Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A evolução da teoria da relatividade

Qual a sua idade? Hoje o tempo está nublado!O poder do jornalista não se baseia no direito de perguntar e sim no direito de exigir uma resposta. Milan Kundera


A confraria dos telhados de vidro

Ultimamente, os noticiários estão repletos de “proezas” atribuídas ao Senador Sarney. Os fatos apresentados causaram uma justificada onda de indignação.


Almoço do Dia das Mães

Uma geração já havia sido ceifada. Os avós já não estavam presentes, a não ser nas lembranças de cada um, com maior ou menor intensidade.. Estavam todos em volta da mesa.



Crescimento econômico

Eis um conceito importante. Parece simples falar em crescimento econômico, no entanto, a julgar pela quantidade de textos dedicados ao tema, seria leviano falar em simplicidade. Desde Solow, passando por Schumpeter, pela teoria dos ciclos de Kondratieff, pelos tratados de eficiência alocativa, não foram poucos os teóricos que enfrentaram o desafio. Seguramente, não serão essas linhas o fio de Ariadne nesse labirinto teórico.


Petro-sal, Petoro e outras fantasias

Ultimamente, tem se falado com insistência na criação de uma empresa – estatal, obviamente – cuja finalidade seria “cortar as asas” da Petrobrás.


De novo a Bolsa

Acostumados com anos de altas contínuas, os investidores – os novatos bem como os que se intitulam experientes – externam um crescente sentimento de perplexidade ante uma queda contínua das cotações.



A crônica do Alexandru Solomon

Toda e qualquer semelhança... Eis uma fórmula batida. De certa forma, os autores querem se ver livres de problemas. Esses problemas vão desde pequenas desavenças até processos por injúria ou difamação.


Inflação, greve e quejandos

Uma das bandeiras brandidas ultimamente é a de que a inflação – que já não é mais apenas a do 'feijãozinho', não é verdade, senhor ministro Mantega? – se deve principalmente à ação maléfica dos especuladores.


Reflexões

O preço do petróleo flerta com valores, inimagináveis alguns anos atrás, de 100, 110, 120USD o barril. E agora? É possível divagar, enquanto um pressuroso empregado enche o tanque do nosso possante automóvel.



Em plena TPL

Provavelmente, não sou o único inimigo declarado das siglas. Já repararam como ficou praticamente impossível de se manter um diálogo, sem que, inopinadamente, esse inimigo oculto ataque? Muitas vezes nem reparamos, tal é o poder desses atalhos do pensamento. Querem exemplos?