Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Engravidar: qual é a melhor forma?

Engravidar: qual é a melhor forma?

13/04/2016 Da Redação

Casais que procuram ajuda de especialistas para realizarem o sonho de ter um filho geralmente tem várias dúvidas.

Engravidar: qual é a melhor forma?

Após uma avaliação individualizada e a confirmação de que será preciso utilizar alguma técnica de reprodução assistida, o casal deve entender as diferenças e as vantagens e desvantagens de cada método.

Para o médico especialista em reprodução feminina da Insemine e professor da UFRGS, João Sabino da Cunha Filho, uma dúvida muito comum é com relação à diferença entre a inseminação artificial e a fertilização in vitro (FIV).

De acordo com o especialista, a inseminação artificial consiste, basicamente, em cortar o caminho percorrido pelos espermatozóides.

A técnica é usada, geralmente, quando a mulher tem algum problema no colo do útero, endometriose ou a qualidade do sêmen não é boa.

"Nesses casos, é coletado sêmen do homem e injetado na cavidade uterina da mulher. Os espermatozoides podem fecundar os óvulos, passando pelas trompas. Essa técnica é usada também quando o homem tem poucos espermatozoides.

O esperma é colhido e recebe um tratamento no laboratório para aumentar sua concentração. É depois depositado no útero da mulher", explica o médico.

Já na fertilização in vitro (FIV), que é conhecida popularmente como "bebê de proveta", o procedimento é feito fora do corpo da mulher.

"O primeiro passo é estimular a produção de mais de um óvulo por ciclo. Esses óvulos são aspirados por uma agulha e colocados em uma substância cheia de nutrientes, para mantê-los vivos. Então, os espermatozóides são colocados no mesmo recipiente, para que haja a fecundação.

Após sua fertilização, o óvulo é mantido em uma estufa, onde começa a ocorrer a divisão celular. Depois de se formarem oito células, o embrião é colocado no útero da mulher", fala Sabino.

O médico relata que essa técnica é muito utilizada por mulheres que fizeram ligamento de trompas e se arrependeram, endometriose com comprometimento de trompas ou fator masculino severo.

Na FIV geralmente são implantados mais de um embrião para aumentar a chance de ocorrer a gravidez. "Por isso é tão comum o nascimento de gêmeos ou trigêmeos", afirma Sabino.

A fertilização in vitro é também usada em mulheres que, após a menopausa (quando não ovulam mais), decidem engravidar. Só que, nesse caso, o óvulo que vai ser fertilizado precisa ser doado por outra mulher. O óvulo da paciente é retirado, fertilizado e reimplantado diretamente no útero.

Existem alguns casos em que o esperma pode ser colhido e guardado para fazer uma fertilização no futuro.

Opta-se por essa alternativa quando o homem tem câncer de testículo e vai fazer radioterapia, já que a radiação impede a produção de espermatozóides.

Antes que o paciente comece o tratamento, o esperma é colhido e armazenado. Por ser uma técnica realizada em laboratório, a FIV costuma ser mais indicada para os diagnósticos complexos de infertilidade.

O mais importante é que o casal sempre passe por uma avaliação detalhada para um diagnóstico preciso do fator de infertilidade, permitindo assim, definir junto ao médico o método mais indicado. 



Brasil ganha solução de transporte para pessoas com deficiência

Com a facilidade dos aplicativos, empresa de serviços e tecnologia lança solução para passageiros com mobilidade reduzida. Iniciativa.

Brasil ganha solução de transporte para pessoas com deficiência

Luta funcional pode queimar até 800 calorias por hora

A atividade física auxilia na coordenação motora, resistência e agilidade. Mistura golpes de Muay Thai, Boxe e Kickboxing com treinamento funcional.

Luta funcional pode queimar até 800 calorias por hora

Hábitos simples podem ser determinantes para uma boa saúde

Especialista dá dicas de como pequenas mudanças de hábitos podem beneficiar a sua saúde.

Hábitos simples podem ser determinantes para uma boa saúde

Mães em jornada dupla: Como ser pai e mãe ao mesmo tempo?

Os dias começam com uma longa lista de afazeres. Acordar antes de todos em casa, preparar o café da manhã, acordar os filhos e prepará-los para a escola, garantir que tudo esteja em seu devido lugar, e só assim, sair para trabalhar e enfrentar o mundo.

Mães em jornada dupla: Como ser pai e mãe ao mesmo tempo?

Como me tornar mais criativo?

Diversos estudos na neurociência já comprovaram que é possível se tornar mais criativo ou inteligente. Tudo depende do quanto nós nos desafiamos.

Como me tornar mais criativo?

Vinho tinto tem substância que ajuda a reduzir estresse, diz estudo

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, afirmam que o composto resveratrol, presente na uva, tem efeito relaxante.

Vinho tinto tem substância que ajuda a reduzir estresse, diz estudo

Caminhos para o sucesso e felicidade

“A felicidade não depende do que você tem ou quem você é. Só depende do que você pensa”.


Os 7 alimentos que ajudam na digestão

Saiba por que alguns alimentos são benéficos para o sistema digestivo e quais devem ser evitados.

Os 7 alimentos que ajudam na digestão

Meu filho não sai do celular, o que fazer?

Brincar na rua, pular corda, soltar pião, jogar bolinha de gude, andar de carrinho de rolimã, soltar pipa.... Ah, as brincadeiras da infância! Que tempo bom!

Meu filho não sai do celular, o que fazer?

Carreira de sucesso e boa qualidade de vida

4 dicas para conciliar carreira de sucesso e boa qualidade de vida.


Produtos naturais impulsiona mercado de cuidados com pele e cabelo

A preocupação com pele e cabelo representa grande parte das compra no mercado de beleza no Brasil.

Produtos naturais impulsiona mercado de cuidados com pele e cabelo

Gosto musical depende da estrutura do cérebro

Pesquisa científica mostra que a emoção causada por diferentes estilos musicais varia de acordo com a composição cerebral

Gosto musical depende da estrutura do cérebro