Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Você sabe escovar os dentes corretamente?

Você sabe escovar os dentes corretamente?

14/11/2014 Divulgação

É importante fazer a correta higienização da língua para evitar o surgimento de doenças e mau hálito.

Algumas tarefas, de tão rotineiras, acabamos cumprindo no “piloto automático”. Mas se pararmos para pensar será que estamos fazendo corretamente? A pergunta se estende a uma das primeiras ações do cotidiano que assimilamos na infância: a escovação dos dentes.

A dentista Fabíola Piva, do consultório Fabíola Piva Odontologia, explica que alguns cuidados devem ser tomados para que a escovação cumpra o seu papel: prevenir e controlar doenças bucais.

Uma delas é a técnica de escovação. “Em primeiro lugar é importante escolher o creme dental mais adequado e colocá-lo na quantidade certa sobre as cerdas da escova”, ensina Fabíola. De acordo com a especialista o equivalente a um grão de ervilha é quantidade suficiente para fazer uma boa higienização.

Mas a especialista alerta que, para uma correta escovação, devemos conhecer nossos dentes e saber que eles possuem cinco faces. “Elas são classificadas em Faces Proximais (entre os dentes); Face Vestibular (fica em contato com a bochecha) – é a que aparece no sorriso; Face Lingual ou Palatina (cuja superfície do dente fica em contato com a língua) e Face Oclusal (é a parte superior dos dentes, onde trituramos os alimentos).

Segundo a dentista todas as faces devem ser limpas corretamente principalmente antes de dormir. “Com a diminuição da salivação durante o repouso o risco do surgimento de cárie e doença periodontal aumenta bastante”, esclarece.

Mas para não errar é importante começar o processo com o uso do fio dental. “Ele é imprescindível para remover resíduos das faces proximais”, salienta a dentista, que acrescenta: “Principalmente na escovação noturna é importante utilizar o fio dental para a remoção de resíduos depositados entre os dentes ao longo do dia”.

Para obter melhores resultados enrole cerca de 50 cm entre os dedos e passe-o pelos espaços entre os dentes. “Sem colocar muita força contra a gengiva para não machucar”, alerta a dentista. Ainda segundo ela, a forma para obter melhor desempenho é envolvendo cada dente formando um “C”. Depois deslize delicadamente de cima para baixo e a partir da gengiva. Vá utilizando partes limpas do fio para cada dente, a fim de evitar contaminação.

Escovação
Logo após devemos posicionar a escova em um ângulo de 45 graus em relação à superfície do dente. “Parece complicado, mas esta é a melhor maneira que as cerdas da escova entrem no espaço existente entre a gengiva e o dente”, orienta Dra. Fabíola.

Daí a orientação é fazer movimentos de vai e vem da gengiva para a face oclusal (parte superior), tanto nas faces vestibular (do lado da bocheca) como na lingual e palatina (que fica em contato com a língua). Feito isso devemos escovar a face oclusal com movimentos de vai e vem também.

Por último, é imprescindível fazer a limpeza adequada da língua. “Ela é o maior depósito de resíduos da boca e, como dispõe de anatomia papilar há grande chance de formação da saburra lingual - uma massa composta por células descamadas da própria boca, de bactérias e muco da saliva – que acaba gerando mau hálito. “Daí a importância da utilização dos raspadores de língua”, diz Dra. Fabíola.



Ajuda psicológica traz confiança e aceitação para quem vive com HIV

Pessoas que vivem com o vírus podem apresentar as mesmas angústias e receios.

Ajuda psicológica traz confiança e aceitação para quem vive com HIV

Sempre é tempo para começar a pedalar

Segundo psicóloga, o sistema cognitivo de aprendizado dos adultos é diferente de quando criança, mas é possível desenvolver novas habilidades.

Sempre é tempo para começar a pedalar

O fetiche do cinema e o autismo

O autismo infantil é um assunto que tem dominado a agenda dessa semana.

O fetiche do cinema e o autismo

Por que usar muito a cabeça não é pensar com inteligência ?

O cérebro humano é um órgão incrível, mas, assim como a própria natureza humana ele também é limitado.

Por que usar muito a cabeça não é pensar com inteligência ?

Boca seca é alerta: descubra as causas e saiba como prevenir

Conheça as verdadeiras causas da boca seca.

Boca seca é alerta: descubra as causas e saiba como prevenir

Conheça as verdadeiras causas da boca seca

A xerostomia ou boca seca é mais comum entre os mais idosos.

Conheça as verdadeiras causas da boca seca

O condomínio é responsável por danos aos veículos nas garagens?

O condomínio não tem personalidade jurídica.

O condomínio é responsável por danos aos veículos nas garagens?

Mulheres de 50 anos, o tempo de ser feliz é agora!

Se alguém ainda acredita que uma mulher de 50 anos ou mais está no declínio da sua vida anda meio desinformado.

Mulheres de 50 anos, o tempo de ser feliz é agora!

O futuro é digital e é idoso

O que aprendi com minha mãe de 83 anos durante a pandemia.

O futuro é digital e é idoso

Crianças homenageiam heróis no combate ao Covid-19

Estudantes irão entregar uma faixa aos profissionais de saúde do Hospital Universitário da UEL, em Londrina (PR).

Crianças homenageiam heróis no combate ao Covid-19

Sorrir melhora a autoestima e o humor, promovendo conexão pessoal e bem-estar

Ter autoconfiança na hora de sorrir aumenta a autoestima, gera conexão com outras pessoas, melhora o humor, libera hormônios de bem-estar e pode até promover o rejuvenescimento.

Sorrir melhora a autoestima e o humor, promovendo conexão pessoal e bem-estar

Experiência de vida muda comunicação entre cães e humanos, diz estudo

Animais domésticos têm troca de olhares mais intensa com os donos.

Experiência de vida muda comunicação entre cães e humanos, diz estudo