Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Desenvolvimento sustentável do agronegócio brasileiro

Desenvolvimento sustentável do agronegócio brasileiro

04/06/2012 Neri dos Santos

O perfil do desenvolvimento econômico e social do Brasil tem se modificado nos últimos anos.

O entendimento das relações entre crescimento industrial e desenvolvimento econômico e social vem se alterando de forma significativa nas últimas décadas.

Os imperativos ambientais e de combate à desigualdade social estão modificando essa percepção. Importantes eventos ocorridos nos últimos anos – como o esgotamento da fronteira agrícola em diversas regiões do mundo, a concentração crescente da população mundial no meio urbano, as preocupações de natureza ambiental, a busca por fontes alternativas de energia e, sobretudo, o aumento da capacidade competitiva do Brasil neste setor – colocaram as atividades do agronegócio em posição estratégica na definição dos rumos da economia brasileira e nos sucessivos superávits na balança comercial de seu comércio internacional.

De acordo com levantamento realizado pela Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE), o cenário sobre a produção de alimentos projeta a necessidade de crescimento em 20% até 2020 para atender à crescente demanda mundial. Nesse contexto, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) prevê que a União Europeia contribua com um aumento de 4% em sua produtividade, a Austrália com 7%, os EUA e Canadá com 15%, a Rússia e China com 26% e o Brasil com 40%. Considerando os principais países produtores de alimentos e matérias-primas agrícolas, o Brasil foi aquele em que foram observados os maiores ganhos de produtividade no setor agropecuário entre 1960 e 2011.

Nesse período, a produtividade elevou-se a uma taxa de mais de 2% ao ano, marca superior à verificada em países como a China (1,8%), a Índia e a Argentina (1,5%), os Estados Unidos e o Canadá (0,8%). Em anos recentes, especialmente a partir da década de 1990, esses ganhos de produtividade se expressaram na busca deliberada de inserção exportadora no aumento da importância das atividades de processamento de alimentos e no esforço de inovação, tecnologia e gestão.

Os ganhos de produtividade em todas as cadeias de produção do agronegócio brasileiro continuarão a sustentar a conquista de novas fatias de mercado, tanto de produtos processados quanto de matérias-primas de origem agrícola. Assim, a sustentação da competitividade no setor repousa, primordialmente, na capacidade de responder aos desafios do mercado internacional.

O crescimento da produção e do consumo de produtos de base agrícola nas próximas décadas será condicionado por uma dinâmica relacionada à elevação da eficiência nas atividades de produção e à manutenção do dinamismo nas atividades de processamento dos produtos agropecuários.

Para que o agronegócio brasileiro seja capaz de se posicionar nesse processo, de forma sustentável, é indispensável que esteja engajado na busca contínua de competitividade. Todavia, cabe ao governo fazer a sua parte, reestruturando a Política Agrícola Nacional de maneira a reduzir a volatilidade da renda dos produtores rurais e a permitir uma mobilidade positiva e progressiva dos mesmos, em especial das classes C e D/E para classes superiores.

Neri dos Santos é doutor em engenharia e consultor técnico da Knowtec.



Alimento orgânico ou convencional: qual é o melhor?

Por incrível que pareça, a polaridade existente em muitos assuntos do nosso cotidiano também se aplica aos alimentos.

Alimento orgânico ou convencional: qual é o melhor?

Como o agronegócio se beneficia com a energia solar

Adicionar energia solar a uma propriedade rural não apenas melhora os resultados, mas também é ecologicamente correto.

Como o agronegócio se beneficia com a energia solar


2022 promete

Nas últimas décadas, o agronegócio deu uma grande e importante contribuição à economia brasileira.

2022 promete

Cibersegurança: os desafios para implementação do 5G no agronegócio

No Brasil, existem muitas questões burocráticas de autorizações, impostos excessivos e um grande problema de infraestrutura.

Cibersegurança: os desafios para implementação do 5G no agronegócio

Valor da produção agropecuária de 2022 deve chegar a R$ 1,227 trilhão

Algodão em pluma, banana, batata inglesa, café, cana-de -açúcar, milho e trigo estão entre os produtos com melhor desempenho.

Valor da produção agropecuária de 2022 deve chegar a R$ 1,227 trilhão

Seis produtos da agricultura familiar terão bônus de desconto do PGPAF em abril

O produtor recebe o bônus quando o preço de seu cultivo fica abaixo do valor de referência do programa.

Seis produtos da agricultura familiar terão bônus de desconto do PGPAF em abril

Produção agrícola deve atingir 269,3 milhões de toneladas, diz Conab

O número é 5,4% maior do que o registrado na safra anterior.

Produção agrícola deve atingir 269,3 milhões de toneladas, diz Conab

Pesquisa revela benefícios de adubos feitos a partir do lodo de esgoto

Estudo está sendo feito em cultura de soja e milho.

Pesquisa revela benefícios de adubos feitos a partir do lodo de esgoto

Comércio exterior do agronegócio tem saldo de US$ 9,3 bi em fevereiro

Balança comercial registra superávit de US$ 4,0 milhões.

Comércio exterior do agronegócio tem saldo de US$ 9,3 bi em fevereiro

Brasil terá crédito de US$ 1,2 bilhões para projetos agrícolas

Convênio foi assinado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Brasil terá crédito de US$ 1,2 bilhões para projetos agrícolas

Brasil registra recorde no abate de frangos em 2021

Foram abatidas 198,87 milhões de cabeças, alta de 2,8%.

Brasil registra recorde no abate de frangos em 2021