Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Da Páscoa dos Judeus à Ceia do Senhor

Da Páscoa dos Judeus à Ceia do Senhor

25/03/2009 Divulgação

Quando era insuportável o sofrimento dos hebreus nas terras do Egito, Deus surgiu diante de Moisés e lhe deu a seguinte orientação: Um cordeiro ou cabrito macho e sem defeito deveria ser separado para cada família e, naquela noite, assado e comido com pães asmos e ervas amargas.. “Desta maneira o comereis: lombos cingidos, sandálias nos pés e cajado na mão; comê-lo-eis à pressa; é a Páscoa do Senhor”. “Porque naquela noite”, continuou Deus, ele passaria pela terra do Egito e feriria todos os primogênitos, desde os homens até os animais: “Executarei juízo sobre todos os deuses do Egito. Eu sou o Senhor”.

O sangue do animal abatido deveria ser esfregado nas ombreiras e nas vergas das portas para que, vendo-o, o Senhor passasse adiante, sem destruir as casas. Os pães asmos deveriam ser comidos por sete dias.


Páscoa, em hebraico, é “pesahin” originada de um verbo que significa “passar por cima”, no sentido de “poupar”, tal como se lê em Êxodo: 12:13, 27 e seguintes. De acordo com o dicionário da Bíblia organizado por J.D. Douglas e outros, “parece não haver outra coisa para considerar o ponto de vista de que Deus simples e literalmente passou por cima das casas israelitas protegidas pelo sangue, ao mesmo tempo em que feriu os egípcios, a não ser a singeleza da narrativa (...) reveste-se de interesse especial a identidade da vítima pascal, se realmente era o cordeiro escolhido, do qual Cristo é o antítipo”.

 

O livro de Êxodo, como se sabe, trata do cativeiro, do sofrimento e, finalmente, da libertação dos hebreus, depois de 400 anos de atroz escravidão nas terras do Egito.

Em Mateus 26:2-4 (Novo Testamento), Cristo disse aos seus discípulos: “Sabeis que daqui a dois dias celebrar-se-á a Páscoa, e o Filho do Homem será entregue para ser crucificado”.

Ocorre, por esse tempo, um acontecimento de grande significação e perene beleza, pelas lições que encerra. Estando o Senhor em casa de Simão, o leproso, em Betânia, aproximou-se dEle uma mulher, carregando um vaso de alabastro cheio de precioso bálsamo, que derramou sobre a sua cabeça, quando Ele se encontrava à mesa.   

Ao assistir à cena, os discípulos se indignaram, interpelando a mulher sobre o que lhes parecia um desperdício, pois o perfume podia ser vendido por muito dinheiro, que seria dado aos pobres. Mas, ao saber do ocorrido, Jesus lhes disse:“Por que molestais esta mulher? Ela pratica boa ação para comigo. Porque os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes; pois, derramando este perfume sobre o meu corpo, ela o fez para o meu sepultamento”. Em verdade, eu vos digo: onde for pregado em todo o mundo este Evangelho, será contado o que ela fez, para  glória sua”.

Diferentemente da reação dos discípulos de Cristo, que consideravam aquela oferta amorosa um grande desperdício, e apesar dos desígnios de Judas, que tomou a iniciativa de entregá-lo às autoridades, aquela mulher não teve dúvida em lhe dar o que de melhor possuía. Além disso, não hesitou em beijar-lhe os pés empoeirados e enxugá-lo com os seus cabelos. Foi por isso, perdoada por todos os seus pecados.

“Derramei-me como água e todos os meus ossos se desconjuntaram; meu coração desfez-se como cera, derreteu-se dentro de mim. Secou o meu vigor, como um caco de barro, e a língua se me apegou ao céu da boca; assim me deitas ao pó da morte (Salmos 22:14 e 15) O sofrimento de Jesus após a hora sexta.

A ceia do Senhor

Depois de celebrada a Páscoa, o Senhor estabeleceu a sua ceia.

Enquanto comiam, Ele tomou um pão e, tendo–o abençoado, deu-o aos seus discípulos, dizendo:

> Tomai, comei, isto é o meu corpo.

> A seguir, tomou um cálice, e tendo dado graças, o deu aos seus discípulos, dizendo: Bebei deles todos;

> Porque isto é o meu sangue, o sangue da (nova) aliança, derramado a em favor de muitos, para a remissão dos pecados.

> E digo-vos que desta hora em diante, não beberei deste fruto da videira, até aquele dia em que o hei de beber, novo, convosco, no reino do meu pai.

> E, tendo cantado um hino, saíram para o monte das oliveiras.

A partir daí, os fatos se precipitaram:

Jesus foi preso, após orar com os discípulos no Getsêmani, levado ao Sinédrio, insultado, escarnecido, cuspido, considerado réu de morte e entregue a Pilatos, que lavou as mãos perante o povo, dizendo: Estou inocente do sangue deste justo, fique o caso convosco! Em seguida, Pilatos soltou Barrabás, como o povo pedira, e, após haver açoitado Jesus Cristo, o entregou para ser crucificado.

Tendo comido a Páscoa, junto com os discípulos, Jesus estabeleceu sua mesa com o pão e o cálice (MT 26:20-28).  Assim agindo, Ele cumpriu a prefiguração da festa para ser a nossa VERDADEIRA PÁSCOA.

No passado, o sangue de um cordeiro ou cabrito protegia as pessoas; hoje, nossa proteção é dada pelo sangue do Cordeiro de Deus, que morreu para redimir nossos pecados.

Pães asmos, sem fermento: esses pães são duros, mirrados, de aspecto pouco atraente, mas verdadeiros como deve ser o alimento espiritual ou a palavra de Deus. O fermento é tudo aquilo que não se encontra nas escrituras, isto é, palavras e doutrinas ligadas aos ensinamentos de Jezabel, que levedou a Igreja em Tiatira, pela corrupção da palavra de Deus.



O mistério da dor e da esperança de Maria

Quem não se impressiona com a manifestação do amor dedicado de uma mãe ao cuidar de um filho doente, acamado, necessitado de consolo e amparo?

O mistério da dor e da esperança de Maria

Oração aos insensatos

Começo dizendo que, na verdade, nem sei orar.

Oração aos insensatos

“Um Brasil que se alimenta e outro que não”

Famílias que nada tem e sofrem para sobreviver em meio à pandemia com o desemprego e a alta nos preços dos alimentos.


Métodos para estudar e entender a Bíblia

É necessário tratar de algumas questões ligadas à exegese e hermenêutica bíblicas.

Métodos para estudar e entender a Bíblia

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos

Em tempos de pandemia, organizar, limpar e cozinhar tem sido atividades rotineiras para muitas pessoas.

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos

Nove dicas para conquistar o coração do seu filho

Especialista em assuntos ligados à parentalidade e adoção, Mike Berry mostra o caminho para que pais, mãe e filhos se reconectem.

Nove dicas para conquistar o coração do seu filho

9 dicas para prevenir acidentes de crianças

Os acidentes normalmente ocorrem quando elas adquirem a habilidade de agir, engatinhar e pegar objetos.

9 dicas para prevenir acidentes de crianças

Coisas alegres

Café. Café forte. Passadinho na hora. Fogão de lenha.

Coisas alegres

Fake News da Nutrição: glúten e lactose são mesmo os vilões da dieta saudável?

Nutrição esportiva: entenda a especialização voltada para atletas

De amadores à profissionais, pacientes que procuram os nutricionistas especializados no esporte encontram formas de potencializar os resultados das práticas de alto rendimento.

Nutrição esportiva: entenda a especialização voltada para atletas

Quer voltar às atividades físicas? Não esqueça do coração!

Ainda é cedo para afirmar que a vida está voltando ao normal?

Quer voltar às atividades físicas? Não esqueça do coração!

Como os pais devem organizar a mesada

Ao contrário do que muitos pensam, a mesada não é um incentivo ao consumo.

Como os pais devem organizar a mesada