Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Seis hábitos que prejudicam os joelhos e como mudá-los

Seis hábitos que prejudicam os joelhos e como mudá-los

20/03/2022 Divulgação

Muitos problemas nos joelhos poderiam ser evitados por meio da adoção de medidas simples.

Seis hábitos que prejudicam os joelhos e como mudá-los

Como anda a saúde dos seus joelhos? Os joelhos são umas das articulações mais importantes do corpo humano. Contudo, uma das que mais sofrem e se desgastam ao longo da vida.

Muitos problemas nos joelhos poderiam ser evitados por meio da adoção de medidas simples, mas que a maioria das pessoas desconhece. Ao contrário de proteger os joelhos, adotamos hábitos que só aceleram seu desgaste e aumentam o risco de lesões.

Com a ajuda da fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em RPG e Pilates, elaboramos uma lista dos 6 hábitos mais prejudiciais para os joelhos e as soluções para protegê-los do desgaste e reduzir o risco de lesões. Confira.

1 - Usar sapatos com solado raso
Não são só os pés que sofrem com o uso de sapatos inadequados. Todos os calçados com solado raso, como chinelos, sapatilhas, rasteirinhas e tênis, por exemplo, não conseguem absorver o impacto dos joelhos durante a caminhada, corrida ou esportes. Além disso, esses calçados não oferecem suporte para o arco plantar dos pés.

Solução: Você não precisa doar seus calçados com esse tipo de solado. Contudo, você precisa escolher seus sapatos de acordo com a atividade que você vai praticar.

Caso seja possível, opte sempre por sapatos que tenham um solado mais alto para atividades do dia a dia. Para ficar em casa, escolha chinelos mais anatômicos e que oferecem, no solado, o suporte para o arco plantar.

Para praticar esportes de alto impacto, como corridas, jump ou até mesmo caminhadas mais intensas, escolha tênis com um bom sistema de amortecimento. Os sapatos sociais também precisam ter um solado mais alto. Essa recomendação vale para os homens e para as mulheres. Atualmente, é possível encontrar diversos modelos com solado “flatform”.

2 - Sentar-se com as pernas para trás
Grande parte da população passa longas horas sentada, todos os dias. Seja no escritório, no carro ou no transporte público, algumas posições podem prejudicar seus joelhos.

Entre as posturas ruins para a saúde da articulação estão o hábito de dobrar as pernas para trás ou as estendê-las para frente ao se sentar. Cruzar as pernas ou sentar-se sobre uma das pernas também é uma postura comum no dia a dia da população, mas extremamente ruim para os joelhos.

A adoção dessas posturas estressa a articulação de forma repetitiva. Com o tempo, você pode desenvolver tendinite, bem como uma osteoartrose.

Solução: Sempre que estiver sentado, os joelhos devem formar um ângulo de 90 graus em relação a cadeira, com os pés bem apoiados no chão.

3- Estar acima do peso
O sobrepeso e a obesidade são prejudiciais para a saúde como um todo. Contudo, os quilos extras podem afetar muito a saúde dos seus joelhos. Inclusive, essa é uma das principais causas de osteoartrose. Para cada quilo que você pesa, seus joelhos recebem quatro vezes mais carga.

Solução: Manter o peso ideal para sua composição corporal é a melhor forma de proteger seus joelhos do desgaste que resulta na osteoartrose.

4- Praticar esportes de alto risco
A prática esportiva é essencial para a saúde em geral. Contudo, alguns esportes aumentam os riscos de lesões importantes nos joelhos, como o rompimento do ligamento cruzado anterior (LCA).

Trata-se de uma lesão muito comum em jogadores de futebol, basquete e vôlei, por exemplo. 

As mulheres, em particular, têm um risco de 2 a 8 vezes maior de lesões do LCA em comparação com os homens. Entre os principais sintomas do rompimento do LCA estão:

Solução. Você deve e pode continuar a jogar sua pelada ou aquela partida de vôlei com os amigos. Para prevenir lesões nos seus joelhos, invista em treinamentos de musculação para fortalecer toda a cadeia muscular que atua na articulação.

5. Falta de Alongamento
Poucas pessoas na vida adulta costumam se alongar. O resultado é o encurtamento muscular que se traduz na perda da flexibilidade e da amplitude de movimento.

Nos joelhos, especificamente, a falta de alongamento afeta todos os músculos que atuam na articulação. A consequência é o aumento do desgaste das estruturas que aumenta o risco de lesões.

Solução: Pratique alongamentos todos os dias, se possível ao acordar. Os exercícios levam ao estiramento das fibras musculares que aumentam de comprimento. Como efeito, há um aumento da amplitude de movimento, ou seja, da flexibilidade.

6. Vida sedentária
O sedentarismo é a causa de diversas doenças. O corpo humano não foi feito para ficar parado, exceto na hora de dormir. Em relação aos joelhos, a falta de atividades físicas pode levar à atrofia dos músculos que os sustentam, bem como há redução da amplitude de movimento.

Solução: Você não precisa frequentar uma academia para se exercitar. Insira no seu dia a dia momentos em que possa caminhar. No escritório, levante a cada 50 minutos para pegar água, tomar um café ou simplesmente para mexer o corpo. Caso trabalhe em casa, siga a mesma recomendação. Procure também se alongar ao longo do dia.

Para mais informações sobre joelho clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Agência Health



O valor de um abraço

Livro de poesias nasce em homenagem aos milhões de abraços perdidos durante a pandemia de Covid-19.


4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

O cérebro não reconhece a diferença entre o pensamento e a realidade.

4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

O ganho de peso entre crianças e adolescentes dá sinais de alerta global há algumas décadas.

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

Troco Solidário Havan beneficia mais de 140 instituições

Somente no primeiro semestre de 2022, foram arrecadados mais de R$ 6 milhões nas lojas da rede.


O ego e outras drogas

Acho muito pouco elegante usar a si mesmo como referência ou um autor citar uma frase de sua própria autoria para exemplificar algo.

O ego e outras drogas

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

Cerca de 4% das crianças não desenvolvem o arco plantar e podem ter problemas nos membros inferiores na vida adulta.

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos aumentou, e como consequência, tivemos um crescimento significativo de idosos.

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

No segundo trimestre de 2022, varejista destinou mais de R$ 1,6 milhão aos projetos de lei federal.

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

Atividades para acalmar crianças autistas

Lidar com as emoções nem sempre é fácil.

Atividades para acalmar crianças autistas

Por que se desconectar da internet?

É comum querermos proteger e privar crianças e adolescentes do uso constante do celular.

Por que se desconectar da internet?

Dia mundial dos avós

Neste domingo, 24 de julho de 2022, comemoramos o II Dia Mundial dos Avós.

Dia mundial dos avós

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

O hálux valgo, mais conhecido como “joanete” é uma das deformidades mais comuns dos pés.

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida