Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Como realmente aprendi a filosofar

Como realmente aprendi a filosofar

20/12/2018 Paulo Martins Herrans

Quando recebi a notícia de que obtive a maior nota do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), no curso de Licenciatura em Filosofia, pensei que acontecera algum erro.

Como realmente aprendi a filosofar

Tive desempenho melhor que alunos da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade de Campinas (Unicamp).

Hoje em dia, tendemos a desconfiar de tudo, até de nós mesmos. “Sou insignificante”, pensei, “esse resultado não está certo”. Por outro lado, também somos seres egocêntricos e inclinados a pensar que tudo gira ao nosso redor. “Eu sou o cara!”, pensei, “sou melhor que todo mundo”.

Posteriormente, refletindo de forma mais equilibrada, conclui que a “disputa” foi injusta com os outros alunos. Além de eu ter me graduado em Filosofia, no Centro Universitário Internacional Uninter, eu estudo há 50 anos com a maior de todas as filósofas: minha mãe, Dolores. Há 15 anos, outra professora exemplar entrou em minha vida: minha esposa, Patrícia.

Os discursos daqueles que formam nosso caráter permanece para sempre em nós, enquanto que os discursos dos filósofos geralmente entram por um ouvido e saem pelo outro. No momento atual, talvez o mundo precise mais da autoridade das mães e pais do que de filósofos. Porque é preciso ter a sabedoria maior do que a de todos os filósofos para formar seres humanos.

Quando as coisas ficam complicadas, não é ao Platão que vamos recorrer, e sim aos ensinamentos de nossos pais, especialmente de nossas mães. De manhã, quando meu pai saía para o trabalho, me dizia: “obedeça à sua mãe”. Quando chegava, questionava: “você obedeceu à sua mãe?”.

Foi minha mãe quem me ensinou que a filosofia começa com o trabalho, não com o ócio. Com o trabalho dela, de meu pai e das professoras da escola. Todo dia, depois de me acordar para a escola, me dizia: “preste atenção às suas professoras”. E eu ouvia as professoras porque minha mãe mandava ouvi-las.

Concluindo, peço palmas não a mim, que sou apenas um discípulo. Peço palmas à minha mãe, à minha esposa e a todas as mulheres e professoras, porque elas, sim, são as maiores filósofas do Brasil.

* Paulo Martins Herrans acaba de receber o grau de Licenciado em Filosofia pelo Centro Universitário Internacional Uninter. 



Escola da vida em tempos de isolamento social

Estamos vivendo todos no mesmo barco.

Escola da vida em tempos de isolamento social

Isolamento social leva famílias a repensar despesas em casa

Especialista dá dicas de economia doméstica em tempos de crise.

Isolamento social leva famílias a repensar despesas em casa

Você sabia que a decoração do quarto influencia no seu sono?

Veja dicas de como solucionar um dos problemas mais comuns entre os brasileiros, principalmente nesse período de quarentena.

Você sabia que a decoração do quarto influencia no seu sono?

Jornal britânico dá cinco dicas para ser mais otimista com a vida

Mudança de perspectiva na vida pode, por exemplo, diminuir risco de doenças no coração.


A paixão não sobrevive à proximidade e ao cotidiano de tantas semanas iguais.

Agora você tem todo o tempo do mundo e não há mais a desculpa de que você está estressado pelo trabalho.


Em tempos de autoconhecimento: de onde vem o seu sobrenome e sua origem?

Blog indica como descobrir um pouco mais de suas origens. Silva, Garcia e Machado são alguns dos sobrenomes que já estão disponíveis no site.

Em tempos de autoconhecimento: de onde vem o seu sobrenome e sua origem?

A busca de si mesmo

Nesse momento de turbulência planetária as pessoas estão acessando situações internas que elas próprias não tinham o entendimento que estivesse mal resolvido dentro delas.


Quarentena pode ajudar na aquisição de hábitos positivos

O isolamento social pode ser uma oportunidade para identificar ações improdutivas e substituí-las por atitudes que ajudem na realização de metas pessoais e profissionais.

Quarentena pode ajudar na aquisição de hábitos positivos

Startup doará pelo menos uma tonelada de orgânicos por semana para ONGs

Conectando o campo à cidade, a Liv Up que já atua em parceria com 25 famílias de agricultores familiares vai ajudar a levar alimentação saudável a milhares de pessoas.

Startup doará pelo menos uma tonelada de orgânicos por semana para ONGs

A solidariedade não pode parar

Saiba como ajudar as famílias afetadas pelo novo coronavírus junto com a LBV.


Como fica a rotina dos consultórios médicos pós-pandemia?

Coronavírus muda hábitos e cria novas medidas que começam antes mesmo da consulta.

Como fica a rotina dos consultórios médicos pós-pandemia?

Seis dicas para não engordar durante o isolamento social

É preciso saber lidar com a ansiedade.

Seis dicas para não engordar durante o isolamento social