Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aproveite a ceia de Natal sem pesar mais na balança

Aproveite a ceia de Natal sem pesar mais na balança

09/12/2015 Divulgação

Nutricionista comenta alimentos da ceia de Natal brasileira e dá dicas sobre como manter o peso e a saúde em dia.

O Brasil é um país tropical, mas a ceia natalina segue os padrões tradicionais dos países onde o clima é mais gelado. Diferente daqui, o Natal deles é festejado no inverno e com direito até a neve, não no verão com as altas temperaturas.

Para os brasileiros isso é um problema, pois algumas das receitas não são compatíveis com o clima por aqui e os resultados aparecem na balança.

A doutora Caroline Praciano, nutricionista da SOBACC – Sociedade Brasileira de Arte, Cultura e Cidadania, explica que o nosso clima quente proporciona perda de apetite, porém a alimentação nas festas de fim de ano é sempre mais calórica, ocasionando o ganho de peso corporal comum nesse período, causado também pelo excesso de alimentos consumidos.

A escolha dos alimentos para a composição da ceia de Natal é fator determinante, por isso o melhor é substituir alguns deles, ou modificar o seu preparo. As nozes e avelãs não são comuns em várias regiões do Brasil, portanto a nutricionista da SOBACC sugere a substituição delas por castanhas de caju, mais adequados a realidade do brasileiro.

“Apesar de calóricos devido a alta concentração de gordura, são alimentos ricos em ômega 6, Vitamina E, selênio e zinco. Também podem ser trocados por frutas tropicais da estação, secas ou não, puras ou em preparações com bolos, saladas e farofas”, comenta Caroline.

As aves, como o peru, e as carnes de suíno, tender e pernil, utilizadas para as típicas receitas de Natal também foram incorporadas da cultura européia. Aqui no Brasil elas não são tão adequadas, porém tirá-las do cardápio iria descaracterizar a celebração.

Apesar disso, alguns alimentos tipicamente brasileiros foram incorporados a ceia de Natal, como a farofa de miúdos e a rabanada, este último devendo ser usado com moderação por ser uma fritura.

“Tendo a consciência de que, além dos alimentos serem calóricos há um aumento no consumo, o que provoca um aumento da ingestão energética, é recomendado que as atividades físicas nessa época sejam intensificadas a fim de evitar o ganho de peso.

Para os hipertensos, diabéticos e pacientes com dislipidemia, os cuidados devem ser redobrados.”, conclui Caroline.

A receita mais importante para o fim de ano é uma porção de planejamento nutricional adequado unido à dose certa de exercício. Só assim todos poderão desfrutar os saberes e guloseimas típicas da época, sem comprometer a saúde e o peso.

Fonte: IPQuality Comunicação e SOBACC 



Pinhão, uma semente saudável e versátil no preparo

Rico em potássio, fibras e carboidratos ele garante uma refeição saborosa e nutritiva.

Pinhão, uma semente saudável e versátil no preparo

Alimento orgânico ou convencional: qual é o melhor?

Por incrível que pareça, a polaridade existente em muitos assuntos do nosso cotidiano também se aplica aos alimentos.

Alimento orgânico ou convencional: qual é o melhor?

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Descubra os 4 erros mais comuns na cozinha e que são prejudiciais à saúde

Medidas inadequadas podem ser origem para doenças transmitidas por alimentos como a intoxicação alimentar.

Descubra os 4 erros mais comuns na cozinha e que são prejudiciais à saúde

Cacau e chocolate: desigualdade no universo alimentar

Pesquisador da Strong School analisa produção de chocolates em países pobres e ricos.

Cacau e chocolate: desigualdade no universo alimentar

Frutas cítricas em alta, mas exportação pode melhorar

Os produtores de frutas cítricas do Norte de Minas estão sentindo um cheirinho de mercado em alta.

Frutas cítricas em alta, mas exportação pode melhorar

Aprenda a fazer ovos de Páscoa diferentes e para toda a família

Em série de vídeos, marca de laticínios ensina a fazer ovos de acordo com estilo de cada membro da família, como um ovo trufado com caipirinha e em formato do brinquedo Pop It

Aprenda a fazer ovos de Páscoa diferentes e para toda a família

Embrapa lança livro com mais de 140 receitas com o butiá

Contribuíram com receitas 120 pessoas, entre apreciadores de butiá, professores e alunos de cursos de gastronomia e chefs de cozinha.

Embrapa lança livro com mais de 140 receitas com o butiá

Receita de Escondidinho de “Frango Vegetal”

Preparar um prato à base de vegetais é contemplar paladares diversos.

Receita de Escondidinho de “Frango Vegetal”

Chocolateria artesanal projeta crescimento nas vendas de Páscoa

D’Fuhrmann está otimista e espera faturar entre 20 e 25% a mais em relação ao ano passado.

Chocolateria artesanal projeta crescimento nas vendas de Páscoa

Brigadeiro de Banoffe Zero Açúcar

Feito com Adoçante Culinário Lowçucar e Biscoito Maisena Lowçucar Zero Adição de Açúcares produtos práticos e saudáveis.

Brigadeiro de Banoffe Zero Açúcar

Ovos de Páscoa estão até 40% mais caros em 2022

Pesquisa foi feita pela Associação Paulista de Supermercados (Apas).

Ovos de Páscoa estão até 40% mais caros em 2022