Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Brincadeiras pedagógicas para entreter as crianças em casa

Brincadeiras pedagógicas para entreter as crianças em casa

01/06/2020 Divulgação

Acostumadas a gastar muita energia durante o dia, as crianças podem se sentir bastante estressadas após dois meses de distanciamento social.

Brincadeiras pedagógicas para entreter as crianças em casa

No entanto, a quarentena não precisa ser sinônimo de tédio. 

A coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental (anos iniciais) do Colégio Renascença, Lucila Sarteschi, recomenda algumas brincadeiras que podem ser feitas dentro de casa para entreter e estimular pedagogicamente os pequenos.

Construa um calendário - Uma das principais preocupações dos pais é como construir uma rotina minimamente viável durante a quarentena. Uma dica é pedir auxílio das próprias crianças para construir um calendário com algumas folhas de sulfite, lápis de cor, colagens e o que mais a imaginação mandar.

“Criar um calendário estimula a organização, a autonomia, a aprendizagem sobre o funcionamento dos números e a identificação da passagem do tempo. No calendário pode constar, além do horário das aulas, alguma tarefa que ele faça para contribuir com a organização da casa, como arrumar a cama ou mesmo o horário de trabalho dos pais no home office”, diz a coordenadora.

Placas Divertidas - Por que não aproveitar este período para fortalecer a cumplicidade entre pais e filhos? A proposta dessa brincadeira é criar placas divertidas para contar sobre os interesses, gostos e emoções. Por exemplo, qual o filme preferido ou que passeio foi o mais marcante. Vale fazer em uma folha de sulfite, em uma cartolina ou qualquer outro suporte onde seja possível desenhar, pintar, fazer colagens, escrever e muito mais.

Cápsula do Tempo - Nesta brincadeira, a proposta é construir uma cápsula do tempo que será guardada em um lugar de pouca visibilidade para ser aberta no futuro -  em dias, meses, anos ou quando acabar a quarentena. “Utilize materiais que vocês têm em casa: caixa de papelão, copo plástico e outros, usando toda a criatividade. Do lado de fora da cápsula, coloque o nome e a data em que foi feita. Dentro, coloque um desenho, um bilhete, ou algo especial que vocês queiram guardar e dar para o seu Eu do futuro”, ensina Lucila Sarteschi.

Bingo - O bingo pode ser uma atividade simples para divertir a família inteira. As cartelas com letras, nomes ou números podem ser feitas pelas crianças e, além disso, a brincadeira é um ótimo estímulo para que os menores adquiram repertório e aprendam a brincar em grupo. Não esqueça, o primeiro que completar a cartela grita: BINGO!

Jogo da Forca - O tradicional jogo de forca é uma atividade fácil e que exige poucos recursos. Além disso, é um importante estímulo pedagógico, comenta a coordenadora pedagógica, Lucila Sarteschi: “O jogo da forca estimula o conhecimento das letras e auxilia a desenvolver a noção do número de letras de cada palavra”. A profissional ainda recomenda que, caso o jogo seja realizado com crianças no início do processo de alfabetização, é importante escolher palavras que façam parte do cotidiano e que já sejam conhecidas pelos pequenos.

Jogo da Memória - Além de divertido de jogar, pode ser ainda mais divertido produzir o próprio Jogo da Memória. Bastam quadradinhos de papel e lápis de cor para construir os pares. A educadora recomenda que os pares sejam feitos de acordo com a familiaridade das crianças com as letras e palavras, por exemplo: uma imagem que corresponda à lletra inicial do que está representado (Abelha - Letra A), ou palavra com palavra, ou mesmo imagem com palavra.

Fonte: Tropico Comunicação



O valor de um abraço

Livro de poesias nasce em homenagem aos milhões de abraços perdidos durante a pandemia de Covid-19.


4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

O cérebro não reconhece a diferença entre o pensamento e a realidade.

4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

O ganho de peso entre crianças e adolescentes dá sinais de alerta global há algumas décadas.

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

Troco Solidário Havan beneficia mais de 140 instituições

Somente no primeiro semestre de 2022, foram arrecadados mais de R$ 6 milhões nas lojas da rede.


O ego e outras drogas

Acho muito pouco elegante usar a si mesmo como referência ou um autor citar uma frase de sua própria autoria para exemplificar algo.

O ego e outras drogas

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

Cerca de 4% das crianças não desenvolvem o arco plantar e podem ter problemas nos membros inferiores na vida adulta.

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos aumentou, e como consequência, tivemos um crescimento significativo de idosos.

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

No segundo trimestre de 2022, varejista destinou mais de R$ 1,6 milhão aos projetos de lei federal.

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

Atividades para acalmar crianças autistas

Lidar com as emoções nem sempre é fácil.

Atividades para acalmar crianças autistas

Por que se desconectar da internet?

É comum querermos proteger e privar crianças e adolescentes do uso constante do celular.

Por que se desconectar da internet?

Dia mundial dos avós

Neste domingo, 24 de julho de 2022, comemoramos o II Dia Mundial dos Avós.

Dia mundial dos avós

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

O hálux valgo, mais conhecido como “joanete” é uma das deformidades mais comuns dos pés.

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida