Portal O Debate
Grupo WhatsApp


94 funcionários da Câmara recebem quase R$ 43 mil

94 funcionários da Câmara recebem quase R$ 43 mil

17/07/2013 Divulgação

Enquanto o povo sofre com os baixos salários, funcionários públicos recebem valores exorbitantes.

Uma lista com nomes de 94 funcionários de nível médio da Câmara dos Deputados recebem salários bem acima dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), cuja remuneração é usada como referência para o teto constitucional dos vencimentos no serviço público. Esses servidores de carreira técnica custam à Casa cerca de R$ 44 milhões por ano.

Os salários brutos mensais variam entre R$ 42.805 e R$ 31.233, e os valores líquidos, de R$ 29.639 a R$ 21.774 segundo checagem realizada na seção de “transparência” da página eletrônica da Câmara. Ministros do STF recebem remuneração básica de R$ 28.059. No caso dos que estão também no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há uma gratificação extra, de R$ 3.086, que eleva o ganho total para R$ 31.145 ao mês.

Mesmo esses ministros mais bem pagos do que os demais colegas do Supremo perdem a corrida salarial para o grupo de funcionários de nível médio da Câmara: levam para casa, depois do pagamento de todos os tributos, R$ 21.133. Foi considerada, no caso do Supremo, a remuneração de maio, já que a de junho incluía pagamento de adicional de férias, o que não ocorreu no caso dos funcionários da Câmara. No Superior Tribunal de Justiça (STJ), os salários giram em torno desses valores, com alguma variação por conta de itens eventuais. No contracheque mensal, um parlamentar fica, após os descontos, com R$ 18.080.

Fonte: Correio Brasiliense



Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE

A área a ser colhida é estimada em 64,9 milhões de hectares.

Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE

Como a queda da taxa de juros Selic impacta nossas vidas?

No dia 05 de agosto foi anunciado pelo Copom (Comitê de Política Monetária) mais um corte na Taxa de Juros Selic.

Como a queda da taxa de juros Selic impacta nossas vidas?

Ministério da Economia estuda o fim da meia-entrada

Com a consulta pública sobre a obrigatoriedade do privilégio da meia-entrada nos cinemas brasileiros, o segmento de eventos acredita na possibilidade de acabar com essa 'injustiça histórica'.

Ministério da Economia estuda o fim da meia-entrada

Desemprego chega a 13,3% no segundo trimestre

População ocupada tem menor nível da série iniciada em 2012.

Desemprego chega a 13,3% no segundo trimestre

Getty Images premia 8 projetos fotográficos sobre a pandemia

Getty Images premia com US$ 40,000 fotojornalistas que documentam o impacto da pandemia em suas comunidades.

Getty Images premia 8 projetos fotográficos sobre a pandemia

Endividamento dos brasileiros já indicava alta antes mesmo da pandemia

Estudo especial da CNC mostra que condições de crédito mais favoráveis a partir de 2019 impulsionaram a contração de dívidas pelas famílias.

Endividamento dos brasileiros já indicava alta antes mesmo da pandemia

Correios lançam selos comemorativos inspirados em doodles

Edição comemora Dia Nacional do Selo.

Correios lançam selos comemorativos inspirados em doodles

O mito das redes sociais nas Eleições 2020

Nas últimas duas eleições, em 2016 e 2018, a presença das redes sociais deu uma nova cor à corrida eleitoral.

O mito das redes sociais nas Eleições 2020

Caixa pagou R$ 140,3 bilhões em benefícios este ano

Valor corresponde à Bolsa Família e ao auxílio emergencial

Caixa pagou R$ 140,3 bilhões em benefícios este ano

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

Nova cédula terá como personagem o lobo-guará.

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

País registra perda de 10,9 mil vagas de empregos formais em junho

No acumulado do ano, saldo de admissões e demissões ficou negativo.

País registra perda de 10,9 mil vagas de empregos formais em junho

Bilionários ficam imunes à crise econômica na pandemia, mostra estudo

No Brasil, 42 bilionários aumentaram suas fortunas em US$ 34 bilhões.

Bilionários ficam imunes à crise econômica na pandemia, mostra estudo