Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como criar renda e empregos por meio da indústria brasileira de combustíveis

Como criar renda e empregos por meio da indústria brasileira de combustíveis

28/05/2021 J. A. Puppio

O Brasil e o Iraque são países que possuem suas próprias fontes de petróleo nas quais fazem suas respectivas extrações.

Como criar renda e empregos por meio da indústria brasileira de combustíveis

Ambos exportam para todo o mundo cobrando o mesmo preço.

No caso do Iraque, antes as usinas que refinavam o petróleo eram estrangeiras, vindas da Inglaterra, França e Alemanha, mas agora são todas indústrias nacionais. Por conta disso, hoje um litro de gasolina neste país custa mais ou menos 10 centavos de dólar, que convertidos para a moeda brasileira são aproximadamente 50 centavos.

Porém, aqui no Brasil pagamos R$5,00 o litro, ou seja, 10 vezes mais que no Iraque. E é importante ressaltar que o petróleo e a refinaria são nossos. A Petrobras é a única empresa que pode explorar, refinar e vender o combustível fóssil no País.

Uma das maiores questões que fica é: se o Iraque pode vender petróleo a 10 centavos de dólar, porque também não podemos fazer o mesmo?

Uma solução para que isto ocorresse seria se o governo privatizasse todo o esquema da Petrobras. Dessa forma, a privatização traria uma diminuição nos preços para o consumidor final. Se qualquer indústria pudesse importar e refinar o combustível fóssil, desde que repassasse os impostos, acredito que pelo menos os preços seriam em média R$ 1,00 por litro.

Agora, outro lado é que a Petrobras também domina a fabricação de etanol, mesmo não tendo uma fazenda de cana-de-açúcar ou de outras matérias-primas. O esquema é todo particular, onde o produtor é quem planta a matéria-prima e refina o álcool, mas que não pode comercializar como combustível, apenas como álcool etílico, porque apenas a estatal pode.

Além disso, temos 350 indústrias de álcool em nosso País. Se pensarmos que cada uma tenha 500 funcionários, então é possível dizer que o número de empregados total deste setor gira em torno de 175 mil trabalhadores.

Agora, e se fosse proibido o uso da gasolina e do diesel no Brasil? Todos motores de combustão interna teria que ser a álcool. Quantas indústrias de etanol não surgiriam?

Estimo que seriam umas 300 mil usinas produzindo álcool para o Brasil, isso resultaria em mais de 150 milhões de empregos gerados. Sem contar que nós poderíamos estar invadindo o mercado de grandes países consumidores deste combustível.

Então, com essa proibição, todo mundo deveria passar a usar etanol. E seria possível, visto que íamos ter mais ou menos 300 mil usinas para dar conta da demanda. O melhor de tudo estaria na capacidade do álcool ser renovável, ou seja, não acabaria nunca.

Para que isso tudo ocorra, o governo deveria baixar uma lei que só permitisse etanol em motores brasileiros, além de privatizar todo esquema da Petrobras, com foco em usar o petróleo para exportação. Então, se levarmos em conta que 3 milhões de barris por dia que são extraídos no Brasil, isso criaria uma renda enorme para governo federal, porque seria vendido sob a luz do dólar. É uma sugestão  que traria muitas divisas ao País, criaria emprego e renda. Basta vontade política.

*J. A. Puppio é empresário e autor do livro Impossível é o que não se tentou.

Para mais informações sobre Combustível clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Vervi Assessoria



Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Até o fim do ano, serão distribuídos 60 milhões de testes.

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade

Implantação de novos equipamentos em trechos sob responsabilidade do DER-MG ocorrerá de forma gradativa e com ampla divulgação.

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade

Pecuarista de Minas Gerais recebe prêmio por silagem de alta qualidade

Desafio – Qualidade de Silagem Premium, realizado pela Sementes Biomatrix, reconhece os melhores produtores.

Pecuarista de Minas Gerais recebe prêmio por silagem de alta qualidade

BTG Pactual traz executivos do mercado em preparação para abertura de filial em BH

Time com vasta experiência em alta renda e Private vai liderar escritório de assessoria de investimento na capital mineira.



Ruas tomadas de alegria

Lembro-me bem quando tudo começou. Foi minha primeira eleição, para governador, em 1982.

Ruas tomadas de alegria

Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas

Cesta mais cara é a de Porto Alegre, que custa R$ 664,67.

Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas

Governo de Minas publica edital para concessão do Mineirinho

Empresa vencedora deverá promover reforma completa do imóvel e investir R$ 41 milhões nos dois primeiros anos de operação.

Governo de Minas publica edital para concessão do Mineirinho

Norte e Nordeste são regiões com maior insegurança alimentar, aponta estudo

Enani 2019 mostra que 47,1% das famílias brasileiras com crianças menores de 5 anos de idade vivem com algum grau de insegurança alimentar.

Norte e Nordeste são regiões com maior insegurança alimentar, aponta estudo

Porque o povo rejeita a política e os políticos

Os mal-acostumados querem voltar aos tempos fáceis.

Porque o povo rejeita a política e os políticos

Manifesto em defesa da democracia é lançado em BH

Nomes como Salim Mattar, Modesto Araújo e Cledorvino Belini se reúnem em documento que será entregue a autoridades.

Manifesto em defesa da democracia é lançado em BH

A retomada dos eventos-teste como um possível início do pós-pandemia

Como se adaptar e fornecer os melhores produtos e soluções frente a um cenário.

A retomada dos eventos-teste como um possível início do pós-pandemia