é grande o consenso político no sentido de eletrificar toda a frota automobilística norueguesa. Além disso, conta-se com maioria parlamentar para taxar ainda mais os veículos a combustível, segundo o princípio "quem polui, paga".

"Podemos impor impostos ainda mais altos sobre os carros a gasolina e diesel, se quisermos. Por isso, acho que seja potencialmente possível no futuro fazer a transição para um setor de veículos de passageiros quase inteiramente elétrico", estima Figenbaum. No entanto ele duvida que o prazo até 2025 seja viável. "Acho que é um pouco de exagero, pois ainda há áreas remotas na Noruega, ainda tem gente que dirige distâncias longas."

"Laboratório" para uma mudança global?

O crescimento dos automóveis elétricos na Noruega tem superado todas as expectativas. Políticos e fabricantes de carros estrangeiros visitam o país para ver de perto como funciona um mercado de massa de carros elétricos.

"Presidentes de montadoras vieram à Noruega para entender o que acontece quando se tem uma adaptação em massa a veículos elétricos", relata Marius Holm, diretor da fundação ambiental Zero Emission Resource Organisation, especializada em questões de emissão de carbono.

"Eles vêm para estudar a infraestrutura, redes de carregamento, como tudo funciona. No começo nós éramos um mercado inicial que criou volume. Agora, nosso papel é ser o "laboratório" onde se vê como as coisas funcionam."

Indústria petrolífera é maior obstáculo ambiental


Contudo nem mesmo uma conversão para 100% de carros elétricos bastaria para a Noruega cortar suas emissões até o nível a que se comprometeu na cúpula do clima de Paris. Como um dos maiores produtores e exportadores de petróleo e gás natural do mundo, ela depende do comércio de emissões e de ajuda contra o desmatamento para cumprir seus compromissos ambientais.

"A Noruega é um dos dois países da Europa onde as emissões de gases do efeito estufa ainda estão crescendo", lembra Nina Jensen, diretora do escritório local da ONG ambientalista WWF. "Há pouca vontade política para conversar sobre nosso maior emissor, que é o setor petrolífero. As emissões de petróleo e gás aumentaram 80% desde 1990." É aí que os noruegueses devem agir, se quiserem fazer algo contra as mudanças climáticas, conclui.

Por enquanto, o segundo carro da família de Inger Sethov ainda é movido a combustível fóssil, mas com a nova geração de carros elétricos maiores e de maior alcance prestes a chegar ao mercado, ela está pronta a se converter para a eletricidade total. "Da próxima vez que comprarmos um carro grande, o que provavelmente não vai demorar, ele também vai ser elétrico. Dentro de um ano ou dois, vamos ter dois automóveis elétricos." 





Grande BH se transforma em polo de cerveja artesanal

Governo de Minas incentiva microcervejarias da região com APL.


Cooperativismo mineiro movimenta R$ 43,3 bilhões

Mundo Empresarial

Cooperativismo mineiro movimenta R$ 43,3 bilhões

Na contramão da crise, o cooperativismo mineiro cresceu 13,3% em 2016.


ABL comemora 120 anos e entrega prêmio nobre

Noticias Culturais

ABL comemora 120 anos e entrega prêmio nobre

Prêmio Machado de Assis foi concedido ao historiador baiano João José Reis.


Theatro Municipal do Rio retoma cantata Carmina Burana

Obra do compositor alemão Carl Orff foi apresentada pela primeira vez na Ópera de Frankfurt em 1937.



Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Na Tela

Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Franquia já faturou US$ 4 bilhões desde 2007.


Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Famosos

Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Chester Bennington cometeu suicídio em sua casa nos Estados Unidos.


Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Colunista do Uol, Flávio Ricco, afirma que apresentador não continuará na emissora.


Google lança ferramenta para busca de empregos

Empregos

Google lança ferramenta para busca de empregos

A tecnologia pretende ajudar pequenas e médias empresas a rastrear bons candidatos para suas vagas de empregos.


O quanto somos dependentes da energia?

Energia para a Vida

O quanto somos dependentes da energia?

Entenda como o mundo em que vivemos é completamente dependente de uma fonte de energia para que possa funcionar.


Bem Viver

"Mulher-Maravilha quebra estereótipos e me faz pensar"

O filme me trouxe à mente a frase: “...a mulher avança para lutar com Golias”.


Os sinais de alerta para os acumuladores

Bem Viver

Os sinais de alerta para os acumuladores

São pessoas que têm um nível moderado de distúrbio, sendo adeptos de colecionar quinquilharias.


Os cuidados indispensáveis para fazer a higiene do rosto

Beleza Pura

Os cuidados indispensáveis para fazer a higiene do rosto

Já parou para pensar na diferença que a limpeza correta faz na saúde da sua pele?


Inverno exige um cuidado especial com o bem-estar

Chegada de nova frente fria retoma alerta sobre a importância da prevenção de doenças respiratórias


Recuperação da economia brasileira será gradual

Mundo Empresarial

Recuperação da economia brasileira será gradual

Entidade afirma que a economia continua vulnerável a uma intensificação da incerteza política.


Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Utilidade Pública

Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Caixa espera a adesão de 5,5 mil funcionários em todo o País.


MG confirma mais quatro mortes por febre chikungunya

De acordo com a SES-MG, cinco pessoas morreram pela doença em 2017.



Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

Energia para a Vida

Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

O uso consciente dos recursos energéticos deve ser pensado nas diversas ações do dia a dia.


Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Na Tela

Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Primeiro episódio foi visto por 10,1 milhões de espectadores nos Estados Unidos.


Consumidores consideram seguro comprar pela internet

Pesquisa da Conversion indicou que 78% dos consumidores, dos 26 estados do Brasil, confiam na segurança para comprar on-line.


A energia do futuro dá em árvore

Empregos

A energia do futuro dá em árvore

No Rock in Rio deste ano a tecnologia mineira produz energia solar a partir de geradores ecológicos em formato de árvore.


BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

Educação & Capacitação

BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

O curso é uma parceria entre a Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts.


Na Tela

"Sem Destino", símbolo para uma geração americana

Com direção de Dennis Hopper e música dos principais grupos de rock da época, a película se transformou num sucesso mundial.


As vantagens de fazer intercâmbio no Canadá

Educação & Capacitação

As vantagens de fazer intercâmbio no Canadá

Um país multicultural, receptivo, com economia forte e ótima qualidade de vida.


Problema de enxaqueca pode estar na boca

Bem Viver

Problema de enxaqueca pode estar na boca

Ortodontista comenta a pesquisa e explica como as bactérias orais podem causar enxaqueca.


Por que as crianças roem unhas?

Saúde

Por que as crianças roem unhas?

Cerca de 20 a 30% das crianças e 45% dos adolescentes têm esse hábito.