Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Muito além do laço de sangue: família sob a ótica dos sentimentos

Muito além do laço de sangue: família sob a ótica dos sentimentos

11/05/2022 Beatriz Breves

No sentido tradicional, ao consultar o dicionário Aurélio, família significa: “1.

Muito além do laço de sangue: família sob a ótica dos sentimentos

Pessoas aparentadas, que geralmente vivem na mesma casa, particularmente o pai, a mãe e os filhos. 2. Pessoas do mesmo sangue (...) 5. Grupo de indivíduos que professam o mesmo credo, tem os mesmos interesses (...)”. Sem dúvida, essas são definições que representam o significado de relação familiar. Entretanto, se pensarmos em família sob a ótica dos sentimentos, o significado se amplia e vai além da condição social que se institui entre as pessoas.

Fato é que a família, se compreendida pelo viés do sentir, transpõe o viés biológico material e constitui, como sendo o seu elemento principal, o vínculo formando entre as pessoas. E isto porque o vínculo não só une, mas, também, teria por função auxiliar na construção da identidade e, assim, oferecer algum sentido à existência. Família é amor, paixão, harmonia, raiva, discórdia, culpa, ódio, remorso, amizade, desarmonia, solidariedade, conquista, derrota, vitória, enfim, sentimentos e sentimentos que colorem a vida das pessoas.

Tem a chamada "família original", aquela que, se tornando geradora de outros núcleos familiares, na continuidade da vida, replica a cultura e seus valores. Tem a família de amigos, trabalho, profissão, tem até a família por tradição. Sem falar da que é formada por amigos ou mesmo aquela que agrupa animais e seres humanos. Enfim, a familiaridade, pelo viés dos sentimentos, se forma, não pelos laços de sangue, mas pelos laços afetivos, melhor, pelo sentimento de pertencimento que une os seus integrantes.

E essa, talvez, seria a razão de que, desde os primórdios da história, independente da forma como seja ou tenha sido instituída, a família culmina por se tornar o grupo ideal para o ser humano aprender a se relacionar, a respeitar, enfim, a evoluir como gente. Até porque, o núcleo familiar, mesmo caminhando entre avenças e desavenças, é um grupo que está sempre aberto a acolher a pessoa que a ele é ligada por um vínculo, ou seja, pelos sentimentos. 

* Beatriz Breves é psicóloga, psicanalista, física e psicoterapeuta. Sua especialidade é a Ciência do Sentir e os mais de 500 sentimentos listados durante 35 anos de pesquisa.

Para mais informações sobre Família clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: LC Agência de Comunicação



Estudos comprovam que cigarro eletrônico causam danos à saúde

Entidades médicas esperam decisão da Anvisa sobre os dispositivos.

Estudos comprovam que cigarro eletrônico causam danos à saúde

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Há um ditado que afirma que “ser mãe é padecer no paraíso”, remetendo às contraditórias emoções que seriam desencadeadas pelas vivências cotidianas da maternidade.

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Pinhão, uma semente saudável e versátil no preparo

Rico em potássio, fibras e carboidratos ele garante uma refeição saborosa e nutritiva.

Pinhão, uma semente saudável e versátil no preparo

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


A esperança é o combustível da vida

A esperança corresponde à aspiração de felicidade existente no coração de cada pessoa.

A esperança é o combustível da vida

Amar a si mesmo como próximo

No documentário “Heal” (em Português, “Cura”), disponível no Amazon Prime, há um depoimento lancinante de Anita Moorjani, que, em Fevereiro de 2006 chegou ao final de uma luta de quatro anos contra o câncer.


O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A educação é o caminho da liberdade

O atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei é um desafio e necessita de um olhar resiliente e reflexivo, visto que é considerado um momento oportuno de mudanças.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil