Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como programar seu cérebro para ter sucesso?

Como programar seu cérebro para ter sucesso?

21/06/2018 Lucas Fonseca

A PNL mostra que somos capazes de “modelar” nossas habilidades a fim de alcançar metas específicas.

Como programar seu cérebro para ter sucesso?

O nosso cérebro é a máquina mais poderosa que já foi inventada. Com suas capacidades cognitivas, ele consegue acumular e associar informações o tempo todo. Se isso parece muito bom por um lado, pode também ser perigoso por outro. Isso porque, muitas vezes, criamos referências que não são positivas. Aí, está aberto o caminho para a criação de crenças limitantes, que nos cerceiam e prejudicam.

Por isso, uma ferramenta poderosa é a reprogramação cerebral por meio da PNL - Programação Neurolinguística. Trata-se de uma abordagem de comunicação e desenvolvimento pessoal, criada nos Estados Unidos, na década de 70. Os criadores, Richard Bandler e John Grinder, afirmam que existe uma conexão entre os processos neurológicos e a linguagem, e que é possível alterar padrões comportamentais aprendidos.

Dessa forma, a PNL nos mostra que somos capazes de “modelar” nossas habilidades a fim de alcançar metas específicas em nossas vidas pessoais e profissionais. Contudo, gosto sempre de provocar algumas reflexões sobre o que definimos como parâmetro para essas metas. Infelizmente, estamos inseridos em uma sociedade que está projetada para o sucesso exterior, o status, e não necessariamente para o nosso íntimo, a nossa conexão com o coração.

Sendo assim, precisamos entender que o nosso cérebro é um computador. Portanto, só nós que devemos decidir o que vamos manter nele e o que vamos preferir deletar. E, o mais importante é fazermos isso olhando pura e simplesmente para nós mesmos, para os nossos desejos e anseios. Nessa ilustração, a PNL funciona como o mouse. É ela que acessa as emoções e nos ajuda no processo de selecionar o que deve ficar e o que deve sair.

Mas, para fazer essa reprogramação de forma consciente, é muito importante desenvolver o autoconhecimento. Quando somos apresentamos a nós mesmos de forma mais profunda, as coisas parecem ficar mais claras, o que facilita muito a organização das nossas crenças. Nesse sentido, é imprescindível descobrir qual é o nosso canal de comunicação mais assertivo, a fim de facilitar esse processo de reforma íntima.

Basicamente, existem três tipos de canais de comunicação: auditivo, visual e cinestésico. Os auditivos costumam expressar seus sentimentos pela fala. Preferem que alguém lhe explique algo a ter que ler. Gosta de ouvir e essa é a sua maneira de perceber o mundo, seja pela música, o barulho de uma cachoeira ou o som dos pássaros. De acordo com a PNL, são pessoas mais comunicativas e com grandes dons de expressão.

Os visuais estão sempre atentos ao que veem. Normalmente, costumam projetar imagens em suas mentes a fim de lembrar-se delas depois. Gostam de fazer anotações para terem registros visuais e precisam de lugares calmos para se concentrarem. Geralmente, são pessoas com alto nível de energia, inquietas e observadoras.

Por fim, os cinestésicos são aqueles que sentem o mundo pelo tato. Costumam ser pessoas bastante sociáveis, que gostam de contato físico. São pessoas que dizem “ver” com as mãos, já que precisam tocar em tudo. São tranquilos e prezam pelas experiências sensoriais.

Entendendo melhor a sua própria linguagem, a PNL vai poder te ajudar a se aproximar mais de si mesmo e dos outros. Percebendo que todos temos um pouco de cada um dos canais e que somos todos diferentes, devemos respeitar os canais dos que são diferentes de nós.

Ao se entender e conseguir ressignificar suas crenças, trocando as limitantes pelas fortalecedoras, certamente a sua vida tenderá a deslanchar muito mais. Quando a gente se conhece e define o que é importante para nós e não para os outros, fica muito mais fácil perseguir as nossas metas. Lembrando sempre que a definição de sucesso é muito pessoal para cada um - e não uma fórmula social.

Texto: Lucas Fonseca - palestrante motivacional, fundador do Instituto Lucas Fonseca e criador da metodologia MAP - Mindset de Alta Permormance.



Condomínios: quando as contas aprovadas podem ser revisadas

O síndico deve prestar contas aos condôminos em assembleia ou quando exigido.

Condomínios: quando as contas aprovadas podem ser revisadas

Número de homicídios no Brasil tem queda de 23% em 2019

No primeiro bimestre do ano foram registrados 6.543 homicídios dolosos no país

Número de homicídios no Brasil tem queda de 23% em 2019

Trabalho infantil e a tolerância da sociedade

O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil é celebrado em 12 de junho

Trabalho infantil e a tolerância da sociedade

Seis dicas para levar filhos ao mercado sem estresse

Especialista explica como fazer compras pode se tornar uma atividade tranquila e cheia de aprendizados para a família

Seis dicas para levar filhos ao mercado sem estresse

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Produtor aprende a cumprir lei ambiental e a lucrar sem degradar bioma

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Brasil tenta título inédito na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Copa na França reúne 24 equipes divididas em seis grupos

Brasil tenta título inédito na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Receita abre nesta segunda consulta ao 1º lote de restituição do IR

Fisco também pagará contribuintes na malha fina desde 2008

Receita abre nesta segunda consulta ao 1º lote de restituição do IR

Preço da cesta básica diminui em 13 capitais, diz Dieese

Em 12 meses, entre maio de 2018 e o mesmo mês de 2019, todas as cidades pesquisadas acumularam alta

Preço da cesta básica diminui em 13 capitais, diz Dieese

Venezuela disputará três amistosos antes de estrear na Copa América

A previsão é de que a Venezuela dispute três amistosos antes de enfrente o Peru, em sua estreia da Copa América, que acontecerá na Arena Grêmio.

Venezuela disputará três amistosos antes de estrear na Copa América

Empréstimo de nome é responsável por 24% dos casos de inadimplência

32% dos entrevistados emprestaram nome sem saber a quantia que seria usada, mostra pesquisa CNDL/SPC Brasil

Empréstimo de nome é responsável por 24% dos casos de inadimplência

Receita Federal identifica mais de R$ 1 bilhão em sonegação fiscal de empresas

81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria

Pesquisa mostra que apenas 19% possuem planejamento para alcançar os seus objetivos

81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria