Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os profissionais de saúde precisam de espiritualidade?

Os profissionais de saúde precisam de espiritualidade?

14/09/2016 Leide Lessa

Hoje, considera-se que a saúde espiritual também é uma estratégia de negócios.

Os profissionais de saúde precisam de espiritualidade?

Não fiquei surpresa ao ler que alguns hospitais e executivos de empresas de seguro de saúde não só tentam proporcionar um ambiente físico mas também espiritualmente sanador. Isso significa permitir e dedicar alguns momentos todos os dias para refletir, orar e participar em atividades comunitárias. 

Há dois anos tive a oportunidade de dar uma palestra aos professores da Escola de Enfermagem da Universidade Autônoma de Tamaulipas, na Cidade Victoria, México, sobre a importância da espiritualidade no seu trabalho. Entre várias ideias, compartilhei minha própria experiência, contando como me preparo mentalmente para melhor ajudar as pessoas. Comentei que eles poderiam fazer o mesmo. A receptividade foi tão grande que a professora e enfermeira-chefe do hospital pensou em oferecer uma palestra para os enfermeiros que trabalham sob a sua responsabilidade. Por isso, em novembro do ano passado voltei para a faculdade. A presença foi de mais de 100 profissionais de saúde daquele hospital.

Para todos os que trabalhamos com saúde, independentemente da experiência que temos, é muito importante cuidar de nossa própria saúde em primeiro lugar, pois assim podemos cuidar melhor dos pacientes. Um grande exemplo de profissionalismo e até mesmo de superação dos limites humanos e amor incondicional foi o de Florence Nightingale, fundadora da enfermagem moderna, que uma vez disse que seu sucesso se deveu ao fato de que "nunca deu ou aceitou uma desculpa" para deixar de ajudar ou de fazer o bem.

Como teóloga e contemporânea de Nightingale, Mary Baker Eddy explica que "filantropos empenhados em obras humanitárias [puderam] suportar, sem sucumbir, a fadiga e os riscos que a maioria das pessoas não teria aguentado", porque eles recebiam "o sustento da lei divina, que está acima da lei humana. A exigência espiritual ... proporciona energia e resistência que superam todos os outros auxílios, e impedem a penalidade que nossas crenças associariam às nossas melhores ações."

Quem não quer trabalhar sem se cansar, sem se expor ao perigo, sentindo-se sempre cheio de energia? Para alcançar esse objetivo, a qualidade do nosso pensamento é o mais importante. Reconhecer que quando cuidamos de alguém, a compaixão, a motivação e a sabedoria que expressamos têm sua origem na Mente divina, Deus, elimina o falsa senso de responsabilidade própria, e nos dá a capacidade de fazer bem o nosso trabalho.

É por isso que os profissionais de saúde precisam de espiritualidade. Reservar alguns momentos todos os dias para reconhecer que a fonte de energia, sabedoria e tranquilidade é divina, além de aceitar o Amor divino como o verdadeiro sanador é o alimento que todos nós precisamos, tanto para ajudar nossos semelhantes quanto para cuidar da nossa saúde mental e emocional.

* Leide Lessa é conferencista e professora da Ciência Cristã e escreve reflexões sobre saúde e espiritualidade. Contato: [email protected]



A arrogância é exterminadora do sucesso

Apresento essa pesquisa para destacar que o começo de um “tombo empresarial” é a arrogância que nasce do sucesso.

Autor: Yuri Trafane

A arrogância é exterminadora do sucesso

São Cristóvão: padroeiro dos viajantes

O dia de São Cristóvão, em 25 de julho, é ocasião de pedir sua intercessão sobretudo nas viagens empreendidas.

Autor: Padre Alex Nogueira

São Cristóvão: padroeiro dos viajantes

6 devocionais para começar bem o dia

Confira uma seleção de obras que vão nutrir a alma e proporcionar momentos de reflexão.

Autor: Divulgação

6 devocionais para começar bem o dia

A importância dos passeios em família

Tem sido desafiador nos tempos atuais encontrar um tempo de qualidade para fazermos aquilo que nos traz bem-estar.

Autor: Aline Tayná de Carvalho Barbosa

A importância dos passeios em família

A nossa vida: estamos no controle?

"Eu deveria estar morto." Assim se pronunciou Donald Trump momentos após ter sido alvo de um disparo que lhe atingiu e quase interrompeu a sua vida.

Autor: Sheyner Yàsbeck Asfóra


A importância da audição para o desenvolvimento infantil

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 5% da população brasileira sofre com algum tipo de deficiência auditiva.

Autor: Luciana Brites

A importância da audição para o desenvolvimento infantil

Colégio Santo Agostinho arrecada mais de 20 mil kits escolares para crianças do RS

Doações serão enviadas para crianças e adolescentes vítimas das enchentes que atingiram o Sul do país.

Autor: Divulgação

Colégio Santo Agostinho arrecada mais de 20 mil kits escolares para crianças do RS

Atitudes para gerir adequadamente as emoções

Emoções são a base de todos os relacionamentos e a forma como lidamos com elas define o quão longe iremos em nossos objetivos.

Autor: Janguiê Diniz


Sonhos, desafios e a busca por leveza: reflexões sobre a vida após os 70

O que significa aproveitar a vida? Esta é uma pergunta que muitos de nós já nos fizemos em algum momento.

Autor: Suely Tonarque

Sonhos, desafios e a busca por leveza: reflexões sobre a vida após os 70

Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Viver não é uma jornada tranquila e sem contratempos, não é como descansar em um lago de água morna, onde você pode deitar e relaxar.

Autor: Janguiê Diniz

Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Por que temos de sofrer as consequências do pecado de Adão e Eva?

Observando nossa história pessoal, não é difícil perceber que a cada escolha que fazemos nos tornamos responsáveis por suas implicações.

Autor: Padre Demétrio Gomes


Caridade: remédio contra o pecado

O amor a Deus que cultivamos em nossos corações são indicativos do espaço que damos para sua graça agir.

Autor: Padre Alex Nogueira

Caridade: remédio contra o pecado