Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Brasil produzirá cerveja tipicamente alemã

Brasil produzirá cerveja tipicamente alemã

12/05/2010 Divulgação

Um acordo entre cervejarias dos dois países permitirá que o Brasil produza uma cerveja com o que a Alemanha tem de melhor: os ingredientes e a receita tradicional. Iniciativa deve agradar aos consumidores mais exigentes.

Será lançada na segunda quinzena de maio a primeira cerveja feita no Brasil segundo o tradicional preceito de pureza alemão (Reinheitsgebot). Esse decreto, que vigora desde o século 16 na Baviera, e se tornou lei nacional na Alemanha no início do século passado, só permite o uso de lúpulo, malte e água na fabricação da bebida. A nova cerveja é fruto de uma parceria entre as cervejarias Weltenburger, da Alemanha, e Petrópolis, do Brasil.

Alemanha, sinônimo de qualidade

A cervejaria brasileira não procurou uma parceira alemã por acaso. "Para nós, brasileiros, a Alemanha é obviamente um país com muita tradição, tem um know-how na produção de cerveja. Por isto, o país é uma referência de qualidade neste segmento", explicou Douglas Costa, gerente de marketing do Grupo Petrópolis, à Deutsche Welle. A ideia é investir num segmento que os fabricantes chamam de "super premium". São cervejas finas, com um preço mais elevado, e que agradam ao paladar.

Uma pesquisa de mercado encomendada pelos fabricantes mostra que, nos últimos três anos, esse setor cresceu 20% no Brasil, enquanto o crescimento da indústria de cervejas ficou em 4%. Atualmente, o público que aprecia esse tipo de cerveja já encontra o que procura nos produtos alemães. Marcas como Erdinger, Franziskaner, Paulaner, Warsteiner e Weihenstephan podem ser encontradas não só em restaurantes típicos e lojas especializadas, mas também em bares e supermercados. Por tudo isto, Costa explica que a estratégia de marketing do lançamento da nova cerveja será explorar a tradição que as cervejas alemãs agregam. A Weltenburger foi fundada no ano 1050 num mosteiro na Baviera, e a história de quase mil anos que a marca carrega será enfatizada nas campanhas publicitárias para o Brasil.

Produzir no Brasil é melhor que importar?

A cerveja que chegará aos copos brasileiros não terá apenas marca e história, mas também o sabor típico das cervejas alemãs. Leonhard Resch, cervejeiro-mestre da Weltenburger, é quem garante. Segundo ele, o segredo está na receita e nos ingredientes, que serão os mesmos. Além disso, alguns dos cervejeiros-mestres da Petrópolis também estudaram na Alemanha, onde é exigido um curso específico de ensino superior para exercer esta profissão. Para Resch, a cerveja produzida no Brasil chega ao consumidor com melhor qualidade do que se fosse importada.

"A distância é muito grande entre a Alemanha e o Brasil. Se a cerveja fica muito tempo no transporte entre os dois países, não chega tão fresca ao destino", explicou o cervejeiro-mestre. Nem mesmo alguns hábitos de consumo que são diferentes nos dos países fazem grande diferença. No Brasil, aprecia-se a cerveja "estupidamente gelada", em temperaturas abaixo de 0ºC, enquanto na Alemanha ela é bebida apenas fria. As comidas típicas de cada lugar também são uma diferença óbvia, mas que não é determinante. "Tudo isso é uma questão de gosto, não existe melhor ou pior", assegurou Resch.

Para mais informações acesse o site DW-World.



Gomes da Costa: barquetes de abobrinha com atum + 2 receitas

Para a sua semana, a Gomes da Costa sugere Barquetes de abobrinha recheadas de atum e também um delicioso Macarrão com atum à minha moda.

Gomes da Costa: barquetes de abobrinha com atum + 2 receitas

Lombo com limão e ervas

Um dos bons motivos para esperarmos o fim de semana com tanta expectativa é para podermos saborear um prato especial junto com as pessoas que mais amamos.

Lombo com limão e ervas

5 dicas nutricionais para aproveitar o cafezinho

Espresso, coado, com leite, gelado, não importa. O café está entre as bebidas mais consumidas no país.

5 dicas nutricionais para aproveitar o cafezinho

Requeijão moreno de Porteirinha está entre os mais saborosos do mundo

Iguaria levou medalha de ouro em concurso internacional de queijo realizado em Araxá.

Requeijão moreno de Porteirinha está entre os mais saborosos do mundo

Sete dúvidas sobre ovos com Ômega 3

Saiba como os ovos são enriquecidos e por que estes nutrientes são importantes para o organismo.

Sete dúvidas sobre ovos com Ômega 3

7 erros comuns de quem trabalha com alimentos

Uma pergunta aos empreendedores da área de alimentação: vocês pesam os seus produtos na hora que eles são entregues?

7 erros comuns de quem trabalha com alimentos

Raio de sol com sardinha + 2 receitas

Agora, uma saborosa receita de Raio de sol com sardinha e mais duas com atum: salada de palmito e radicchio ao creme de atum e um ensopado mediterrâneo.

Raio de sol com sardinha + 2 receitas

Gomes da Costa: 2 receitas com patê de atum

A Gomes da Costa sugere uma boa dupla: pão sanfona com patê de atum e um divertido Cupcake salgado com patê de atum defumado.

Gomes da Costa: 2 receitas com patê de atum

Muffin de brócolis com atum + 2 receitas

A Gomes da Costa sugere um básico e prático Macarrão com sardinha e abobrinha e, para variar o cardápio, Muffin de brócolis com atum e Toast de atum, no pão italiano, com abacate e cebola roxa.

Muffin de brócolis com atum + 2 receitas

Minas será sede de concurso internacional de queijos

Organização estima que mais de 800 amostras serão avaliadas durante a Expoqueijo Brasil, em Araxá.

Minas será sede de concurso internacional de queijos

Boas práticas para a redução de custos no setor de alimentação

Esses acontecimentos são mais comuns do que se imagina no universo de quem trabalha no ramo da alimentação.

Boas práticas para a redução de custos no setor de alimentação

Você sempre come peixe ou só na Semana Santa?

Você já parou para pensar no seu hábito alimentar?

Você sempre come peixe ou só na Semana Santa?