Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Brasil registrou 69 mil acidentes em rodovias federais em 2018

Brasil registrou 69 mil acidentes em rodovias federais em 2018

19/09/2019 Divulgação

Painel CNT registrou que 14 pessoas morreram por dia.

Brasil registrou 69 mil acidentes em rodovias federais em 2018

Em 2018, foram registrados nas rodovias federais 69.206 acidentes, sendo 53.963 com vítimas (mortos ou feridos). Do total de vítimas, houve 5.269 mortes. Os dados fazem parte de um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), lançado nesta quinta-feira (19/09).

Tanto o número de acidentes quanto o número de mortes são os menores desde que o  Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários começou a ser realizado, em 2007.

Segundo o levantamento, pelo menos 14 pessoas morreram por dia nas rodovias federais em 2018. Desde que a pesquisa começou a ser feita, foram registradas 88.749 mortes. Incluindo feridos, em média, ocorreram 82 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros de rodovia em 2018.

Tanto o número de acidentes quanto o de mortes seguiram uma tendência parecida entre 2007 e 2018. Os dados iniciais mostravam 128.440 acidentes e 7.065 mortes em 2007. Em geral, os dois índices tiveram uma tendência de alta, chegando aos seus ápices em 2011, quando foram registrados 192.322 acidentes com 8.675 mortes nas rodovias federais.

A partir de 2012, houve uma tendência de queda, tanto no número de acidentes quanto de mortes. De 2014 para 2015, houve uma queda maior em relação aos anos anteriores. O mesmo fenômeno se repetiu entre 2017 e 2018, porém de forma menos acentuada. O número de acidentes caiu de 89.396, em 2017, para 69.206 no ano passado e o de mortes, de 6.243, em 2017, para 5.269 em 2018.

Fonte: Agência Brasil



Por que plano de saúde está tão caro?

Não é de hoje que os planos de saúde estão ficando cada vez mais caros.

Por que plano de saúde está tão caro?

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

De janeiro a abril foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões.

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Cliente vai receber R$ 15 mil por danos morais.

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Do momento em que os casos de covid-19 começaram a aparecer fora da China, a moeda norte-americana acelerou o movimento de alta dos preços.

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

As fake news estão ultrapassando os prejuízos financeiros e de credibilidade nas empresas e invadindo o judiciário com dezenas de processos.

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Somente o BC pode emitir moeda e somente o TN pode emitir títulos e pagar as despesas do Governo Federal.

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O projeto-piloto que autoriza a realização de casamentos civis por videoconferência e escritura pública digital foi ampliado.

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?

A crise causada pelo Coronavírus já vinha elevando o preço do dólar que, nos últimos tempos, estava apresentando patamares históricos.

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?

Dólar alto será positivo para a economia em período de pandemia

“Não é ruim no momento, mas quando a economia retomar, o 1º fator que vamos ver é a inflação”

Dólar alto será positivo para a economia em período de pandemia

Ministério lança canal para registro de denúncias trabalhistas

Nova ferramenta registrará denúncias trabalhistas no portal Gov.br.

Ministério lança canal para registro de denúncias trabalhistas

Edição 2020 da Corrida de Juiz de Fora será virtual e beneficente

Organizador propõe desafio pela internet para corredores e ciclistas.

Edição 2020 da Corrida de Juiz de Fora será virtual e beneficente