Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Me sinto livre, posso casar?

Me sinto livre, posso casar?

10/06/2016 Flávio Melo Ribeiro

Somos nós que escolhemos e consequentemente nos comprometemos e nos responsabilizamos.

Liberdade é possibilidade de escolher. Na psicologia diz-se que a prova da liberdade é a angústia, pois é diante de uma escolha que implica nossa vida, que nos sentimos angustiado. E junto com a angústia vive-se o desamparo, pois nos sentimos inteiramente responsáveis pelo que escolhemos.

Por mais que possamos pedir conselho, ler a respeito, escutarmos opiniões, somos nós que escolhemos e consequentemente nos comprometemos e nos responsabilizamos. Não vamos confundir angústia com ansiedade. A ansiedade está ligada a tentativa de economização do tempo, é o desejo que tudo se resolva o mais rápido possível. Sofre-se por esperar. Na angústia o sofrimento é por não saber qual opção será a melhor, ou mesmo reconhecer que o caminho tomado não apresenta o resultado desejado.

A pessoa que se sente livre, sente-se senhora das suas próprias escolhas, sente-se segura e gosta de viver a responsabilidade da sua vida; é comum sentir-se incomodada quando o outro interfere nas suas escolhas. Mas quando está amando e percebe que pode ser feliz num relacionamento, vive a angústia ao se questionar: Me sinto livre, posso casar?

Casamento não é prisão, é compartilhamento, é soma para viver o amor que um sente pelo outro. Mas tome o cuidado de investir em alguém que respeite suas escolhas, ao mesmo tempo, é importante levar o outro também em consideração.

Uma vez atendendo no consultório de psicologia em Florianópolis, um paciente afirmou o quanto sentia-se gratificado por construir seu projeto familiar, comparou-o com um quebra-cabeça formado de peças sensíveis e encharcadas de emoções, que precisavam ser manuseadas com cuidado para não danificar, pois senão os encaixes seriam muito difíceis de serem feitos.

Citou o cuidado em não ofender, respeitar, tratar com carinho, procurar enxergar pelo olhar de quem se relacionava, mas também percebia a necessidade de dar limite ao outro para que suas próprias peças não fossem danificadas e ele vir a ser o problema de não se encaixar.

Citou diversas vezes que se sentia comprometido com a família, mas não preso. Sentia-se livre e responsável por ter escolhido viver em família, e com habilidade sabia compartilhar sua vida e apresentava os projetos de forma que todos pudessem viver algo em comum, sem sufocar ninguém. Isto não eliminava as dúvidas, sofrimentos e dores, mas o amor em família valia a pena.

* Flávio Melo Ribeiro é Psicólogo



Qual o sentido da sua vida?

O que é a vida? Diante dessa pergunta, logo nos vem à consciência a vida dos indivíduos, das pessoas.

Autor: Clécio Branco

Qual o sentido da sua vida?

A arrogância é exterminadora do sucesso

Apresento essa pesquisa para destacar que o começo de um “tombo empresarial” é a arrogância que nasce do sucesso.

Autor: Yuri Trafane

A arrogância é exterminadora do sucesso

São Cristóvão: padroeiro dos viajantes

O dia de São Cristóvão, em 25 de julho, é ocasião de pedir sua intercessão sobretudo nas viagens empreendidas.

Autor: Padre Alex Nogueira

São Cristóvão: padroeiro dos viajantes

6 devocionais para começar bem o dia

Confira uma seleção de obras que vão nutrir a alma e proporcionar momentos de reflexão.

Autor: Divulgação

6 devocionais para começar bem o dia

A importância dos passeios em família

Tem sido desafiador nos tempos atuais encontrar um tempo de qualidade para fazermos aquilo que nos traz bem-estar.

Autor: Aline Tayná de Carvalho Barbosa

A importância dos passeios em família

A nossa vida: estamos no controle?

"Eu deveria estar morto." Assim se pronunciou Donald Trump momentos após ter sido alvo de um disparo que lhe atingiu e quase interrompeu a sua vida.

Autor: Sheyner Yàsbeck Asfóra


A importância da audição para o desenvolvimento infantil

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5% da população brasileira sofre com algum tipo de deficiência auditiva.

Autor: Luciana Brites

A importância da audição para o desenvolvimento infantil

Colégio Santo Agostinho arrecada mais de 20 mil kits escolares para crianças do RS

Doações serão enviadas para crianças e adolescentes vítimas das enchentes que atingiram o Sul do país.

Autor: Divulgação

Colégio Santo Agostinho arrecada mais de 20 mil kits escolares para crianças do RS

Atitudes para gerir adequadamente as emoções

Emoções são a base de todos os relacionamentos e a forma como lidamos com elas define o quão longe iremos em nossos objetivos.

Autor: Janguiê Diniz


Sonhos, desafios e a busca por leveza: reflexões sobre a vida após os 70

O que significa aproveitar a vida? Esta é uma pergunta que muitos de nós já nos fizemos em algum momento.

Autor: Suely Tonarque

Sonhos, desafios e a busca por leveza: reflexões sobre a vida após os 70

Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Viver não é uma jornada tranquila e sem contratempos, não é como descansar em um lago de água morna, onde você pode deitar e relaxar.

Autor: Janguiê Diniz

Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Por que temos de sofrer as consequências do pecado de Adão e Eva?

Observando nossa história pessoal, não é difícil perceber que a cada escolha que fazemos nos tornamos responsáveis por suas implicações.

Autor: Padre Demétrio Gomes