Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Assassinatos de indígenas crescem 22,7% em 2018, mostra relatório

Assassinatos de indígenas crescem 22,7% em 2018, mostra relatório

25/09/2019 Da Redação

Mapeamento feito pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), foi lançado na sede da CNBB, em Brasília.

Assassinatos de indígenas crescem 22,7% em 2018, mostra relatório

O número de assassinatos de indígenas no Brasil aumentou de 110, em 2017, para 135, em 2018, um crescimento de 22,7%. Os estados com mais registros no ano passado foram Roraima, onde ocorreram 62 homicídios, e Mato Grosso do Sul, onde foram contabilizadas 38 mortes.

As informações, levantadas a partir de mapeamento de casos em todo o país feito pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), estão no relatório Violência contra os Povos Indígenas do Brasil – Dados 2018. O documento foi lançado nesta terça-feira (24/09) na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.

Em episódios classificados como “violência contra a pessoa”, o levantamento listou no ano passado 22 tentativas de assassinato, 18 homicídios culposos, 15 episódios de violência sexual, 17 casos de racismo e discriminação étnico-racial, 14 ameaças diversas, 11 situações de abuso de poder e oito ameaças de morte.

A pesquisa também mapeou invasões de terras indígenas, exploração ilegal de recursos naturais e danos diversos ao patrimônio dessas populações. Em 2018, a equipe responsável contabilizou 111 situações como essas. O número foi maior do que o registrado em 2017, quando o Cimi reconheceu 96 situações semelhantes.

No lançamento do documento, foram apresentados dados parciais relativos a 2019 até o mês de setembro. Segundo a entidade, foram mapeados 160 casos de invasão de terra ou exploração ilegal de recursos em 153 terras indígenas.

Fonte: Agência Brasil



Especialistas comentam investimentos externos de US$ 75 bilhões em 2019

“Há uma ampla perspectiva de aumento de investimentos no Brasil por conta do ajuste fiscal e da reforma administrativa".

Especialistas comentam investimentos externos de US$ 75 bilhões em 2019

Brasil cai em ranking de percepção da corrupção

O Brasil ocupa a 106ª posição de 180 países avaliados , segundo a Transparência Internacional.

Brasil cai em ranking de percepção da corrupção

Apreensões da Receita batem recorde em 2019

Valor chega a R$ 3,26 bilhões e supera em 3,22% o volume de apreensões no ano anterior.

Apreensões da Receita batem recorde em 2019

Brasileiros apontam saúde pública e combate ao desemprego como prioridades para 2020

Pesquisa CNDL/SPC Brasil mostra que os brasileiros estão, em algum grau, otimistas com o cenário para 2020.

Brasileiros apontam saúde pública e combate ao desemprego como prioridades para 2020

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Documento ressalta o reconhecimento dos direitos indígenas nos artigos 231 e 232 da Constituição Federal de 1988.

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Bilionários do mundo têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas

Dado consta de relatório da organização não governamental Oxfam.

Bilionários do mundo têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas

População da China aumenta para 1,4 bilhão de habitantes

Número é divulgado pelo Departamento Nacional de Estatísticas.

População da China aumenta para 1,4 bilhão de habitantes

Carnaval ascende alerta para o uso do preservativo

O mau hábito de não usar camisinha durante a relação sexual é a principal causa do contágio do HPV.

Carnaval ascende alerta para o uso do preservativo

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019

Destaque foi no comércio de milho, carnes e algodão.

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019

Valor da cesta básica subiu em 16 das 17 capitais pesquisadas em 2019

Preço da cesta básica caiu apenas em Aracaju, diz Dieese

Valor da cesta básica subiu em 16 das 17 capitais pesquisadas em 2019

Por que o futebol brasileiro anda tão atrasado?

O dinheiro tem sido tão importante quanto a qualidade do futebol.

Por que o futebol brasileiro anda tão atrasado?

Despesas de início de ano ‘apertam’ brasileiros

Em cada dez brasileiros, apenas um tem renda suficiente para pagar despesas de início de ano, mostra pesquisa CNDL/SPC Brasil.

Despesas de início de ano ‘apertam’ brasileiros