Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Botox no dentista! Especialista tira dúvidas sobre uso e aplicação

Botox no dentista! Especialista tira dúvidas sobre uso e aplicação

10/07/2020 Divulgação

Especialista tira dúvidas sobre o uso da toxina botulínica para tratamentos de saúde bucal.

Botox no dentista! Especialista tira dúvidas sobre uso e aplicação

A toxina botulínica, mais conhecida como botox, é bastante utilizada em clínicas de estética, principalmente para amenizar sinais de envelhecimento da pele. No entanto, os dentistas também fazem uso dessa substância frequentemente para melhorar assimetrias e aliviar dores causadas por bruxismo e disfunções da ATM (articulação temporomandibular que liga o maxilar ao crânio). Apesar de já estar presente nos consultórios há algum tempo, muitas pessoas ainda têm insegurança sobre o uso e aplicação. O dentista Paulo Zahr esclarece as principais dúvidas sobre o uso da substância em clínicas odontológicas:

O dentista pode aplicar o botox?

Sim. A aplicação do botox se tornou um procedimento estético muito procurado e que vem ganhando cada dia mais espaço nos consultórios odontológicos para fins estético-funcionais. O dentista está habilitado e tem autorização para realizar os procedimentos odontológicos que utilizam o botox. Entretanto, na hora de escolher a clínica para realizá-los, é importante buscar por consultórios devidamente equipados e especializados que oferecem esse tipo de tratamento.

Quanto tempo dura o procedimento?

O procedimento dura, em média, 30 minutos para ser realizado e o paciente pode notar os primeiros resultados após dois ou três dias. Os resultados finais são visíveis depois de 15 dias. Os efeitos do tratamento duram de quatro a seis meses e, depois desse período, é necessário voltar ao consultório para novas aplicações.

O organismo cria resistência à toxina?

Existem casos em que o organismo, após algum tempo, desenvolve anticorpos contra a substância. Isso acontece, principalmente, com pessoas que utilizam o botox em grandes quantidades e de forma rotineira. Então, o tempo de ação pode ser reduzido e torna-se necessário aplicar doses maiores.

Pode ocorrer alguma complicação na aplicação?

O botox é uma substância segura, controlada pelo Ministério da Saúde Brasileiro e pelo controle de medicamentos americano. Ocasionalmente, pode haver vermelhidão e inchaço ao redor dos pontos aplicados, bem como dores de cabeça e locais, no entanto, essas reações são comuns e costumam desaparecer dentro de 24 horas. Em casos em que o profissional não tem a qualificação necessária e aplica doses maiores do que as indicadas, o tratamento pode até gerar assimetrias faciais, queda das pálpebras, paralisias faciais transitórias e enfraquecimento dos músculos. Por isso, é importante procurar um dentista qualificado.

A aplicação do botox é dolorosa?

Não. A aplicação costuma ser bastante rápida e indolor e não deixa nenhuma cicatriz. Durante o procedimento, o médico ou dentista seleciona os pontos exatos e injeta a quantidade ideal da substância. No caso de pessoas mais sensíveis à dor, é possível realizar o tratamento com anestesia local.

Existem contraindicações?

Sim. Apesar da aplicação ser considerada um procedimento seguro, existem alguns casos em que não é recomendado, por exemplo, em mulheres grávidas ou lactantes; portadores de doenças autoimunes; pessoas com sensibilidade aos componentes do botox; alérgicos e intolerantes à lactose ou albumina; portadores de doenças neuromusculares ou em pacientes em tratamento com o antibiótico aminoglicosídeo.

Fonte: OdontoCompany e Markable Comunicação



O valor de um abraço

Livro de poesias nasce em homenagem aos milhões de abraços perdidos durante a pandemia de Covid-19.


4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

O cérebro não reconhece a diferença entre o pensamento e a realidade.

4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

O ganho de peso entre crianças e adolescentes dá sinais de alerta global há algumas décadas.

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

Troco Solidário Havan beneficia mais de 140 instituições

Somente no primeiro semestre de 2022, foram arrecadados mais de R$ 6 milhões nas lojas da rede.


O ego e outras drogas

Acho muito pouco elegante usar a si mesmo como referência ou um autor citar uma frase de sua própria autoria para exemplificar algo.

O ego e outras drogas

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

Cerca de 4% das crianças não desenvolvem o arco plantar e podem ter problemas nos membros inferiores na vida adulta.

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos aumentou, e como consequência, tivemos um crescimento significativo de idosos.

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

No segundo trimestre de 2022, varejista destinou mais de R$ 1,6 milhão aos projetos de lei federal.

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

Atividades para acalmar crianças autistas

Lidar com as emoções nem sempre é fácil.

Atividades para acalmar crianças autistas

Por que se desconectar da internet?

É comum querermos proteger e privar crianças e adolescentes do uso constante do celular.

Por que se desconectar da internet?

Dia mundial dos avós

Neste domingo, 24 de julho de 2022, comemoramos o II Dia Mundial dos Avós.

Dia mundial dos avós

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

O hálux valgo, mais conhecido como “joanete” é uma das deformidades mais comuns dos pés.

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida