Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Baleia Azul: pais devem ficar atentos a mudanças de comportamento

Baleia Azul: pais devem ficar atentos a mudanças de comportamento

27/04/2017 Divulgação

Casos recentes de suicídio de crianças e adolescentes estão sendo investigados pela polícia de alguns estados do Brasil.

Baleia Azul: pais devem ficar atentos a mudanças de comportamento

Enquanto isso, embora ainda não haja nenhuma confirmação oficial a respeito, o assunto tem chamado a atenção e, óbvio, gerado muita preocupação especialmente de pais.

“Podemos dizer que, às mudanças na estrutura da família moderna, na qual as crianças e os jovens muitas vezes são órfãos de pais, e acabam sendo educados pela escola, pelas babás ou pelo mundo digital, é que acabam se tornando as principais vítimas desse tipo de jogo. Às vezes, fazem isso como uma forma de chamar a atenção”, acredita a pedagoga Regina Trinca, do Ético Sistema de Ensino.

Para Tânia Medeiros, coordenadora pedagógica do Sistema Maxi de Ensino, com o passar do tempo, as famílias têm dedicado menos tempo aos estudos dos filhos e os deixam caminharem muito sós. “Sem essa aproximação dos pais, os adolescentes têm cada vez mais se distanciado do mundo real e buscado na internet soluções para ocupar o tempo ocioso. Desafios inusitados estimulam a buscar o desconhecido e o que é desconhecido é mais prazeroso”, explica.

Ambas alertam para a importância de os responsáveis ficarem atentos a possíveis mudanças de comportamento dos menores. “Além das marcas físicas que o jogo incita, como cortes feitos com lâminas de barbear pelo corpo, é possível notar algo de errado também nas atitudes dos jovens. Alteração de humor, certa agressividade ou, por exemplo, até mesmo a prática do uso de palavrões e expressões que não costumam fazer parte do vocabulário deles, podem indicar alguma coisa de errado”, diz Regina.

Acredita-se também que há casos em que algumas crianças começaram a participar do jogo Baleia Azul apenas por mera curiosidade, motivadas pelo modismo, mas que depois se sentiram desencorajadas para abandoná-lo. “Provavelmente com medo de alguma suposta retaliação, até mesmo contra a própria família, e com medo de pedir ajuda para os pais, não conseguem se desvencilhar e seguem adiante. A adolescência é a fase da vida na qual passamos pelas maiores mudanças físicas, emocionais e comportamentais e ninguém deseja morrer nessa fase. O suicídio é muito mais um pedido de ajuda do que o desejo real de morte”, completa a pedagoga do Ético Sistema de Ensino.

Na escola, algumas mudanças também podem ser percebidas. “Quando a falta de atenção na sala aula é fora do normal, quando passam a deixar de fazer a lição de casa, entre outros fatores que afetam o desenvolvimento de aprendizagem da criança, são mudanças que também sugerem algo”, diz Regina. “Ao identificar esses comportamentos estranhos, a escola deve brevemente compartilhar com os pais, para que se descubra o que de fato está ocorrendo”, conclui Tânia.

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada 



Cautela e sensatez para o Carnaval

Fevereiro se aproxima e, com ele, o Carnaval - a maior festa popular de nosso país, que arrasta milhões de brasileiros e estrangeiros para as ruas.

Cautela e sensatez para o Carnaval

Saiba como cuidar dos idosos no verão

No época mais quente do ano, os cuidados com os idosos devem ser redobrados.

Saiba como cuidar dos idosos no verão

A sua criança tem TOD ou é apenas birra?

A maioria de nós acha que entende o comportamento humano, até que o filho entra nas nossas vidas.

A sua criança tem TOD ou é apenas birra?

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

Essas são estratégias simples que podem ser adotadas por qualquer pessoa, mas não substituem a avaliação médica.

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

Quando a mente está em paz, o corpo acompanha

Desde o isolamento social devido à pandemia do novo Coronavírus, é grande o número de pessoas que procuram formas de passar o tempo e manter a saúde física e mental em dia.

Quando a mente está em paz, o corpo acompanha

Férias: hora de se divertir

Se tem um tempo que é muito esperado pelas crianças, esse tempo é o das férias.

Férias: hora de se divertir

A pandemia nos fez mais solidários?

Crises costumam ser impulsionadoras da solidariedade.

A pandemia nos fez mais solidários?

Conheça algumas dicas para o cultivo de orquídeas

Flores são capazes de sobreviver por vários anos a partir de cuidados no plantio, adubação e irrigação.

Conheça algumas dicas para o cultivo de orquídeas

Três passos para trazer paz à sua rotina

Podemos viver a vida com mais paz tendo o autoconhecimento. Confira!

Três passos para trazer paz à sua rotina

Férias, pausa e renovação: como aproveitar?

O ano de 2021 trouxe, para grande parte das pessoas, um sentimento de esgotamento maior do que em anos anteriores.

Férias, pausa e renovação: como aproveitar?

Pilates ajuda no combate dos problemas musculoesqueléticos da menopausa

Doenças que afetam o sistema musculoesquelético se tornaram um assunto de saúde pública.

Pilates ajuda no combate dos problemas musculoesqueléticos da menopausa

Não permita que as metas estabelecidas para o novo ano se transformem em frustrações

A definição de propósitos e a busca por conquistar objetivos, são ações benéficas que contribuem para o aumento da autoestima.

Não permita que as metas estabelecidas para o novo ano se transformem em frustrações