Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Férias longe do seu smartphone

Férias longe do seu smartphone

03/01/2019 Elaine Ribeiro

Quanto tempo você já conseguiu ficar longe do seu smartphone?

Férias longe do seu smartphone

Quantas horas de desconexão das redes sociais, ou ficar sem acessar e-mails, sites e aplicativos você conseguiu no último mês? Parece ser uma pergunta boba e despretensiosa, mas notamos que cada vez mais associamos nossa vida e nossos relacionamentos à conexão tecnológica.

Já reparou como muitos de nós, em algum momento da vida, já tivemos a clara sensação de que esse excesso de informação tem nos deixado atordoados e cansados? Nosso cérebro também altera suas funções, como a memória, ou seja, passamos a reter menos informação, ao passo que temos a informação ao toque dos dedos, pesquisando-a rapidamente.

Neste tempo de férias, trago uma reflexão: De que forma temos usado nosso tempo tão precioso? Apesar das facilidades proporcionadas pela tecnologia, podermos, por exemplo, registrar cada momento que temos, os lugares que visitamos, estamos ainda com uma imensa dificuldade para estabelecer limites saudáveis no uso dos smartphones, como apenas curtir as paisagens e sensações de um lugar, sem fazer selfie ou postar uma foto.

Quando damos férias ao celulares, estamos dizendo ao mundo que precisamos de tempo de convívio: conosco mesmo, com nossa solidão, com nosso silêncio, bem como conviver com amigos, família e outros núcleos sociais que não temos usualmente.

Uma ótima estratégia para o bom aproveitamento do tempo é planejar! Organize seu tempo de férias, sejam estas curtas ou longas, para que use melhor seu tempo livre. Sua realidade pode requerer o uso constante do celular, e, se este é seu caso, você pode fazer uma “peneira”, isto é, selecionar aquilo que precisa ver, definir horários para acessar informações, avisar as pessoas sobre sua decisão.

É possível, ainda, estabelecer novos hábitos diários que também ajudarão: evite levar trabalho para casa; faça suas refeições sem o uso de celulares, tablets, tvs ou computadores; desligue o celular para dormir ou deixe-o de lado, evitando olhar durante a madrugada (usar um relógio de verdade como despertador, ajuda muito); procure valorizar o contato humano “olho no olho” e aproveite a riqueza de cada momento.

Para que você possa se desconectar será necessário praticar intensivamente novos hábitos, mas, certamente, será um esforço que trará ótimos resultados! Ao concentrar-se nas experiências, cada uma a seu tempo, seu corpo e sua alma agradecem. Não adianta brigarmos com a tecnologia, pois deve ser nossa aliada no dia a dia. Todavia, a ela deve ser dado o devido tempo, para que, então, tenhamos uma vida mais saudável.

* Elaine Ribeiro é psicóloga clínica e organizacional da Fundação João Paulo II / Canção Nova. 



Campanha da GOL e Faber Castell incentiva a doação de materiais escolares nas aeronaves

A campanha é uma iniciativa do Instituto GOL, núcleo de responsabilidade social da empresa.

Campanha da GOL e Faber Castell incentiva a doação de materiais escolares nas aeronaves

Imagens de sofrimento deixam de ser foco em campanhas de doação no Brasil

Estratégias como a do aplicativo Ribon baniram qualquer foto de dor e miséria e passaram a ganhar cada vez mais adeptos

Imagens de sofrimento deixam de ser foco em campanhas de doação no Brasil

Como nasceu a Cesta de Natal

Com a proximidade do final do ano as empresas e as famílias começam a se preparar para as festas e comemorações do Natal e Réveillon.

Como nasceu a Cesta de Natal

O que é permitido nas festas de fim de ano em condomínios?

A vida em condomínio exige regras de convivência que valem para pessoas com hábitos diferentes, por dividirem o mesmo espaço comum.

O que é permitido nas festas de fim de ano em condomínios?

Expectativa de vida aumenta mais de três meses e chega a 76,3 anos

Dados são da Tábua Completa de Mortalidade para o Brasil do IBGE.

Expectativa de vida aumenta mais de três meses e chega a 76,3 anos

Impactos dos exercícios físicos durante e depois da gravidez

Treinos devem ser liberados pelo médico e acompanhados por um profissional de Educação Física

Impactos dos exercícios físicos durante e depois da gravidez

Não emagreça para o verão!

Confira dicas para manter o shape em forma o ano todo.

Não emagreça para o verão!

Como estimular as crianças à uma boa alimentação

Situações simples do dia a dia podem ser aproveitadas para a educação alimentar.

Como estimular as crianças à uma boa alimentação

Dormir mais no final de semana recupera as noites perdidas?

Mudar hábitos é mais eficaz do que ficar mais tempo na cama no sábado e domingo.

Dormir mais no final de semana recupera as noites perdidas?

O que as três cidades mais inteligentes do País têm em comum?

Entenda porque Campinas, São Paulo e Curitiba merecem esse título.

O que as três cidades mais inteligentes do País têm em comum?

3 razões para incluir a prática da Atenção Plena em seu trabalho

Não é novidade que temos que estar capacitados perante os avanços da tecnologia e a uma enxurrada constante de informação.


Cirurgia devolve audição aos surdos

No Brasil, cerca 10,7 milhões de pessoas sofrem com a doença.

Cirurgia devolve audição aos surdos