Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Rejeição social aumenta a criatividade?

Rejeição social aumenta a criatividade?

23/08/2012 Divulgação

Estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, concluiu que a rejeição social pode inspirar o pensamento criativo em humanos.

A afirmativa, porém, é válida aos indivíduos que já se sentem excluídos e diferentes do resto da sociedade. A pesquisa foi publicada no periódicoJournal of Experimental Psychology: General.

“Para as pessoas que já se sentem separadas da multidão, a rejeição social pode ser uma forma de validação”, diz a pesquisadora Sharon Kim, coordenadora do estudo. “A rejeição confirma a pessoas independentes o que elas já sentem sobre elas mesmas: que não são iguais aos outros. Isso leva a uma maior criatividade”, afirma.

Por outro lado, a rejeição social tem o efeito oposto nas pessoas que se sentem mal com a exclusão e gostariam de pertencer a um grupo: ela inibe sua capacidade cognitiva.

De acordo com Sharon, muitos estudos psicológicos ao longo dos anos confirmaram esta afirmação. Em sua pesquisa, porém, a especialista considerou apenas o impacto da rejeição em pessoas que se orgulham em ser diferentes da maioria.

“Nós temos visto na sociedade uma crescente preocupação com as consequências negativas da rejeição social, em grande parte graças aos relatos da mídia sobre o bullying que ocorre nas escolas, no local de trabalho e na internet. O bullying, obviamente, é repreensivo e não produz nada de bom”, conta ela. “O que nós tentamos mostrar foi que a exclusão de um grupo pode ser positiva às vezes”, diz Sharon.

A pesquisadora afirma que tal conclusão pode trazer implicações práticas na hora de conseguir um emprego, por exemplo, já que os gestores têm preferência por funcionários criativos. A companhia pode agora dar mais atenção aos candidatos com personalidades que parecem fazê-los um alvo fácil de rejeição social, mas com criatividades que podem ser valiosas à organização.

 



Saiba como cuidar dos idosos no verão

No época mais quente do ano, os cuidados com os idosos devem ser redobrados.

Saiba como cuidar dos idosos no verão

A sua criança tem TOD ou é apenas birra?

A maioria de nós acha que entende o comportamento humano, até que o filho entra nas nossas vidas.

A sua criança tem TOD ou é apenas birra?

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

Essas são estratégias simples que podem ser adotadas por qualquer pessoa, mas não substituem a avaliação médica.

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

Quando a mente está em paz, o corpo acompanha

Desde o isolamento social devido à pandemia do novo Coronavírus, é grande o número de pessoas que procuram formas de passar o tempo e manter a saúde física e mental em dia.

Quando a mente está em paz, o corpo acompanha

Férias: hora de se divertir

Se tem um tempo que é muito esperado pelas crianças, esse tempo é o das férias.

Férias: hora de se divertir

A pandemia nos fez mais solidários?

Crises costumam ser impulsionadoras da solidariedade.

A pandemia nos fez mais solidários?

Conheça algumas dicas para o cultivo de orquídeas

Flores são capazes de sobreviver por vários anos a partir de cuidados no plantio, adubação e irrigação.

Conheça algumas dicas para o cultivo de orquídeas

Três passos para trazer paz à sua rotina

Podemos viver a vida com mais paz tendo o autoconhecimento. Confira!

Três passos para trazer paz à sua rotina

Férias, pausa e renovação: como aproveitar?

O ano de 2021 trouxe, para grande parte das pessoas, um sentimento de esgotamento maior do que em anos anteriores.

Férias, pausa e renovação: como aproveitar?

Pilates ajuda no combate dos problemas musculoesqueléticos da menopausa

Doenças que afetam o sistema musculoesquelético se tornaram um assunto de saúde pública.

Pilates ajuda no combate dos problemas musculoesqueléticos da menopausa

Não permita que as metas estabelecidas para o novo ano se transformem em frustrações

A definição de propósitos e a busca por conquistar objetivos, são ações benéficas que contribuem para o aumento da autoestima.

Não permita que as metas estabelecidas para o novo ano se transformem em frustrações

Fica com Deus 2021, seja bem-vindo 2022!

Sim, precisamos ter a coragem e o desapego necessários para dizer: “fica com Deus 2021” e seja bem-vindo 2022!

Fica com Deus 2021, seja bem-vindo 2022!