Portal O Debate
Grupo WhatsApp


FGTS – Como a liberação impacta a economia do país?

FGTS – Como a liberação impacta a economia do país?

25/07/2019 Da Redação

Especialistas do mercado financeiro comentam como a liberação do FGTS impacta a economia brasileira.

FGTS – Como a liberação impacta a economia do país?

Recentemente, como forma de injetar cerca de R$ 40 bilhões e movimentar a economia no Brasil, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a liberação do FGTS, a medida, em seu texto inicial, propunha que a porcentagem de saque seria de 10% a 35% do montante em conta, porém, em seu texto final, o limite de saque foi reajustado para R$ 500,00 por conta, o que segundo Guedes deve injetar R$ 30 bilhões ainda esse ano e os R$ 10 bilhões restantes no próximo ano. Os saques serão liberados anualmente para que o capital siga girando. A liberação vale para contas inativas e ativas.

Daniela Casabona, Sócia-Diretora da FB Wealth, acredita que apesar do limite frustrar um pouco os que estavam com expectativas sobre a liberação do FGTS o impacto pode ser positivo. “A regra de saque com a limitação de R$ 500,00 frustrou um pouco as expectativas, mas não deixa de ser um impacto positivo”. Para Casabona, a medida pode gerar um bom momento para o comércio, já que o trabalhador pode quitar suas dívidas e consumir mais. “A medida auxilia na economia e na quitação de dívidas da população brasileira e pode ser um novo fôlego para o comércio”, comenta a Sócia-Diretora.

Para o Estrategista-Chefe do Grupo Laatus, Jefferson Laatus, a medida é positiva quando se fala de demonstrar um interesse do governo em movimentar a economia do país, mas o teto de saque pode limitar o retorno da medida no PIB. “A medida denota o interesse em estimular a economia brasileira, o problema é a limitação do saque, o que não impacta o PIB como esperado. Terá um reflexo, mas não muito importante”, diz. Jefferson explica que um dos pontos positivos é o fato de liberar o saque para contas ativas e inativas. “Paulo Guedes mudou um pouco a regra, agora há o uso das contas ativas, enquanto até ano passado só inativas podiam receber”. Para Laatus, quem é mais beneficiado com a medida são as construtoras, que são pagas com parte do FGTS. “Quem ganha com isso são as construtoras que recebem parte do Fundo. Já quem sofre é o varejo, que tinha grande expectativa com essa liberação”, comenta. Laatus explica que o país precisa de estímulos para movimentar a economia sem dependência do Estado. “Não é isso que o país precisa, o país precisa de estímulos para girar capital sem depender do governo”, ressalta.

Já para o Diretor de Câmbio da FB Capital, Fernando Bergallo, ainda deve-se aguardar os detalhes do texto final. “É importante aguardar o detalhamento da medida, em termos gerais o estímulo para a economia pode gerar um aquecimento no consumo”, explica. Para Bergallo esse aquecimento impacta mais o varejo do que o mercado, já que o capital movimentado não é grande o suficiente para impactar grandemente a Bolsa. “A medida do FGTS não deve ter poder para precificar os ativos e trazer liquidez para o mercado de câmbio e Bolsa, então esse aquecimento é benéfico no varejo”. Aatualmente o mercado está interessado em outras agendas, como por exemplo a Reforma da Previdência.

Fonte: Gueratto Press



Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Norte e Nordeste têm menos equipamentos culturais.

Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Entre os nomes masculinos, Miguel segue no topo do ranking desde 2011.

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Para grande parte da população, os feriados são uma das poucas opções de descanso e período para viagens.

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Jogador argentino se isola como maior vencedor da história da premiação da revista France Football.

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Pequenos negócios ganham mais espaço na pauta do Poder Legislativo mineiro

Forum vai debater os desafios e as oportunidades para estimular a economia dos municípios.


Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Número de brasileiros com carteira de trabalho assinada no setor privado, chega a 33,2 milhões de pessoas.

Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

De acordo com o TSE, os títulos podem ser cancelados.

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

Médicos pelo Brasil é aprovado pelo Congresso Nacional

O programa vai ofertar 18 mil vagas em regiões onde há maior carência de médicos no país para ampliar o acesso do cidadão a cuidados básicos em saúde. Texto segue para sanção presidencial.


Cresce percentual de brasileiros que vão usar 13º salário para comprar presentes

32% dos trabalhadores vão gastar com presentes do que com pagamento de dívidas, aponta pesquisa.

Cresce percentual de brasileiros que vão usar 13º salário para comprar presentes

Ganhador do Prêmio Jovem Empreendedor na Austrália é brasileiro

Ribeirão-Pretano conquista Prêmio Jovem Empreendedor 2019 em Sydney, após 10 anos de sua chegada ao país.

Ganhador do Prêmio Jovem Empreendedor na Austrália é brasileiro

Arrecadação com loterias aumenta 22,7% em 2019

Repasses para programas do governo somam R$ 5,83 bilhões.

Arrecadação com loterias aumenta 22,7% em 2019

Uma cidade em que não há jornal

Por mais inacreditável que pareça, 30 milhões de brasileiros vivem em locais considerados “desertos” de notícia.

Uma cidade em que não há jornal