Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Engravidar: qual é a melhor forma?

Engravidar: qual é a melhor forma?

13/04/2016 Da Redação

Casais que procuram ajuda de especialistas para realizarem o sonho de ter um filho geralmente tem várias dúvidas.

Engravidar: qual é a melhor forma?

Após uma avaliação individualizada e a confirmação de que será preciso utilizar alguma técnica de reprodução assistida, o casal deve entender as diferenças e as vantagens e desvantagens de cada método.

Para o médico especialista em reprodução feminina da Insemine e professor da UFRGS, João Sabino da Cunha Filho, uma dúvida muito comum é com relação à diferença entre a inseminação artificial e a fertilização in vitro (FIV).

De acordo com o especialista, a inseminação artificial consiste, basicamente, em cortar o caminho percorrido pelos espermatozóides.

A técnica é usada, geralmente, quando a mulher tem algum problema no colo do útero, endometriose ou a qualidade do sêmen não é boa.

"Nesses casos, é coletado sêmen do homem e injetado na cavidade uterina da mulher. Os espermatozoides podem fecundar os óvulos, passando pelas trompas. Essa técnica é usada também quando o homem tem poucos espermatozoides.

O esperma é colhido e recebe um tratamento no laboratório para aumentar sua concentração. É depois depositado no útero da mulher", explica o médico.

Já na fertilização in vitro (FIV), que é conhecida popularmente como "bebê de proveta", o procedimento é feito fora do corpo da mulher.

"O primeiro passo é estimular a produção de mais de um óvulo por ciclo. Esses óvulos são aspirados por uma agulha e colocados em uma substância cheia de nutrientes, para mantê-los vivos. Então, os espermatozóides são colocados no mesmo recipiente, para que haja a fecundação.

Após sua fertilização, o óvulo é mantido em uma estufa, onde começa a ocorrer a divisão celular. Depois de se formarem oito células, o embrião é colocado no útero da mulher", fala Sabino.

O médico relata que essa técnica é muito utilizada por mulheres que fizeram ligamento de trompas e se arrependeram, endometriose com comprometimento de trompas ou fator masculino severo.

Na FIV geralmente são implantados mais de um embrião para aumentar a chance de ocorrer a gravidez. "Por isso é tão comum o nascimento de gêmeos ou trigêmeos", afirma Sabino.

A fertilização in vitro é também usada em mulheres que, após a menopausa (quando não ovulam mais), decidem engravidar. Só que, nesse caso, o óvulo que vai ser fertilizado precisa ser doado por outra mulher. O óvulo da paciente é retirado, fertilizado e reimplantado diretamente no útero.

Existem alguns casos em que o esperma pode ser colhido e guardado para fazer uma fertilização no futuro.

Opta-se por essa alternativa quando o homem tem câncer de testículo e vai fazer radioterapia, já que a radiação impede a produção de espermatozóides.

Antes que o paciente comece o tratamento, o esperma é colhido e armazenado. Por ser uma técnica realizada em laboratório, a FIV costuma ser mais indicada para os diagnósticos complexos de infertilidade.

O mais importante é que o casal sempre passe por uma avaliação detalhada para um diagnóstico preciso do fator de infertilidade, permitindo assim, definir junto ao médico o método mais indicado. 



Prática de exercícios físicos exige cuidados no verão

Veja algumas dicas para aproveitar sem sofrer prejuízos com o calor.

Prática de exercícios físicos exige cuidados no verão

Campanha da GOL e Faber Castell incentiva a doação de materiais escolares nas aeronaves

A campanha é uma iniciativa do Instituto GOL, núcleo de responsabilidade social da empresa.

Campanha da GOL e Faber Castell incentiva a doação de materiais escolares nas aeronaves

Imagens de sofrimento deixam de ser foco em campanhas de doação no Brasil

Estratégias como a do aplicativo Ribon baniram qualquer foto de dor e miséria e passaram a ganhar cada vez mais adeptos

Imagens de sofrimento deixam de ser foco em campanhas de doação no Brasil

Como nasceu a Cesta de Natal

Com a proximidade do final do ano as empresas e as famílias começam a se preparar para as festas e comemorações do Natal e Réveillon.

Como nasceu a Cesta de Natal

O que é permitido nas festas de fim de ano em condomínios?

A vida em condomínio exige regras de convivência que valem para pessoas com hábitos diferentes, por dividirem o mesmo espaço comum.

O que é permitido nas festas de fim de ano em condomínios?

Expectativa de vida aumenta mais de três meses e chega a 76,3 anos

Dados são da Tábua Completa de Mortalidade para o Brasil do IBGE.

Expectativa de vida aumenta mais de três meses e chega a 76,3 anos

Impactos dos exercícios físicos durante e depois da gravidez

Treinos devem ser liberados pelo médico e acompanhados por um profissional de Educação Física

Impactos dos exercícios físicos durante e depois da gravidez

Não emagreça para o verão!

Confira dicas para manter o shape em forma o ano todo.

Não emagreça para o verão!

Como estimular as crianças à uma boa alimentação

Situações simples do dia a dia podem ser aproveitadas para a educação alimentar.

Como estimular as crianças à uma boa alimentação

Dormir mais no final de semana recupera as noites perdidas?

Mudar hábitos é mais eficaz do que ficar mais tempo na cama no sábado e domingo.

Dormir mais no final de semana recupera as noites perdidas?

O que as três cidades mais inteligentes do País têm em comum?

Entenda porque Campinas, São Paulo e Curitiba merecem esse título.

O que as três cidades mais inteligentes do País têm em comum?

3 razões para incluir a prática da Atenção Plena em seu trabalho

Não é novidade que temos que estar capacitados perante os avanços da tecnologia e a uma enxurrada constante de informação.