Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Uma história fantástica, e simples…

Uma história fantástica, e simples…

29/08/2006 Divulgação

Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões.

Sua cama estava junto da única janela do quarto. O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas. Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres e famílias, das suas casas, dos seus empregos, onde tinham passado as férias.

E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, ele passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as coisas que ele conseguia ver do lado de fora da janela.

O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a atividade e cor do mundo do lado de fora da janela.

Segundo a descrição, a janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem e uma tênue vista da silhueta da cidade podia ser vista no horizonte.

Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava a pitoresca cena.

Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia a passar.

Embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, ele conseguia vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retratava através de palavras bastante descritivas.

Dias e semanas passaram. Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia.

Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo. Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca.

Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto. Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora.

Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela que dava, afinal, para uma parede de tijolo!

O homem perguntou a enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela.

A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer conseguia ver a parede. "Talvez ele quisesse apenas dar-lhe coragem...".

Moral da História:

Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos nossos próprios problemas. A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando partilhada, é dobrada.

Se você quer se sentir rico, conta todas as coisas que tens que o dinheiro não pode comprar. "O dia de hoje é uma dádiva, por isso é que o chamam de presente".



Natação para bebês estreita relações afetivas

Eles podem desenvolver noções de relacionamento em grupo e respeito por meio do esporte.

Natação para bebês estreita relações afetivas

Idosos em quarentena: a rotina de autocuidados

Inchaço, rachaduras e micoses nos pés são muito comuns na terceira idade, veja como minimizar estes problemas sem precisar sair de casa.

Idosos em quarentena: a rotina de autocuidados

Quarentena – como controlar a vontade de comer?

Ficar em casa, sem saber ao certo quando retomaremos a rotina... o trabalho, a escola, a academia, o encontro com os amigos.

Quarentena – como controlar a vontade de comer?

Sabão, sabonete ou detergente: com qual devo lavar as mãos?

Para esclarecer essa dúvida, a doutora na área de biologia de microrganismos e parasitas explica o uso correto de cada um desses produtos.

Sabão, sabonete ou detergente: com qual devo lavar as mãos?

Escola do Barreiro produz máscaras para moradores de rua

Iniciativa conta com apoio da Arquidiocese de Belo Horizonte, em parceria com a Pastoral de Rua.

Escola do Barreiro produz máscaras para moradores de rua

Exclusivo: método revela como ter uma barba cheia e forte

Novidade no Brasil tem preocupado os donos de clínicas de estética que estão perdendo clientes masculinos, pois muitos estão descobrindo esse novo tratamento inédito no Brasil.

Exclusivo: método revela como ter uma barba cheia e forte

Tratamentos estéticos que contribuem para a autoestima durante a velhice

Radiofrequência e luz pulsada são alguns dos procedimentos indicados para cuidar da aparência a partir dos 50 anos.

Tratamentos estéticos que contribuem para a autoestima durante a velhice

Como aumentar a imunidade com uma alimentação balanceada

Uma dica é substituir os biscoitos industrializados por frutas, iogurtes, oleaginosas e chás.

Como aumentar a imunidade com uma alimentação balanceada

As artimanhas dos assaltos a condomínios

Todos os dias, somos surpreendidos por casos inusitados de invasão a condomínios.


Quando substituir o botox pela cirurgia plástica?

A toxina botulínica não ameniza muito o envelhecimento avançado e, em excesso, deixa a face enrijecida, perdendo a graça da naturalidade.

Quando substituir o botox pela cirurgia plástica?

O que o coronavírus tem a ver com a sua alimentação?

A psicóloga Vanessa Bassan dá dicas de como enfrentar esse momento sem descontar na comida.

O que o coronavírus tem a ver com a sua alimentação?

Qual a relação entre o exercício físico e uma boa noite de descanso?

Quando o indivíduo se exercita, o organismo libera várias substâncias que podem melhorar a qualidade do sono.

Qual a relação entre o exercício físico e uma boa noite de descanso?