Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Você está avaliando 2016 ou pensando em 2017?

Você está avaliando 2016 ou pensando em 2017?

03/01/2017 Leide Lessa

Sim Sanders, escreveu um artigo no qual questiona por que as pessoas na Internet resolveram chamar 2016 o pior ano.

Você está avaliando 2016 ou pensando em 2017?

 Sanders diz que “a cada cinco minutos recebemos más notícias, comentários ruins no Twitter, um link no Facebook...". Embora as notícias não sejam pessoais, elas nos afetam.

Em outras palavras, notícias pessimistas, comentários negativos, problemas e eventos, mortes de cantores e atores queridos fazem com que as pessoas acreditem que este ano é o pior de todos, sem perceber que há coisas boas acontecendo. Esse é um tipo de hipnotismo coletivo, isto é, as pessoas inconscientemente só vêem um lado, como se estivessem cegos para o outro.

Por isso veja como você está avaliando este ano, para que você não sofra com esse tipo de hipnotismo coletivo. Como disse Einstein, “Nós não podemos resolver problemas usando o mesmo tipo de pensamento que usamos quando os criamos.” É natural querer resolver problemas próprios e alheios.

A grande pensadora norte-americana, Mary Baker Eddy, autora de Ciência e Saúde — “um dos 75 livros escritos por mulheres, cujas palavras mudaram o mundo — disse: “A Ciência Cristã ... desembaraça as ambiguidades entrelaçadas do existir e liberta o pensamento aprisionado.”

O pensamento coletivo hipnotizado está “preso”, só vê problemas. Para contribuir com soluções e se preparar para um ano melhor, você tem de buscar inspiração e força na Mente divina e ver o bem que ocorreu em sua vida e no mundo.

É importante estar informado, mas sem deixar que a informação afete o humor, a saúde e as metas pessoais.

Imagine como um escultor olha para o seu modelo constantemente para criar sua obra. Da mesma forma, somos escultores do nosso pensamento e o modo de viver é a nossa obra. Se o nosso modelo é a saúde, o bem e a justiça, procuremos mais desses exemplos nos outros e em nós mesmos.

Isso não é apenas um conceito positivo ingênuo, mas um modo científico de pensar e de pautar a vida, o qual traz bons resultados pessoais e coletivos por ser fundamentado na lei espiritual da harmonia. Sei disso por experiência própria e o tenho visto em várias ocasiões na vida de outros.

Seu Ano Novo pode depender muito de qual modelo você põe à frente do seu pensamento, do que você espera de si mesmo e da confiança no seu próprio progresso.

Vou dar-lhe alguns exemplos de modelos para os quais pretendo olhar constantemente em 2017 e espero inspirá-lo a pensar em modelos para você mesmo:

• Expressar amabilidade e gentileza para com todos
• Ter paciência comigo e com os demais
• Não julgar, não condenar, não menosprezar, não comentar algo indevido
• Sentir a energia divina que traz renovação constante

Ao olhar para esses e outros modelos constantemente, nosso trabalho só pode ser bom, e até mesmo contribui para libertar o pensamento coletivo e ver o outro lado — o lado do bem!

* Leide Lessa é professora e conferencista da Ciência Cristã e escreve reflexões sobre a vida e espiritualidade para o Comitê de Publicação.
Email: lessal@csps.com Twitter: @LeideLessa Facebook: Leide Lessa



Brasil ganha solução de transporte para pessoas com deficiência

Com a facilidade dos aplicativos, empresa de serviços e tecnologia lança solução para passageiros com mobilidade reduzida. Iniciativa.

Brasil ganha solução de transporte para pessoas com deficiência

Luta funcional pode queimar até 800 calorias por hora

A atividade física auxilia na coordenação motora, resistência e agilidade. Mistura golpes de Muay Thai, Boxe e Kickboxing com treinamento funcional.

Luta funcional pode queimar até 800 calorias por hora

Hábitos simples podem ser determinantes para uma boa saúde

Especialista dá dicas de como pequenas mudanças de hábitos podem beneficiar a sua saúde.

Hábitos simples podem ser determinantes para uma boa saúde

Mães em jornada dupla: Como ser pai e mãe ao mesmo tempo?

Os dias começam com uma longa lista de afazeres. Acordar antes de todos em casa, preparar o café da manhã, acordar os filhos e prepará-los para a escola, garantir que tudo esteja em seu devido lugar, e só assim, sair para trabalhar e enfrentar o mundo.

Mães em jornada dupla: Como ser pai e mãe ao mesmo tempo?

Como me tornar mais criativo?

Diversos estudos na neurociência já comprovaram que é possível se tornar mais criativo ou inteligente. Tudo depende do quanto nós nos desafiamos.

Como me tornar mais criativo?

Vinho tinto tem substância que ajuda a reduzir estresse, diz estudo

Pesquisadores da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, afirmam que o composto resveratrol, presente na uva, tem efeito relaxante.

Vinho tinto tem substância que ajuda a reduzir estresse, diz estudo

Caminhos para o sucesso e felicidade

“A felicidade não depende do que você tem ou quem você é. Só depende do que você pensa”.


Os 7 alimentos que ajudam na digestão

Saiba por que alguns alimentos são benéficos para o sistema digestivo e quais devem ser evitados.

Os 7 alimentos que ajudam na digestão

Meu filho não sai do celular, o que fazer?

Brincar na rua, pular corda, soltar pião, jogar bolinha de gude, andar de carrinho de rolimã, soltar pipa.... Ah, as brincadeiras da infância! Que tempo bom!

Meu filho não sai do celular, o que fazer?

Carreira de sucesso e boa qualidade de vida

4 dicas para conciliar carreira de sucesso e boa qualidade de vida.


Produtos naturais impulsiona mercado de cuidados com pele e cabelo

A preocupação com pele e cabelo representa grande parte das compra no mercado de beleza no Brasil.

Produtos naturais impulsiona mercado de cuidados com pele e cabelo

Gosto musical depende da estrutura do cérebro

Pesquisa científica mostra que a emoção causada por diferentes estilos musicais varia de acordo com a composição cerebral

Gosto musical depende da estrutura do cérebro