Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O papel do pai na vida emocional dos seus filhos

O papel do pai na vida emocional dos seus filhos

06/08/2021 Elaine Ribeiro

Crescer, desenvolver-se, ser criado, amadurecer. Quando pensamos nessas etapas de vida, logo nos vem à mente a figura materna.

O papel do pai na vida emocional dos seus filhos

Mas qual o papel e a importância do pai em nosso desenvolvimento?

Essa interação, segundo pesquisas e diversos autores da psicologia, facilita a integração da criança na vida social, faz um rito de passagem da dependência materna para a independência e para as relações sociais. Auxilia, portanto, essa transição, visto que as primeiras experiências afetivas e relacionais do bebê se dão com a mãe, sendo que o pai é o primeiro “outro” na vida da criança.

Esse papel paterno, que ancestralmente traz sentido de medição protetora, sugere nos últimos tempos dar o lugar ao pai que traz consigo a grande preocupação com a manutenção material de sua família e está num emaranhado da disputa de papéis sociais e profissionais.

Os primeiros meses de vida devem ser apoiados pela figura paterna para estruturação psíquica da criança. Já no segundo ano de vida, esse papel contribui para sua socialização. Sua presença amorosa, ativa, que aponta caminhos e limites, contribuirá significativamente para uma personalidade saudável, que consiga lidar com os impactos negativos da vida, com as frustrações e ausências.

A figura paterna não se restringe ao pai biológico, sendo que na falta deste, a criança poderá identificar referências em avôs, irmãos mais velhos, tios, padrinhos, sendo importante que tanto meninos quanto meninas possam ter esse referencial afetivo, proporcionando uma etapa adulta mais segura e confiante.

Nos primeiros anos de vida é que esse contato masculino se faz necessário. Estudos comprovam que o desenvolvimento emocional da criança está impactado tanto pela presença de pai como de mãe.

É importante destacar que o fato de não haver um pai presente na mesma casa, pode sim, ser administrado, substituído e dado o conforto emocional à criança, pois essa paternidade, seja biológica ou não, favorece a vivência de relações afetivas positivas que englobam o cuidado que permitirá que ela também possa, em sua fase adulta cuidar de outros.

Mais do que sucesso material, é importante resgatar a figura de afeto e referência que está contida sim (talvez esquecida ou desvalorizada) no “ser pai”. Muitas preocupações estão relacionadas com o dar coisas, mas gestos simples como ir ao médico, à festa da escola, ver os trabalhos escolares, ajudar no banho, levar para dormir, jogar um jogo junto, ou seja, fazer parte do mundo do filho, são as mais ricas e especiais heranças que aquele que ocupa o papel paterno pode deixar. Nada complexo, nada caro, mas, certamente, um dos bens mais valiosos que alguém pode ter e, certamente, um adulto, no auge de sua vida, lembrará daquele momento especial vivido entre ele e seu pai, dos sentimentos e atitudes percebidos.

* Elaine Ribeiro é psicóloga clínica e organizacional da Fundação João Paulo II / Canção Nova.

Para mais informações sobre Pais e Filhos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Fundação João Paulo II / Canção Nova



Canal Angelini aborda as histórias das religiões

Nunca foi tão importante entender a história das religiões.

Canal Angelini aborda as histórias das religiões

Vulnerabilidade a seu favor: a verdadeira liderança

Vulnerabilidade: não podemos evitá-las e viver apenas em momentos seguros.

Vulnerabilidade a seu favor: a verdadeira liderança

Você controla seu celular ou é ele que te controla?

No ano de 2020, cada brasileiro que possui smartphone passou, em média, 4,8 horas por dia utilizando o seu aparelho, segundo o novo relatório anual da App Annie.

Você controla seu celular ou é ele que te controla?

O chá e seus efeitos benéficos

Quem nunca tomou algum medicamento medicamento sem receita médica?

O chá e seus efeitos benéficos

Direitos de crianças e adolescentes em meio à pandemia

As políticas públicas e a atuação das instituições que trabalham para garantir os direitos da criança e do adolescente, tema debatido há vários anos no meio público, ganharam um novo sentido durante a pandemia.

Direitos de crianças e adolescentes em meio à pandemia

Estamos mais intolerantes?

No Dia da Compreensão Mundial, psicóloga destaca que característica pode ser adquirida desde a infância.

Estamos mais intolerantes?

Como a chegada da primavera influencia na fertilidade masculina

Estudo mostra que durante a primavera os homens ficam mais férteis.

Como a chegada da primavera influencia na fertilidade masculina

O mistério da dor e da esperança de Maria

Quem não se impressiona com a manifestação do amor dedicado de uma mãe ao cuidar de um filho doente, acamado, necessitado de consolo e amparo?

O mistério da dor e da esperança de Maria

Oração aos insensatos

Começo dizendo que, na verdade, nem sei orar.

Oração aos insensatos

“Um Brasil que se alimenta e outro que não”

Famílias que nada tem e sofrem para sobreviver em meio à pandemia com o desemprego e a alta nos preços dos alimentos.


Métodos para estudar e entender a Bíblia

É necessário tratar de algumas questões ligadas à exegese e hermenêutica bíblicas.

Métodos para estudar e entender a Bíblia

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos

Em tempos de pandemia, organizar, limpar e cozinhar tem sido atividades rotineiras para muitas pessoas.

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos